Pin It button on image hover

Doce de Abóbora Chila (Gila)


Todos os anos por esta altura, faço o doce de Chila. É muito apreciado cá em casa e é comido não só como compota para barrar no pão ou tostas, mas também serve para colocar como recheio em 
 tartes, nas azevias etc e outros doces ou bolos natalicios. Dai ser hoje a minha sugestão:





1 abóbora chila
Igual peso em açúcar (da abóbora já cozida e escorrida)
1 casca de limão
1 pau de canela
Sal q.b.
250 ml de água


Partir a abóbora atirando-a ao chão e, com as mãos, separe a abóbora em vários pedaços.
Retire as sementes e os filamentos mais amarelos.  Lave bem os pedaços de abóbora  até esta deixar de deitar espuma. Coloque os pedaços de abóbora num recipiente com bastante água e com a casca virada para cima. Deixe a abóbora de molho de um dia para o outro.
No dia seguinte, coloque uma panela grande com água a ferver e tempere com sal.
Junte a abóbora e deixe cozer durante 40 minutos até ficar bem tenrinha e começar a separar-se da casca. Depois de cozida, retire e deixe arrefecer um pouco.
Com a ajuda de uma colher de pau ou de plástico, nunca metálica, raspe a abóbora para dentro de uma tigela. Coloque  num escorredor e deixe escorrer durante 30 minutos. (Depois de escorrido, pese, e o peso do açúcar será igual). Num tacho, leve ao lume o açúcar, a água, o pau de canela e a casca de limão. Mexa e deixe ferver até atingir o ponto pérola.
Passado cerca de 8 minutos passe com a colher na calda, se começar a cair em gotas, está no ponto. Junte a abóbora de chila e sem parar de mexer, vá separando os fios.
Quando passar com uma colher no fundo do tacho e fizer uma estrada, está pronto. Apague o lume e, quando arrefecer guarde em frascos próprios.


 Fonte da receita: "Sabor Intenso"
Beijinhos e tenham uma optima semana!!

18 comentários:

  1. Mariana, sempre sugestões boas. Nunca fiz doce de chila por me parecer muito demorada, mas pela descrição parece o contrário.
    fica bem
    beijocas

    ResponderEliminar
  2. Hummm...Marianita
    Estou com uma fomeca...essa tostinha sabia-me que nem ginjas!! Ficou maravilhoso este doce!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Mariana,
    Era um dos doces preferidos de minha avó, eu nunca fiz, mas provaria de bom grado, parece delicioso.
    Boa semana,
    Vânia

    ResponderEliminar
  4. É um doce que me agrada imenso mas sempre achei muito chato de se fazer, visto que não se pode utilizar facas para cortar a abóbora.
    Dou-te os meus parabéns pela perseverança e paciência de o fazer, o que mostras tem um aspecto mesmo fantástico!

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  5. Está uma maravilha Mariana! Também o uso muito em bolos nesta altura.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  6. Ficou maravilhoso.
    Nunca me atrevi a fazer.
    Por vezes, uso em bolos, o doce de gila de compra mas, como muitas outras coisas, não se compara ao caseiro.
    Gostei muito do aspecto.

    Feliz Natal e Excelente 2012.

    Bjs

    http://asvezescozinheira.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. É um doce que gosto muito, mas se for caseiro. Por aqui não é facil encontrar a abóbora, mas sempre que vejo faço um docinho, afinal não é nada trabalhoso e o resultado compensa.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  8. Não conheço esse tipo de abóbora, mas o doce me parece bem gostoso e especial! Bastante interessante, gostei!

    Um beijo
    Renata

    ResponderEliminar
  9. Acho que aqui não existe esse tipo de abóbora.mas eu adoraria come essa torradinha aí em cima!!! rs
    Deve ser uma delicia!
    òtima semana minha querida!
    Beijinhos
    Ivani

    ResponderEliminar
  10. OLÁ QUERIDA!
    FICOU COM UM ASPECTO MARAVILHOSO!
    BJS..♥

    ResponderEliminar
  11. Qué rico es el cabello de angel y asi casero nada que ver con el comercial.

    Te deseo una Feliz Navidad guapa !!!

    Besinos.

    ResponderEliminar
  12. É DOS MEUS DOCES PREFERIDOS,SOU CAPAZ DE COMER MEIO FRASCO Á COLHERADA(QUE GULOSA).
    O TEU FICOU EXCELENTE,ESSA TOSTA JÁ IA.
    BOA SEMANA
    BJS

    ResponderEliminar
  13. Uma forma diferente de confeccionar .mas muito curiosa!!!Gostei!!!
    bjs

    ResponderEliminar
  14. Mariana minha querida apesar de ter a certeza que esta delicioso não gosto de chila. Manias :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  15. Aqui não temos Gila querida amiga, e essa torradinha está a me dar água na boca. Ficou lindo e delicado esse doce. Mariana querida, por eu ter tido alguns probleminhas com um comentário que recebi em relação a postagem de hoje, queria te avisar que fiz ontem, 18/12 igualmente uma homenagem e votos de Feliz Natal aos amigos e amigas de outros países ta?. Bjos amiga. Boas Festas a vc seus familiares e ao Jimmy

    ResponderEliminar
  16. Mariana minha querida
    Andei sumida esse fim de ano dos blogs das pessoas queridas por excesso de trabalho, queira me desculpar.
    Tenho enorme prazer em tê-la como amiga, uma pessoa tão carinhosa e delicada que compartilha não só suas delícias como também parte de sua vida.
    Desejo a você e toda sua família (incluindo o Jimmy!!rsr) um fim de ano com muita paz, saúde e harmonia e que 2012 traga a vcs a realização de todos os seus sonhos!
    Um grande beijo

    ResponderEliminar
  17. é um doce que gosto muito mas nunca fiz. Não há nada como um doce caseiro :)

    ResponderEliminar
  18. Eu tenho muitas gilas no meu terreno.É tudo agricultura biológica e fica na zona de Almeirim .Moro em Cascais.Quem quiser pode contactar me para: mariateixeira870@gmail.com.
    meu mail mariateixeira870@

    ResponderEliminar