Pin It button on image hover

quarta-feira, 28 de Novembro de 2012

Tarte de Pêssego com Amêndoas


Boa tarde a todas/os quantos me visitam!
Esta tarte é uma delicia e tinha mesmo que a partilhar convosco:




250 g de farinha Branca de Neve
1 colher de açúcar baunilhado
150 g de margarina Vaqueiro
50 ml de água fria

100 g de amêndoas moídas grosseiramente
1 lata de pêssego em calda
2 colheres de sopa de mel

Canela q.b
1 clara de ovo, levemente batida, para pincelar
Açúcar para polvilhar

Comece por fazer a massa para a tarte.


Na Bimby:
No copo da bimby colocar a farinha, o açúcar baunilhado e a margarina e programar 15s/vel6. 
Adicionar depois a água pelo bucal e, na mesma velocidade, programar mais uns segundos de modo a envolver bem o liquido na massa. Retire, envolva em película aderente e leve ao frigorífico, por pelo menos 30 m.

Tradicional:

Coloque a farinha, o açúcar e a margarina numa batedeira e bata até a mistura ficar esfarelada. Aos poucos vá adicionando a água e bata até a mistura se unir e formar uma massa leve(se estiver muito pegajosa, adicione mais um pouco de farinha).
Embrulhe em película aderente e leve ao frigorífico por 30 minutos antes de usar.

Pré-aquecer o forno a 160ºC. 
Divida a massa ao meio e estique cada parte. Com uma das partes cubra a tarteira (eu usei de silicone), cubra com a amêndoa e por cima coloque os pêssegos regados com o mel e com a canela a gosto. Com a restante massa, corte círculos com um cortador de biscoitos redondo ou simplesmente use um copo. 
Disponha os círculos ao redor da borda da tarte, pincele com clara de ovo e polvilhe com açúcar. 
Leve a tarte ao forno durante 35 min., ou até a massa ficar dourada e crocante.


Fonte da receita aqui mas ligeiramente adaptada por mim.

Beijinho e espero que gostem de mais esta sugestão!

terça-feira, 27 de Novembro de 2012

Arroz de Tamboril

Boa tarde!
Por aqui anda um frio que nem vos conto (de arrepiar e bater o dente). 

Hoje trago, como sugestão, um belo arrozinho de tamboril, gostam ou nem por isso?  
Por aqui  é bem apreciado....

1 kg de lombo de tamboril limpo
250 gr tomate sem pele e sem sementes  (pode ser tomate aos cubos de lata)
2 cebolas
1 pimento grande vermelho
2 ou 3 alhos
2,5 dcl de azeite virgem
2 dcl de vinho branco
1 molho de coentros frescos
400 gr arroz carolino
300 gr de gambas congeladas
1 malagueta
Sumo de 1 limão
Sal q.b.
2l de caldo de peixe e camarão

Cortar o tamboril aos cubos pequenos  temperar com sal e sumo de limão. Reservar. 
Descascar as gambas e reservar.  Com as espinhas do tamboril e as cascas das gambas fazer um caldo de peixe,  deixando ferver apenas. 
Colocar num tacho ao lume o azeite, adicionar os pimentos  cortados muito pequenos, o tomate em cubos e a cebola. Refrescar com o vinho branco e deixar refogar. Junte de seguida os alhos picadinhos e, após alourar, adicionar o caldo de peixe e gambas (coado). Assim que levantar fervura deixe ferver por 15 minutos. Adicionar o arroz e deixar cozer mais 16 minutos em fogo lento. Quando o arroz estiver quase aberto, adicionar o peixe e as gambas descascadas. Deixar ferver mais uns minutos  5/6/min. Rectificar de sal, adicionar a  malagueta e/ou piri-piri.
Imediatamente antes de servir polvilhar o arroz com os coentros picados grosseiramente.


Beijinho!

quarta-feira, 21 de Novembro de 2012

Bolachas de Aveia e Passas


Com uma casa cheia de gente como é a minha, tenho de ter sempre à mão, bolachas e biscoitos para miúdos e graúdos e nem eu lhes resisto. Estas de aveia são uma das minhas preferidas!


1 ovo batido
110 g de açucar mascavado
80 g de açucar branco
120 g de manteiga à temperatura ambiente
2 colheres de sopa leite
80 g de passas
150g de farinha sem fermento
1/2 colher de chá bicarbonato de sódio
1/2 colher de chá sal
1 colher de chá de canela
Raspa de baunilha
100 g de aveia em flocos


Pré-aqueçer o forno a 180ºC. 
Num tabuleiro de ir ao forno, coloque o tapete de silicone ou então forre com uma folha de papel vegetal.
Bata os açucares com a manteiga. Adicione o ovo batido, a baunilha e o leite e bata até obter uma massa homogénea. Peneire a farinha junto com o sal, a canela em pó e o bicarbonato de sódio. 
Adicione à mistura líquida e bata até os ingredientes estarem bem ligados. Acrescente a aveia e as passas e mexa. 
Com a ajuda de uma colher, disponha uma pequena porção sobre o papel vegetal ou no tapete, deixando espaço entre as bolachas (5 cm) para que não colem ao cozer. 
Levar ao forno por 10-12 minutos ou até estarem douradas. 
Transferir para uma grelha de metal para arrefecerem.
Adoro-as ao pequeno almoço ou ao lanche com um copo de leite frio mhamm....









Beijinho e bom resto de semana!

segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

Geleia de Menta e um Lanche Delicioso



Bom dia!
Como estão as minhas amigas? E que tal esse fim de semana?
Desculpem a falta de visitas aos vossos blogs mas, assim que isto acalmar aqui para estes lados, retomo a leitura e ponho tudo em ordem, prometo! 
Agradeço também as visitas e os comentários por vós aqui deixados e que sempre me deixam muito feliz. Daí saber a importância que tem visitar e deixar um "miminho" em cada blog amigo. 

Obrigada!

A sugestão de hoje, vem na revista deste mês da Bimby, onde até eu apareço ou melhor a minha receita, pois fui a vencedora deste mês do passatempo "Doces Momentos Nestlé com a Bimby" com o meu "Pudim de Pão com Leite de Coco" , e que prometo publicar aqui um dia destes.
Mas hoje, como estava a dizer, é a receita da "Geleia de Menta" que venho convosco partilhar e com ela outro chá It.tea que recomendo pois é delicioso o Chá Infusão Bio Hortelã- Menta.
Tudo a ver, verdade? Serviram logo para rechear uns scones e, acompanhado com o chá, fez um lanche delicioso, não acreditam? Comprovem!


Geleia de Menta
200 g de hortelã (só as folhas)
500 g de água (substituí por chá de Hortelã- Menta It-tea)
200 g de vinagre de sidra
400 g de açúcar










Coloque no copo a hortelã e pique 5s/vel 7. Baixe com a ajuda da espátula o que ficou na parede do copo.
Adicione a água( ou o chá de menta) e o vinagre e programe 20m/100ºc/vel colher.
Adicione o açucar e programe 60m/Varoma/vel2, sem o copo medida mas com o cesto sobre a tampa para evitar salpicos.
Retire e coloque em frascos devidamente esterilizados.
Fonte: Revista Bimby Novembro 2012

Scones com sementes de Papoila
100 g de Leite
40 g de Margarina 
250 g de Farinha
2 colheres de chá,de Fermento em Pó
1 pitada de sal
50 g de Açúcar 
1 Ovo
1 colher de sobremesa de sementes de papoila

Pré-aqueça o forno a 200ºC
No copo da Bimby coloque todos os ingredientes programa-se 15 seg, vel. 6.
Num tabuleiro de ir ao forno (coloque um tapete de silicone), deite colheradas de massa. Leve a cozer por 15m.

Sirva os scones com geleia de Menta e um chá Infusão Bio Hortelã-Menta






Infusão Bio Hortelã- Menta
Agora experimente adoçar o seu chá com esta Geleia hummmmm, deixo a sugestão!




Não se esqueçam de visitar o site da It-tea e, quem sabe fazerem as vossas encomendas. 
Está aí o Natal e as prendas simples, mas ao mesmo tempo personalizadas, são as melhores.
Imaginem oferecer aos vossos amigos e familiares chá de qualidade e cujo rótulo da embalagem foi concebido por vós com um desenho ou foto. Fica a recomendação e sugestão!

Beijinho e fiquem bem!

sexta-feira, 16 de Novembro de 2012

Barrinhas de Cenoura e Courgette


Bom dia a todas/os!
Que bom chegou o fim de semana mas parece que com ele vai chegar a chuvinha e a vontade de estar no sofá.
 
Hoje e, quem sabe, para vos fazer companhia neste fim de semana, trago estas barrinhas deliciosas




2 ovos e 1 gema
3/4 chávena de açúcar mascavado rar
1/2 chávena de óleo 
1/4 chávena de mel 
1 colher de chá de baunilha 
1 cenoura e 1 courgette grandes
1+ 1/2 chávena de farinha Branca de Neve para bolos
1 colher de chá de fermento em pó 
1/2 colher de gengibre ralado
1 pitada de sal


Pré-aqueçer o forno a 180º . Untar uma forma rectangular, com manteiga e enfarinhá-la, reservar.

Na bimby:
Coloque a cenoura e a courgette no copo da bimby e rale por 15s./vel9 . Retire e reserve.
Sem lavar o copo deite os ovos, o óleo, o sal, o mel e o açúcar e programe 1m./vel6. Junte a cenoura e a courgette, a farinha, o gengibre ralado, a baunilha (eu não coloquei) e o fermento e envolva 15s/vel3.
Deite na forma untada e enfarinhada e leve ao forno por 25m.

Tradicional:
Numa tigela grande, bata os ovos, o açúcar mascavado, o óleo, o mel e a baunilha até ficar uma mistura homogénea. 
Ralar a cenoura e a cougette e adicionar à mistura de ovos. Adicione todos os ingredientes secos e envolva apenas até que se incorporem. Despeje na forma untada e leve ao forno por 25 minutos.



Beijinho e BOM FIM DE SEMANA!

quarta-feira, 14 de Novembro de 2012

Pêras em Calda de Chá e... uma nova parceria

Boa tarde a todas/os quantos me visitam.
Trago-vos hoje novidades bem fresquinhas, ou melhor, quentinhas.
Em parceria com a It-tea vou a partir de hoje trazer-vos de vez em quando umas receitas com chás e, agora que vem aí o inverno nada como uma bela chávena de chá e, se possível, da melhor qualidade.
É o caso da It-tea by Jugais uma empresa que conta já com mais de 11 anos de história e de sucessos. A quinta de Jugais foi fundada- em pleno coração da Serra da Estrela- por dois empresários que previligiam a qualidade e a excelência, quer dos produtos, quer dos seus serviços. Visitem o seu site e a sua página do facebook e saberão mais sobre esta empresa.
Tanta variedade de chás como nunca vi. Provei já alguns deles e posso dizer que não consigo escolher qual o melhor. Mas eu também sou suspeita, pois sou uma enorme fã desta bebida, tanto de inverno como de verão.

Estes são alguns dos chás que eles me enviaram. Todos maravilhosamente embalados, perfumados e com um sabor hummm deveras DELICIOSO!

 
A receita que vos trago hoje, para começar esta etapa, foi feita com o chá preto aromatizado com canela e maçã.
Nem imaginam o perfume tão agradável, que me deixou, não só na cozinha, mas também pela casa toda...



Pêras em Calda de Chá



3 dl de água
3 Pêras Rocha
1 pau de canela
60 g de açúcar
15 g de amido
1 gema
Amêndoa laminada, para polvilhar

Comece por levar a água ao lume num tacho. Quando ferver, retire do lume e introduza o chá. Deixe em infusão enquanto descasca as pêras e as corta em quartos (eliminando os caroços). Coe o chá e introduza os quartos de pêra, o pau de canela e o açúcar.. Leve de novo ao lume e deixe que ferva durante 20m ou até ficar a fruta macia e tenra. Dissolva o amido com a gema e reserve. Com a ajuda de uma espumadeira, retire as pêras e o pau de canela e, aos poucos, vá adicionando a gema e o amido dissolvidos, mexendo com uma vara de arames. Leve de novo ao lume a engrossar sobre lume brando e mexendo sempre.
Distribua as pêras por taças regue com a calda de chá.
Salpique com amêndoas laminadas ou nozes grosseiramente picadas.




Visitem e façam a vossa encomenda
RECOMENDO
Resta-me agradecer à It-tea pelo envio dos maravilhosos chás (dos quais já estou fã), e por ter aceite esta parceria que espero, seja do seu agrado tanto como é do meu.

OBRIGADA!



segunda-feira, 12 de Novembro de 2012

Baguetes Recheadas

Bom dia!
Que tal o fim de semana? O meu um pouco atribulado pois tive os dois filhotes mais novos um pouco adoentados mas nada que uns Ben-u-rons e o miminho de todos não resolvesse. Hoje o Martim já foi à escola mas o Joãozinho, por precaução, ficou em casa comigo.

A sugestão de hoje, é uma entrada diferente mas apetitosa e aqui fica a receita, caso queiram experimentar:

4 baguetes pequenas
5 ovos
Meia chávena de natas
Pedaços de bacon

Queijo Mozarella ou queijo gruyere ralado
1 cebola, em fatias finas
sal e pimenta a gosto

Cebolinho q.b


Pré-aquecer o forno a 200º C. 
Cortar as baguetes em forma de "V", retirando o seu interior. Reserve.
Bater levemente os ovos com as natas, junte o cebolinho picado e envolva o queijo. Tempere de sal e pimenta e reserve. 


Na Bimby:
 Colocar os cubos de bacon no copo da Bimby juntamente com o azeite e a cebola e programar 5 m,/ Varoma/ Vel.2.
Juntar à mistura de ovos e natas.

Tradicional:
Faça um refogado leve, com azeite a cebola e o bacon. Misture depois nos ovos, junte o cebolinho picado e tempere de sal e pimenta.

Divida, e despeje a mistura, em cada buraco das baguetes e leve ao forno por 20 a 25 minutos ou até dourarem e ficar o interior firme
Cortar em fatias e servir.


Inspirado daqui

 Beijinho e BOA SEMANA!

sexta-feira, 9 de Novembro de 2012

Sopa de Batata Doce com Couve-Flor e Abóbora

Bom dia!
Que frio já se faz sentir, verdade?
Pois para vos aquecer até a alma, nada como uma sopinha reconfortante. Esta, acho que lhe faz jus pois é deliciosa.



1 couve-flor  
Azeite para o refogado usei Oliveira da Serra (Lagar do Marmelo)
2 a 3 batatas doces descascadas e cortadas em cubos

200g de abóbora em cubos
1 cebola em cubos
2 dentes de alho
Água q.b.


Pré-aqueça o forno a 200° . Cortar a couve-flor em pedaços pequenos. 
Colocar numa travessa de ir ao forno e regada com um pouco de azeite, deixe assar até que a couve-flor fique dourada, (cerca de 20-30 minutos). Retirar do forno e reservar.

Na bimby:
Coloque a batata doce, a abóbora, a cebola, o alho, o sal e a água suficiente para cobrir. 
Programar 20m/temp Varoma/ vel 1. Ao fim desse tempo juntar a couve-flor, reservando alguns raminhos para a decoração e triturar vel 3/5/7. 
Servir com cebolinho picado, polvilhar com sementes de papoila e alguns raminhos de couve flor que havia reservado. Sirva bem quentinha.

Tradicional
Numa panela com água leve a cozer a batata doce, a cebola, a abóbora e o alho. Tempere de sal e mexa.Reduza o lume e deixe ferver até a batata ficar bem cozida. Adicionar a couve-flor, reservando alguma para a decoração.
Triturar a sopa e servir com cebolinho picado, sementes de papoila e raminhos de couve-flor. Servir ainda quente.


Beijinhos e tenham todas um óptimo fim de semana!

quarta-feira, 7 de Novembro de 2012

Compota de Ruybarbo com Framboesas

 Bom dia!
Sempre que vou ao CorteInglês fazer umas compras e veja o Ruybarbo não resisto nunca em trazer uns talos comigo. O seu fim? Sempre a compota embora lhe possa dar outros usos como podem ver aqui mas esta é a minha forma favorita de os gastar:








Compota de Ruybarbo com Framboesas

Num tacho largo, colocar 4/5 talos cortados (antes retirar-lhes as pontas e lavar bem), 150 g de amoras lavadas e escorridas, a raspa de um limão e açúcar a gosto (eu coloquei 200 g).
Deixe que ferva e, após esse tempo, reduza o lume e vá mexendo bem durante 10 m. Apague e retire. Coloque a compota em frascos esterilizados (lave bem e leve-os ao micro-ondas por um minuto na temperatura máxima).


Beijinho e votos de uma Feliz Quarta-feira para todas!

segunda-feira, 5 de Novembro de 2012

Clafoutis de Figos e Uvas

Bom dia e desde já uma óptima semana para todas quantas me visitam. 
A sugestão de hoje é um Clafoutis que adorei e vou repetir com toda  a certeza. Aqui fica pois a sugestão:



500 g uvas brancas
8 figos maduros
3 ovos
250 ml de leite
Meio pacote de natas
1 colher de sopa bem cheia, de queijo tipo Filadélfia
50 g de manteiga derretida + para untar a forma
100 g de açúcar
120 g de farinha
1 colher de sopa de mel
Canela em pó q.b.

Pré-aqueçer o forno a 200º C.

Na bimby:
Introduzir no copo, o leite, as natas, o queijo creme, os ovos, a farinha, e o açúcar e programar 10 seg./vel.5.
Unte uma forma ou travessa de ir ao forno, com manteiga e coloque nela as uvas bem lavadas e sem pés, reserve. 
Numa frigideira, deite uma colher bem cheia de mel e a canela em pó e mergulhe nessa calda os figos bem lavados e cortados em quatro, até que caramelizem ligeiramente. (Esta ideia, da calda de figos, retirei do blog da Carla o "Cucina Artusiana" , um blog delicioso e que aconselho a que visitem).
Deite os figos  no fundo da forma onde já estão as uvas. Deite o preparado de ovos e leite sobre a fruta e leve ao forno por 35/40mn a 200º. Sirva ainda morno.


Tradicional:
Unte uma forma ou travessa de ir ao forno. Derreta a manteiga e reserve. Numa frigideira aqueça o mel e a canela. Deite nela os figos e mexa delicadamente por 5 minutos e em lume brando. 
Enquanto isso bata os ovos com o açúcar até ficarem em espuma. Junte o leite aos poucos, a farinha e a manteiga, misturando bem.
Disponha na travessa, as uvas e por cima os figos.
Deite a mistura de ovos por cima e leve ao forno por 35/40m ou até que a massa fique firme e dourada. 
Sirva ainda morno.























sábado, 3 de Novembro de 2012

Um prato de massa Milaneza com um toque de laranja ( 2ª receita)


Mais uma (e ultima) receita bem apetitosa que fiz para o desafio da Laranjinha e a que não resisti pois esta é outra deliciosa forma de comer a massa  Milaneza com um toque/ cheirinho a laranja.



Lavar bem as laranjas e retirar-lhe as cascas (parte amarela). De seguida espremer-lhe todo o sumo.
Lavar bem as courgettes e corte-as finamente no sentido do comprimento e depois em tiras finas.
Levar ao lume 300 ml de leite com 200ml de natas e 100ml de sumo de laranja. Juntar um caldo de legumes e um pouco de azeite.
Quando ferver, deitar 30 g de farinha maizena para engrossar ligeiramente o molho, deixar ferver por aproximadamente 1 minuto.
Cozer  a massa Milaneza (escolhi as ondas) conforme as instruções da embalagem.
Após estar cozida, escorra-a e deite-a no molho assim como as tiras de courgette e as tira de casca de laranja e deixe ferver de novo.
Servir de imediato e divirtam-se a degustar!













Beijinho e um bom fim de semana para todas!

sexta-feira, 2 de Novembro de 2012

Um prato de massa Milaneza com um toque de laranja (desafio)


A massa é daqueles pratos que aprecio imenso, tanto de inverno como de verão. 
Por esse motivo, não resisti ao desafio proposto pela querida Isabel do "Cinco Quartos de Laranja" que, para comemorar o dia Mundial das Massas (dia 25 de Outubro), se juntou à Milaneza
Era pedido um prato rápido e original e  claro está, que levasse massa e laranja. 
Pois aqui fica então a minha proposta:



    1 Pacote de Massa Milaneza (eu usei Ondas)
    2 colheres de sopa de iogurte grego
    Raspas,sumo e gomos de 1 laranja

    1 colher de sopa de Sementes de Papoila
    2 colheres de sopa de azeite extra-virgem
    Uvas vermelhas
    Sal e pimenta preta q.b.

     Cozer a massa conforme as instruções. Escorra e deixe arrefecer por 10 minutos.
     Numa tigela grande, misture delicadamente todos os restantes ingredientes.

     Sirva fria ou ainda morna.


Espero que gostem da simples mas deliciosa sugestão que vos deixo pois a mim hummmm, soube-me tão bem...

Beijinhos e bom fim de semana!