segunda-feira, 30 de Abril de 2012

Foccaccia de Azeitonas e Queijo de Cabra para um Passatempo

O tempo passa a fugir e nem sempre damos conta de tanto passatempo e desafios.
Sempre que posso, gosto de participar, não só pelos prémios mas também, e principalmente, pelo prazer de fazer, partilhar e deixar assim alguém feliz. Pelo menos é assim que me sinto quando participam nos meus passatempos.
Ora a nossa amiga "Galega na Cozinha" propunha-nos um desafio em honra da sua filhota Bia, que dia 9 de Maio completa 2 aninhos.
Consistia em apresentarmos uma receita, já aqui apresentada ou não, que levasse ou azeitonas ou melancia ou ainda salsichas.
Ora como aqui a melancia este ano ainda não entrou, as salsichas também não é coisa que por aqui se coma muito, resolvi-me por partilhar, e participar, com uma receita em que um dos seus ingredientes é a azeitona.
É uma das minha focaccias preferidas e todos adoram aqui em casa e que já aqui partilhei com todas vós.
Hoje, ao ler o post triste da nossa amiga , pois ainda ninguém tinha participado, quis fazê-la sorrir (espero conseguir) e assim, à ultima da hora e esperando que ela me desculpe, participo mesmo que com uma receita já aqui publicada mas que é partilhada de novo com todo o prazer e carinho para o seu passatempo.



250 ml de agua morna
4 colheres de azeite
2 colheres de açucar
2 colheres de sobremesa de sal
450 gr de farinha
1 pacote de levedura seca para pão
Azeitonas q.b descaroçadas (eu usei pretas e verdes com pimentão)
1 queijo fresco de cabra
Oregãos para polvilhar


Colocar na MFP os liquidos e depois o açucar, sal,  a farinha e o fermento e escolher o programa amassar (1h e 30m). Após esse tempo retire e deixe levedar mais um pouco  cobrindo a massa com um pano e sem receber correntes de ar, durante 1 hora.
Forrar a bandeja do forno con papel vegetal e em cima do papel, com a ponta dos dedos, estender a massa dando-lhe uma forma rectangular.
Pincelar a superficie com um pouco de azeite e distribuir por cima o queijo de cabra em rodelas, os oregãos e as azeitonas. Pressione de forma a ficarem bem enterrados na massa.
Aquecer o forno a 50º  e quando estiver quente apagar. Meter lá a  masa  e deixar a levedar por mais meia hora. Tirar o tabuleiro reservando num sitio quente e aquecer de novo o forno mas agora a 180º. Colocar de novo o tabuleiro quando o forno estiver quente e deixar a assar por 20m ou até que  a superfície fique dourada. Sirva a focaccia ainda morninha....




Uma grande beijoka amiga e espero que gostes (tu e a BIA), tanto como nós gostamos, desta focaccia.

A minha experiência com a BIMBY

Olá amigas, BOM DIA!!
Como prometido, vou aqui relatar  a minha primeira experiência com a BIMBY.


Sabem aquelas crianças, que ganham um brinquedo novo e é vê-las de sorriso rasgado de orelha a orelha?
Com um brilho nos olhos e a felicidade estampada no rosto?
Pois foi assim amigas, que na semana passada enquanto tive uma bimby emprestada, eu me senti.

Primeiro, e porque não me canso de o dizer, quero e tenho que agradecer a amizade, a generosidade e a muita confiança em mim depositada, que fez a querida Monica confiar-me a sua bimby por uns dias.





Teve a paciência de me explicar como se mexia nela, pois até aí só tinha visto fotos e receitas nos blogs. Emprestou-me também alguns livros, maravilhosos e com optimas receitas, que me deixaram sem saber por onde começar primeiro hehehe.
Quando fui lanchar a sua casa (dia em que me a emprestou e a trouxe para a minha casa) fez-me logo ali uma limonada deliciosa.
Tão boa que não resisti a fazê-la à minha familia, assim que cheguei com ela a casa.

Foi por isso, a primeira coisa que fiz:

Limonada na bimby, com todo o sabor.
Como devem calcular, e sendo a primeira vez com a bimby, experimentei as coisas básicas e mais simples de fazer.
Exemplo disso foram as sopas deliciosas que fiz mas que lamentavelmente nem tirei foto, mas posso dizer que em 25 m tinha uma sopa rica e saborosa, e que toda a familia adorou.
No dia seguinte fiz uma compota de morango. Fico surpreendida como em pouco tempo, nos sai tudo perfeito. Basta seguirmos os passos e daí a alguns minutos tinha a compota  prontinha e na consistência desejada:

Compota de morango
Nesse dia ao almoço, tinha uns filetes de pescada para fritar e resolvi acompanhar com um delicioso arroz de cenoura, soltinho e muuuuuito apetitoso e feito em minutinhos:

Arroz de cenoura na bimby
À noite, para toda a familia, fiz crepes também feitos na bimby. Olhem só que lindos ficaram e que acompanhei com a compota de morango:

Crepes com compota de morango
Da bimby, sairam tabém umas bolachas húngaras, muito apetitosas feitas com a massa sablé e que ainda mergulhei em chocolate (provei-as na casa da Mónica no nosso lanche e também não resisti  a fazê-las para os miudos):

Bolachas Húngaras

O meu Martim, curioso como só ele, fartou-se de folhear os livros emprestados pela Mónica e deliciava-se a cada página e depois, as fotos são espectaculares e muito atractivas. Tanto, que dá vontade de querer fazer tudo e não sair da cozinha hehehe.
Mas, quando ele deu de caras com os croquetes (que ele adora) os seus olhos brilharam e disseram :
-Mãe faz-me croquetes , por favor.
E assim fiz, com um belo pedaço de carne para guisar e com um arroz branco também ele feito na bimby, saiu uma refeição ligeira mas deliciosa:

Croquetes com arroz branco
Como disse anteriormente, para primeira vez que mexia numa bimby, não me quis aventurar muito e apenas fiz estas coisas simples mas que não deixam de surpreender na mesma pois faz-se tudo em menos de nada e poupa-nos muita loiça e tempo dispendido.
Por exemplo um dia, já a meio da manhã lembrei-,me que não tinha nada de sobremesa para servir ao almoço. O marido adora, e tem como preferida, o Arroz Doce e nesse momento, folheei a revista procurei por ela e tcharan, em pouco minutos um arroz doce perfeito, cremoso e que o deliciou deixando-o tambéma ele rendido à máquina hehehe.
Vejam só que bom saiu este arroz doce hummmm:

Arroz doce
O miudos adoram salame de chocolate, e também não podia deixar de experimentar a receita na bimby:


Salame de chocolate
Foi o lanche perfeito e ficou optimo pois a bimby tritura a bolacha, faz o creme de chocolate envolve tudo e é só levar ao figorifico para que fique durinha.

O meu filho mais velho, mais virado para os legumes, e pouco amigo de carne, quis que lhe fizesse a lasanha de vegetais, e que mãe não lhe satisfazia o desejo?
Aqui está uma lasanha deliciosa e em pouco minutos:


Lasanha de legumes e cogumelos com pão de alho

Para terminar esta aventura fiz a receita que mais me cativou e que eu adoro: as queijadas de requeijão, iguaria do meu Alentejo.
Na bimby fiz a massa e o recheio, levei ao forno e ficaram assim:
Queijadas de Requeijão

Lindas e deliciosas, acreditem!

Resumindo, e agora falando só para quem não conhece e nunca mexeu numa bimby, é um investimento que vale mesmo a pena. É viciante, simples de mexer, limpar e em pouco tempo conseguimos de facto receitas perfeitas e deliciosas.
Adorei a experiência e deu-me verdadeiros momentos de felicidade na cozinha.
Considero mesmo comprar uma num futuro, o mais proximo possivel, pois acho valer cada cêntimo dispendido.
Obrigada ás que leram este post tão longo mas não fazia sentido ter esta primeira experiência e não deixar aqui a minha opinião e relato de tudo o que fiz com ela.

COZINHAR SEM BIMBY? SIM É BOM (que remédio hehehe)
MAS SEM DÚVIDA, QUE NÃO É A MESMA COISA...
Obrigada uma vez mais querida Mónica, por me teres concedido estes momentos e ter conseguido mais umas receitas para a FELICIDADE!

Beijinhos a todas, e tenham uma excelente semana!!

sexta-feira, 27 de Abril de 2012

Mousse de Pêssego com Cobertura de Morango

Bom dia!! Como estão voçês? Pois espero que muito bem, ainda mais porque estamos mesmo em cima de mais um fim de semana, verdade??
Esta vossa amiga tem andado muito ocupadita e, a bem da qualidade do blog, que há pelo menos que tentar manter, virei menos vezes (2 a 3 vezes por semana), não se zangam comigo?
Espero que não, além disso, não será por esse motivo que não faço as minhas visitas regulares aos vossos blogues, prometo.
Como vos disse, a minha querida amiga Mónica, emprestou-me a sua bimby e, na segunda-feira, prometo deixar aqui uma reportagem de tudo o que fiz com ela e dar a minha opinião sobre a dita.
Hoje, é dia de a devolver, pois calculo as saudades que a Moniquinha tem da sua maquineta hehehe.

Hoje no correio tinha também uma surpresa, a prendinha que a Telma promoveu como sendo uma troquinha de prendinhas com o tema Páscoa. Eis o que ela me enviou e que me deixou toda contente:

Obrigada Telma, adorei e a tudo vou dar uso, os chocolates vão adoçar a boca dos meus filhotes hehehe.

Hoje, como sugestão, deixo-vos com uma já conhecida Mousse de Pêssego, sobremesa que, em dia de festa, nunca falta cá em casa e no Verão sabe mesmo bem fresquinha.
Fiz como alteração, uma cobertura mais colorida e que a deixou ainda mais tentadora e deliciosa. Espero que gostem...













1 lata de pêssego em calda
1 caixa de gelatina (2 embalagens) de pêssego
1 lata de leite condensado
6 ovos
2,5 dl de natas

Cobertura de morango:
1 chávena de morangos
1 colher de sobremesa de gelatina em pó
2 colheres de chá de água
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de sopa de sumo de limão


Comece por fazer as gelatinas conforme as instruções juntando no total da água o sumo do pêssego em lata.
Numa tigela de servir, deite metade da gelatina e leve ao figorifico a solidificar. Reserve a restante.
Misture as gemas com o leite condensado e leve ao lume a engrossar mexendo sempre.
Corte finamente a fruta ou reduza-a a puré e reserve-a, guardando duas rodelas para enfeitar.
Juntar o pêssego ao creme de leite condensado. Levar de novo ao lume a engrossar mais um pouco.
De seguida deite a gelatina reservada, mexendo, já fora do lume.
Bater bem as natas e juntar ao creme. Bater as claras em castelo firme e incorporá-las delicadamente na mousse. Deitar a mousse suavemente sobre a gelatina, que já deve estar bem solidificada (façam de véspera como eu fiz). Levar ao frigorífico a solidificar.
Entretanto reduza os morangos a puré, reservando alguns para a decoração e leve ao lume juntamente com o sumo de limão e o açúcar, mexendo sempre. Numa tigela desfaça a gelatina com a água.
Deite no puré de morangos e mexa até ficar bem dissolvida. Retire do lume e deixe arrefecer antes de deitar sobre a mousse.
Enfeitar a gosto antes de servir.


Beijinhos e a todas desejo um Optimo Fim de Semana!!

segunda-feira, 23 de Abril de 2012

Pudim de Laranja e Amêndoa da Maria

BOM DIA, queridas amigas!
Que tal o vosso fim de semana? Bom? Com chuva?
Pois por aqui assim foi, e tive o precalço de se estragar a minha máquina de lavar loiça e ter a minha cozinha inundada mas, como estive a lanchar com uma querida amiga, nada me podia estragar esses momentos que valem sempre a pena por mais curtinho que tivesse sido.
Quem foi essa amiga? Pois foi a nossa Mónica que me convidou para um lanche em sua casa e foi um prazer aceitar e estar com ela. Foi um bocadinho de tarde simplesmente delicioso e agradável...Adivinhem o que ainda por cima fez o favor de emprestar.
Pois é amigas a Mónica emprestou-me a sua Bimby e um dia destes vou partilhar com voçês tudo o que fiz com ela e o que achei eu  deste electrodoméstico. "Me aguardem" por isso com essas novidades.

Por falar em amigas a receita de hoje é também de uma outra amiga, a Maria do blog "Cosicas Dulces Y Alguna Salada". Assim que coloquei os olhos no seu belo flan que resolvi ser essa a sobremesa do fim de semana e assim foi. Um pudim delicioso e que todos aprovaram.
"Gracias Maria por la receta"



8 gemas
4 ovos
250gr de acúcar.
17 cl de agua
100 gr de amêndoa ralada
Raspa de uma laranja
Sumo de uma laranja
Caramelo líquido para barrar a forma

Comece por barrar a forma com o caramelo, reserve.
Num tachinho coloque a água e o açúcar e leve ao lume a aquecer mas sem deixar que ferva.
Numa tigela bata os ovos e as gemas e aos poucos junte a calda, mexendo sempre.
Junte a amêndoa bem ralada, o sumo de laranja e finalmente a raspa. Mexa bem e envolva todos os ingredientes e deite na forma.
Leve ao forno, a 160º e em banho maria, por 50m.


Beijinhos e a todas desejo uma óptima semana!!

sexta-feira, 20 de Abril de 2012

Bolo de Limão com Água de Rosas

Bom dia!!
A sugestão de hoje, é um bolo que vi no A Cozinha Colectiva, adorei o aspecto mas confesso que fiquei de pé atrás com a água de rosas incorporada no bolo.
Mas, curiosa como sou, não resisti a fazê-lo e ainda bem que o fiz. É super fofo e delicioso e de um sabor muito agradável e depois podem sempre fazê-lo sem a água de rosas, mas acreditem que não ficou muito intenso...


















Fiz, no entanto, algumas alterações:

200gr de farinha de trigo para bolos (com fermento)
150gr de açúcar
175g de manteiga amolecida
4 ovos
90 ml de água
Raspas de um limão
1 colher de café de água de rosas

Para o xarope:
Sumo de 1 limão
5 colheres de sopa de açúcar

Para o glacé:
150g de açúcar em pó
Água de rosas para dar ponto (eu usei água normal)
Corante em gel vermelho morango (eu não usei)

Pré-aquecer o forno a 170 graus.
Untar e enfarinhar a forma de bolo inglês. Reservar.
Numa tigela misturar bem a farinha com o açúcar e a manteiga amolecida. Noutra tigela bater os ovos, a água e a água de rosas.
Coloque a mistura de ovos na mistura de farinha, adicione as raspas de limão e bata rapidamente.
Deitar a massa na forma e levar ao forno por 30 m. até ficar cozido.
Faça o xarope entretanto e para isso leve ao lume o sumo de limão e o açúcar, mexendo até o açúcar ficar bem dissolvido. Deixe ferver e apague.
Pincelar o bolo, enquanto morno, com o xarope, e deixar arrefecer completamente.

Glacé:
Coloque o açúcar numa tigelinha e adicione algumas gotas de água de rosas (eu pus água normal), mexendo bem e adicionando mais se necessário, até que o glacé fique cremoso. Caso queiram adicionem um pouco de corante de cor rosa, suficiente para deixar o glacé rosado. Misture bem.
Cubra o bolo já frio com o glacé. Deixar secar completamente.


Aproveito para vos desejar um óptimo fim de semana. 
Beijinhos e fiquem bem!!

quinta-feira, 19 de Abril de 2012

Bifes de Peru em Manteiga de Salvia e Espinafres Salteados com Maçã

Bom dia a todas, que tal estão? Espero que muito bem.
Eu cá estou para mais uma partilha. Hoje bem simples mas não menos deliciosa.















Bifes de Peru
1 limão
Sal, Pimenta e noz moscada
Folhas de salvia
1 molho de espinafres
Maçãs q.b em quarto finos e com casca
2 dentes de alho
Manteiga q.b.


Lave e escolha as folhas de espinafre e escalde em água a ferver. Reserve.
Tempere os bifinhos com sal, pimenta, noz moscada e sumo de limão.
Numa frigideira com manteiga e folhas de salvia leve  a grelhar os bifes virando de um lado e outos até ficarem a seu gosto. Retire para um prato de servir.
Na mesma manteiga (se não estiver queimada claro), deite os alhos picadinhos e, mal fiquem dourados, deite os espinafres e salteie.
Junte os quartos de maçã e deixe que caramelizem e ganhem alguma cor. Retire e sirva como acompanhamento dos bifinhos de peru.
Aqui em casa todos adoram este prato e ás vezes faço também com pêra, experimentem e vão ver..



Beijinhos para todas e uma fantástica Quinta-feira!

quarta-feira, 18 de Abril de 2012

Papas de Aveia em Aniz e Mel

Olá BOA TARDE!!
O inverno continua por aqui e parece que não se quer ir embora. Faz um friozinho que nem vos conto e a chuva brinda-nos com a sua companhia. Até que é bem vinda, nós é que estávamos muito mal habituadas e já a pensar no Verão, praia, calor, sol, passear, enfim.
Mas já diz o velho ditado "Abril águas mil" e parece que não falha...

Para um lanche ou pequeno almoço reforçado, que tal umas papinhas de aveia?
Fiz pela primeira vez e quem me acompanhou numas colheradas foi o meu Joãozinho: colher pa mim colher pa ti, colher pa mim colher pa ti, e lá foi a papinha comida a dois....ele adorou a mãe também...

200 gr de leite magro
50 gr de flocos de aveia
1 colher de sopa de mel
1 flor de aniz

Ferver o leite com o aniz. Retire e adicione os flocos de aveia até criar uma papa. Adoçe com a colher de mel.

Beijinhos e bom resto de Quarta-feira!!

terça-feira, 17 de Abril de 2012

Focaccia de Limão com Alecrim e Rabanetes e Resultado do Sorteio

Olá , bom dia.
Espero encontrar-vos bem e hoje trago o resultado do sorteio dos comentários feitos no meu blog no dia do aniversário e feitos até á hora em que encerrei o sorteio. Excluí as amigas do Brasil (a quem uma vez mais peço desculpas mas espero que entendam), de resto todas foram incluidas.
Fiz através do Random.Org. e o resultado foi:

 O comentário numero 15 por ordem de entrada e que pertence à MissB, Bárbara do Arco Irís Na Cozinha. Parabéns minha querida. Fico à espera que me envies os teus dados para efectuar o envio de um pequeno presente.
Beijinhos a todas e agradecer uma vez mais por tudo pois, sem vós, isto não tinha a menor graça....

Hoje como sugestão, algo leve, simples e delicioso. Que tal uma focaccia em estilo de pizza? 




250 ml de agua morna
4 colheres de azeite
2 colheres de açucar
2 colheres de sobremesa de sal
450 gr de farinha
1 pacote de levedura seca para pão
Ramos frescos de Alecrim para polvilhar
2 limões, lavado e cortado em fatias finas (em rodelas)
2 rabanetes cortado em rodelas
1 alho francês lavado e cortado ás rodelas
Sal grosso

Colocar na MFP os liquidos e depois o açúcar, sal, a farinha e o fermento e escolher o programa amassar (1h e 30m). Após esse tempo retire e deixe levedar mais um pouco cobrindo a massa com um pano e sem receber correntes de ar, durante 1 hora.
Com a ponta dos dedos, estender a massa dando-lhe a forma desejada (eu fiz num recipiente para pizza). Deixe-a descansar por 5 minutos ou menos depois de ter esticado o mais longe que puder.Pré-aqueça o forno a  200°. 
Polvilhe a massa com o alecrim, regue com azeite. Espalhar as rodelas de limão de rabanete e de alho francês. Regue com mais azeite e polvilhe com sal marinho. Leve ao forno até dourar, 20-30 minutos.

Beijinhos e uma Optima Terça-feira para todas!!

segunda-feira, 16 de Abril de 2012

Francesinha à Minha Moda para um Desafio

Olá minhas queridas BOA TARDE!!
Queria agradecer uma vez mais o vosso carinho e pelas mensagens aqui deixadas no post anterior.
O dia foi maravilhoso e muito bem passado. O Martim portou-se muito bem e, apesar de nervoso andava muito feliz. Obrigada também pelos beijinhos a ele deixados e que ele agradece.
Tal como foi anunciado irei agora reunir todas as mensagens nesse post e fazer o sorteio da vencedora que depois aqui divulgarei, tudo para que pudéssemos de alguma forma, festejar o aniversário dos blogs (2 anos).
Quanto à receita de hoje é uma proposta para poder, ao mesmo tempo, participar num desafio.
A querida Vera  do Hoje para Jantar propôs algo muito interessante.
Queria que contássemos uma história sobre um local e uma receita ligada a ela. Tudo tinha a ver com viagens coisa que eu adoro, mas infelizmente, aonde tenho mais oportunidade de viajar é aqui no nosso País e é essa a história e receita de hoje.
Nasci há 40 anos no Alentejo e tirando as férias de Verão passadas no Algarve (Agosto) e a Espanha (em Junho e Julho) nada mais conhecia.
Casei e entretanto devido a motivos profissionais do marido fui conhecendo um pouco deste nosso Portugal. Vivi em Alverca, depois Montijo, Oeiras, Fafe, Vila Nova de Mil Fontes, Oeiras outra vez e finalmente vim parar aqui ao Porto.
Confesso que me custou a adaptação. Pessoas alegres, extrovertidas e que falavam tão mal que me deixavam corada hehehe. A cidade muito fria e enevoeirada e Verões muito ventosos.
Mas, com o tempo fui me habituando ás gentes, á cidade e ao seu clima e hoje adoro isto.
A gastronomia local tinha coisas que a mim não me agradavam como as famosas Tripas brrrrrrggg... Já a Francesinha uiii cativou-me logo e foi a francesinha que pensei trazer aqui hoje.
Não cheia de molho e, por isso, lhe chamo de "à minha moda".

As francesinhas nasceram no Porto, “inventadas” na década de sessenta por um emigrante em França.
Ele decidiu dar um toque especial a uma receita tipicamente francesa, chamada "croque-monsieur". Esta especialidade típica é um snack muito apreciado nos restaurantes e cafés franceses.
Este iluminado homem teve a feliz ideia de improvisar e adaptar este prato aos nossos ingredientes e à nossa cultura, adicionando ao nosso paladar a magia de um molho que é a alma da receita.
Depois do caldo verde, das tripas, da broa e do bacalhau à Gomes de Sá, eis então que nasce a única receita gastronómica original portuense do século XX. A Francesinha.
Este “estrondoso” prato é hoje em dia uma das mais apreciadas iguarias da cidade, e é a especialidade de vários restaurantes locais dos mais chiques aos mais populistas.

Aqui vos deixo então a receita.

     

    Molho:

  • 1 cerveja
  • 1 caldo de carne
  • 2 folhas de louro
  • 1 colher de sopa de margarina
  • 1 cálice de brandy ou vinho do porto
  • 1 colher de sopa de farinha maizena
  • 2 colheres de sopa de polpa de tomate
  • 1 dl de leite
  • piripiri q.b.
  • 1 ovo estrelado
  • Batatas fritas para acompanhar

    Francesinha:

  • 2 fatias de pão de forma
  • fiambre qb
  • queijo qb
  • salsichas qb
  • linguiça qb
  • carne assada ou bife qb

Preparação:

Molho:

Dissolver bem a maizena com o leite e juntar os restantes ingredientes. Com a varinha mágica triturar, levar ao lume até ferver e engrossar um pouco mexendo para não pegar no fundo.

eu gosto com pouco ou nenhum molho mas isso fica ao critério de cada um.

Francesinha:

Fazer uma sandes com os ingredientes e cobrir com queijo. Colocar no centro de um prato e regar com o molho. Levar ao forno a gratinar.
Servir com a batata frita e um ovo estrelado (opcional).
 Espero que tenham gostado, especialmente a Vera, uma beijoka para ela e, para vós todas, o desejo de uma optima semana!

domingo, 15 de Abril de 2012

Red Velvet Cheese CAKE para o aniversário dos Blogs e a surpresa prometida!

OLÁAAAA.
Sabem que dia se comemora por aqui???
Pois é, hoje e como vos disse no post anterior, apesar de estar a viver um dia muito especial com a Primeira Comunhão do meu Martim, aqui  a vossa amiga Mariana não podia deixar de estar aqui também para comemorar os dois anos de blog, sim porque antes do "Receitas para a Felicidade", não se esqueçam que eu tinha o "Na Cozinha Da Mariana" ou já não se lembram??
E hoje faz precisamente 2 anos que colocava lá o meu primeiro post simples e sem foto, pois ainda não me entendia bem com estas coisas.
Para esta dupla comemoração, fiz um bolo que muito aprecio, o Red Velvet com creme de queijo, uma verdadeira delícia.


Camada de veludo vermelho:

220 gr de farinha
180 gr de açúcar granulado
3 colheres de sopa de cacau em pó
1 colher de chá de sal
1/2 colher de chá de fermento em pó
3 ovos grandes
15 colheres sopa de óleo
2 colheres de sopa de leite
1 colher de sopa de extrato de baunilha
1 colher de corante alimentício vermelho
 2 colheres de chá de vinagre branco

Camada Cheesecake:
2 pacotes de cream cheese (eu usei Filadélfia)
100gr de açúcar granulado
1 ovo grande
2 colheres de chá de baunilha


Pré-aqueçer o forno a 180º.
Unte uma forma rectangular com manteiga ou spray.
Numa tigela grande, misture a farinha, o açúcar, o cacau em pó, o sal e o fermento em pó. Reserve. Noutra tigela, misture os ovos, o óleo vegetal, as 2 colheres de sopa de leite, o extrato de baunilha, o corante vermelho e o vinagre branco.
Misture todos os ingredientes levemente e sem bater muito (secos com os molhados), até que estejam completamente misturados.
 A massa é um pouco espessa quase moldável (não se preocupem que é mesmo assim). Despejar a massa na forma rectangular untada. Usando uma espátula, alise a massa para chegar a todas as arestas.






Na batedeira, bata o cream cheese com o açúcar até ficar macio, cerca de 2 minutos. Adicionar o ovo e a baunilha, batendo até tudo ficar bem misturado.
Verter esta mistura em cima da camada de massa vermelha até que se tape a camada anterior. Com a ponta de uma faca faça redemoinhos.


Levar ao forno por 40m ou até que o centro esteja sequinho (verificar com o palito).
Deixe arrefecer completamente sob uma grade, antes de cortar e servir.





Para todas vós uma flor...


OBRIGADA POR TODAS AS VISITAS, PELO CARINHO COM QUE COMENTAM E POR SE TEREM TORNADO sobretudo AMIGAS.
Sem vós isto não teria a menor graça e, como é através dos vossos comentário que sinto felicidade por estar aqui, sinto a vossa amizade  e apoio, que é e será por todos os comentários feito por vós seguidoras aqui hoje (excepto as minhas amigas do Brasil, que espero me compreendam mas ia tornar-se muito dispendioso) que farei um  sorteio através de random. org por ordem de entrada.
 A vencedora receberá um pequeno miminho para comemorar este aniversário.

Então gostaram da surpresa?? Espero que sim.
Beijinhos e uma vez mais ...
OBRIGADA A TODAS/OS!!

sexta-feira, 13 de Abril de 2012

Franguinho Desfiado de Tomatada e Anuncio de uma Surpresa

Boa tarde!!
Hoje já venho a más horas mas nem imaginam o corropio que por aqui vai, afinal, trata-se de um dia muito importante que se avizinha.
Pois é no Domingo o meu Martim faz a Primeira Comunhão e anda super nervoso e eu cheia de afazeres e coisas para preparar...
No entanto fica prometido, mesmo assim voltar cá nesse dia, uma vez que é também o aniversário dos blogues de culinária (dois anos desde que criei o "Na cozinha da Mariana" , lembram-se? ) e que não posso deixar passar em branco.
Para festejar, tenho nesse dia uma pequena surpresa para vós, curiosas??
Então não se esqueçam de me visitar aqui no Domingo e mais não digo, suspense hehehe...

Hoje como sugestão deixo-vos com uma comidinha super simples mas muito apreciada por todos aqui em casa:


Cozer o frango. Reserve a água para uma canjinha.
Retire peles e ossos e aproveite apenas a carne, que deve ficar desfiada.
Num tacho faça um refogado com azeite, cebola e alho picados.
Quando a cebola estiver loirinha deite uma lata de tomate em polpa picadinho, dependerá do vosso gosto claro. Deixe apurar e tempere com uma pitada de açúcar (corta a acidez do tomate), sal e pimenta.
Deite no refogado o frango desfiado e envolva no molho (se quiserem adicionem também cogumelos que foi o que eu fiz neste dia).
Deixe apurar e sirva com uma bela massa.

Espero que gostem da sugestão, 
beijinhos e até domingo (com uma surpresa).

quinta-feira, 12 de Abril de 2012

Mini Frittatas com Mascarpone e Espargos Verdes

BOM DIA!!
Hoje venho com umas entradas muito apetitosas e que aconselho a fazerem pois, além de praticas, são uma delicia.

























5 ovos
2 colheres de sopa de queijo mascarpone
1 pitada de sal e pimenta
3 fatias de fiambre, cortado em tirinhas
3 a 4 espargos cozidos ligeiramente
Meia chávena de queijo ralado (parmesão ou mozarela)
1 colher de sopa de salsa ou cebolinho picado

Aqueça o forno a 180 ° . Unte 6 forminhas de muffins com azeite e reserve. 


Na Bimby:
Coloque no copo o fiambre e pique na Vel.3 a 7 por uns segundos.
Adicione os restantes ingredientes e programe 2 min, 37º, vel 2.Tempere de sal e pimenta e junte a salsa ou cebolinho picado.

Tradicional:
Numa tigela deite os ovos, o queijo mascarpone, o sal e a pimenta.
Bata até tudo ficar bem envolvido e cremoso. Misture o queijo, o fiambre picadinho, os espargos ás tirinhas e a salsa.


Deite a mistura nas forminhas, enchendo quase até ao topo.
Leve ao forno por cerca de 20-25 minutos, até  ficarem douradinhos.



fonte da receita:wishfulchef.com





Beijinhos e uma FELIZ QUINTA-FEIRA!!

quarta-feira, 11 de Abril de 2012

Pudim Mil Folhas de Chocolate e Baunilha

Bom dia!!
Este pudim saiu melhor que a encomenda, delicioso mesmo acreditem. É tão fácil, e com ingredientes tão simples, que ainda pensei se o havia de aqui publicar e partilhar mas, como as coisas boas são para isso mesmo, aqui está ele...
O porquê deste nome? Pois porque me lembra os famosos Mil Folhas.

1 Pudim Boca Doce de Chocolate
1 pudim Boca Doce de Baunilha
Bolachas Cream Cracker q.b.
Chantilly
Fondue de Chocolate Belga (eu usei um da marca Continente)


Fazer os pudins conforme as instruções de cada um. Numa travessa forrar uma forma com as bolachas. Cobrir com o pudim de chocolate (morno). De seguida faça uma nova camada de bolachas a cobrir tudo e, de novo o pudim, mas agora de baunilha.
Enfeitar com o chantilly e o fondue de chocolate.
Levar ao figorifico por umas horas até ficar bem solidificado.
Como veêm, nada mais simples e rápido de fazer e ainda por cima, delicioso!!


 




Beijinhos e espero que gostem da sugestão de hoje!

terça-feira, 10 de Abril de 2012

Peitinhos de Frango no Forno com Mel e Mostarda enrolados em Presunto

Bom dia meninas.
Hoje acordei com a chuvinha  a bater nas minhas janelas e um friozinho uiii, que nem vos conto....
Para aquecermos um pouco, que tal uma comidinha de forno daquelas deliciosas e rápidas de fazer?
Então aqui fica a minha sugestão de hoje para voçês. Espero que gostem pois por aqui foi muito apreciado.



2 Colheres de sopa de mel
4 peitos de frango sem osso e sem pele
2 colheres de sopa de mostarda
1 colher de chá de manjericão
colher de chá de tomilho
Uma pitada de sal e pimenta
Azeite q.b.
Fatias de presunto Fumado

 
Aquecer o forno a 180 º.
Tempere os peitos de frango com sal e pimenta e coloque numa travessa de ir ao forno. Regue com azeite.
Numa tigela, misture o mel, a mostarda, o manjericão, e o tomilho.
Pincele os peitos de frango com esta mistura e enrole pedaços de presunto fumado.
Leve a assar por cerca de 30 minutos.
Retira  e vire os peitos de frango, torne a pincelar com a marinada de mel e mostarda. Asse por mais 15 minutos. Retirar do forno e deixar descansar alguns minutos antes de servir. Acompanhar com batatinha frita (eu usei da que se pode colocar no forno em vez de fritar) e uma bela salada.

Aqui ainda na marinada
  
Depois de sair do forno

Já no prato, com batatinha frita feita no forno e uma saladinha de alface pepino e rabanetes.