Pin It button on image hover

Swedish Visiting Cake

Bom dia, queridas amigas do "Receitas para a Felicidade".
A receita de hoje, é para responder a mais um desafio empolgante e tentador do fantástico grupo
 Dorie às Sextas.
Em meia hora conseguimos um bolo simples, fofo, perfumado e que nos surpreende.
Afinal, é apenas mais uma receita da  Dorie que nunca nos desilude....



2 ovos
Raspa de um limão grande
1 chávena de açúcar
1 chávena de farinha
120 gr de manteiga derretida mas fria
1colher (chá) de extracto de baunilha
1colher (chá) de extracto de amêndoa (na receita original era só meia colher)
Amêndoas laminadas q.b (com ou sem casca)
Açúcar em pó para polvilhar

Envolve-se o açúcar com a raspa do limão. Deitam-se os extractos e os ovos e bate-se bem. Acrescenta-se a manteiga, o sal e por fim a farinha. Envolve-se bem toda a mistura e deita-se no que devia ser uma frigideira de ferro mas, como eu não tinha, deitei numa forma de silicone.
Com a ajuda de uma espátula, alisa-se bem a superficie e cobre-se com a amêndoa laminada e polvilha-se com açucar em pó.
Vai ao forno, pré aquecido a 180 º, por 25 m. Desenforme só depois de arrefecer.
Sugiro-vos que o comam ainda morno, hummmmmm uma verdadeira delícia....



 Espero que gostem da sugestão que vos deixo, quem sabe para fazerem este fim de semana.
Beijinhos!!

Guisado de Lentilhas Vermelhas Perfumado com Poejos

BOM DIA!!
Hoje por aqui a chuva cai com intensidade e o frio também se sente.
Para aquecer, que tal aceitarem a minha sugestão de hoje?
Pois aqui fica a receita de um guisado delicioso e reconfortante que aquece e perfuma até a alma....



200gr de lentilhas vermelhas
Azeite q.b.
1 cenoura
1 cebola
2 dentes de alho
1 tomate
1/2 colher de chá de gengibre em pó
1 colher de sopa de polpa de tomate
Meio cubo de caldo de legumes
Água  e sal q.b.
Sumo de meio limão
Poejos frescos


Faça um refogado com a cebola picada, o tomate em cubos e a cenoura em rodelas. Adicionar depois os alhos picadinhos, o gengibre e tempere de sal. Deixar apurar bem.
Adicionar depois, as lentilhas, a polpa de tomate, o caldo de legumes e a água para cobrir (ou um pouco mais). Deixar cozinhar até as lentilhas estarem cozidas (10 a 15 m.).
Servir regando com o sumo de limão e raminhos de poejos.


Beijinhos e uma óptima quarta-feira!!

Foccaccia de Azeitonas e Queijo de Cabra para um Passatempo

O tempo passa a fugir e nem sempre damos conta de tanto passatempo e desafios.
Sempre que posso, gosto de participar, não só pelos prémios mas também, e principalmente, pelo prazer de fazer, partilhar e deixar assim alguém feliz. Pelo menos é assim que me sinto quando participam nos meus passatempos.
Ora a nossa amiga "Galega na Cozinha" propunha-nos um desafio em honra da sua filhota Bia, que dia 9 de Maio completa 2 aninhos.
Consistia em apresentarmos uma receita, já aqui apresentada ou não, que levasse ou azeitonas ou melancia ou ainda salsichas.
Ora como aqui a melancia este ano ainda não entrou, as salsichas também não é coisa que por aqui se coma muito, resolvi-me por partilhar, e participar, com uma receita em que um dos seus ingredientes é a azeitona.
É uma das minha focaccias preferidas e todos adoram aqui em casa e que já aqui partilhei com todas vós.
Hoje, ao ler o post triste da nossa amiga , pois ainda ninguém tinha participado, quis fazê-la sorrir (espero conseguir) e assim, à ultima da hora e esperando que ela me desculpe, participo mesmo que com uma receita já aqui publicada mas que é partilhada de novo com todo o prazer e carinho para o seu passatempo.



250 ml de agua morna
4 colheres de azeite
2 colheres de açucar
2 colheres de sobremesa de sal
450 gr de farinha
1 pacote de levedura seca para pão
Azeitonas q.b descaroçadas (eu usei pretas e verdes com pimentão)
1 queijo fresco de cabra
Oregãos para polvilhar


Colocar na MFP os liquidos e depois o açucar, sal,  a farinha e o fermento e escolher o programa amassar (1h e 30m). Após esse tempo retire e deixe levedar mais um pouco  cobrindo a massa com um pano e sem receber correntes de ar, durante 1 hora.
Forrar a bandeja do forno con papel vegetal e em cima do papel, com a ponta dos dedos, estender a massa dando-lhe uma forma rectangular.
Pincelar a superficie com um pouco de azeite e distribuir por cima o queijo de cabra em rodelas, os oregãos e as azeitonas. Pressione de forma a ficarem bem enterrados na massa.
Aquecer o forno a 50º  e quando estiver quente apagar. Meter lá a  masa  e deixar a levedar por mais meia hora. Tirar o tabuleiro reservando num sitio quente e aquecer de novo o forno mas agora a 180º. Colocar de novo o tabuleiro quando o forno estiver quente e deixar a assar por 20m ou até que  a superfície fique dourada. Sirva a focaccia ainda morninha....




Uma grande beijoka amiga e espero que gostes (tu e a BIA), tanto como nós gostamos, desta focaccia.

A minha experiência com a BIMBY

Olá amigas, BOM DIA!!
Como prometido, vou aqui relatar  a minha primeira experiência com a BIMBY.


Sabem aquelas crianças, que ganham um brinquedo novo e é vê-las de sorriso rasgado de orelha a orelha?
Com um brilho nos olhos e a felicidade estampada no rosto?
Pois foi assim amigas, que na semana passada enquanto tive uma bimby emprestada, eu me senti.

Primeiro, e porque não me canso de o dizer, quero e tenho que agradecer a amizade, a generosidade e a muita confiança em mim depositada, que fez a querida Monica confiar-me a sua bimby por uns dias.





Teve a paciência de me explicar como se mexia nela, pois até aí só tinha visto fotos e receitas nos blogs. Emprestou-me também alguns livros, maravilhosos e com optimas receitas, que me deixaram sem saber por onde começar primeiro hehehe.
Quando fui lanchar a sua casa (dia em que me a emprestou e a trouxe para a minha casa) fez-me logo ali uma limonada deliciosa.
Tão boa que não resisti a fazê-la à minha familia, assim que cheguei com ela a casa.

Foi por isso, a primeira coisa que fiz:

Limonada na bimby, com todo o sabor.
Como devem calcular, e sendo a primeira vez com a bimby, experimentei as coisas básicas e mais simples de fazer.
Exemplo disso foram as sopas deliciosas que fiz mas que lamentavelmente nem tirei foto, mas posso dizer que em 25 m tinha uma sopa rica e saborosa, e que toda a familia adorou.
No dia seguinte fiz uma compota de morango. Fico surpreendida como em pouco tempo, nos sai tudo perfeito. Basta seguirmos os passos e daí a alguns minutos tinha a compota  prontinha e na consistência desejada:

Compota de morango
Nesse dia ao almoço, tinha uns filetes de pescada para fritar e resolvi acompanhar com um delicioso arroz de cenoura, soltinho e muuuuuito apetitoso e feito em minutinhos:

Arroz de cenoura na bimby
À noite, para toda a familia, fiz crepes também feitos na bimby. Olhem só que lindos ficaram e que acompanhei com a compota de morango:

Crepes com compota de morango
Da bimby, sairam tabém umas bolachas húngaras, muito apetitosas feitas com a massa sablé e que ainda mergulhei em chocolate (provei-as na casa da Mónica no nosso lanche e também não resisti  a fazê-las para os miudos):

Bolachas Húngaras

O meu Martim, curioso como só ele, fartou-se de folhear os livros emprestados pela Mónica e deliciava-se a cada página e depois, as fotos são espectaculares e muito atractivas. Tanto, que dá vontade de querer fazer tudo e não sair da cozinha hehehe.
Mas, quando ele deu de caras com os croquetes (que ele adora) os seus olhos brilharam e disseram :
-Mãe faz-me croquetes , por favor.
E assim fiz, com um belo pedaço de carne para guisar e com um arroz branco também ele feito na bimby, saiu uma refeição ligeira mas deliciosa:

Croquetes com arroz branco
Como disse anteriormente, para primeira vez que mexia numa bimby, não me quis aventurar muito e apenas fiz estas coisas simples mas que não deixam de surpreender na mesma pois faz-se tudo em menos de nada e poupa-nos muita loiça e tempo dispendido.
Por exemplo um dia, já a meio da manhã lembrei-,me que não tinha nada de sobremesa para servir ao almoço. O marido adora, e tem como preferida, o Arroz Doce e nesse momento, folheei a revista procurei por ela e tcharan, em pouco minutos um arroz doce perfeito, cremoso e que o deliciou deixando-o tambéma ele rendido à máquina hehehe.
Vejam só que bom saiu este arroz doce hummmm:

Arroz doce
O miudos adoram salame de chocolate, e também não podia deixar de experimentar a receita na bimby:


Salame de chocolate
Foi o lanche perfeito e ficou optimo pois a bimby tritura a bolacha, faz o creme de chocolate envolve tudo e é só levar ao figorifico para que fique durinha.

O meu filho mais velho, mais virado para os legumes, e pouco amigo de carne, quis que lhe fizesse a lasanha de vegetais, e que mãe não lhe satisfazia o desejo?
Aqui está uma lasanha deliciosa e em pouco minutos:


Lasanha de legumes e cogumelos com pão de alho

Para terminar esta aventura fiz a receita que mais me cativou e que eu adoro: as queijadas de requeijão, iguaria do meu Alentejo.
Na bimby fiz a massa e o recheio, levei ao forno e ficaram assim:
Queijadas de Requeijão

Lindas e deliciosas, acreditem!

Resumindo, e agora falando só para quem não conhece e nunca mexeu numa bimby, é um investimento que vale mesmo a pena. É viciante, simples de mexer, limpar e em pouco tempo conseguimos de facto receitas perfeitas e deliciosas.
Adorei a experiência e deu-me verdadeiros momentos de felicidade na cozinha.
Considero mesmo comprar uma num futuro, o mais proximo possivel, pois acho valer cada cêntimo dispendido.
Obrigada ás que leram este post tão longo mas não fazia sentido ter esta primeira experiência e não deixar aqui a minha opinião e relato de tudo o que fiz com ela.

COZINHAR SEM BIMBY? SIM É BOM (que remédio hehehe)
MAS SEM DÚVIDA, QUE NÃO É A MESMA COISA...
Obrigada uma vez mais querida Mónica, por me teres concedido estes momentos e ter conseguido mais umas receitas para a FELICIDADE!

Beijinhos a todas, e tenham uma excelente semana!!