quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2013

Risotto Cremoso em Puré de Ervilhas


Boa tarde!
Hoje por aqui é dia de aniversário. O Joãozinho, o meu filhote mais novo, faz 4 aninhos (como o tempo passa rápido).
Mas a sugestão que vos trago não é de doces ou bolinho ´de aniversário, isso fica para outro post. 
Deixo-vos sim com um delicioso risotto que aconselho a experimentarem, aqui todos adoraram...






200 g de puré de ervilhas (nesta receita usei o esparregado de ervilhas da Iglo)
3 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de manteiga sem sal
1 cebola cortada em cubos
2 dentes de alho picados 

1 chávena de arroz Risotto "Oriente Rice"
1 copos de vinho branco seco
1 l de caldo de legumes
Queijo parmesão ralado
1 colheres de sopa de manteiga 


Ferva o caldo de legumes num litro de água, reserve.
Num tacho largo adicionar o azeite e a manteiga e de seguida, adicione a cebola picadinha. Mexa e cozinhe por 2-3 minutos até ficar macia e dourada, adicione o alho e cozinhe por mais uns segundos. 
Aumente o lume e adicione o arroz. Cozinhe por cerca de 5 minutos, agitando 2-3 vezes até que o arroz fique translúcido e quase dourado. Reduza então o lume e refresque o refogado com o vinho branco. Agitar até que todo ele seja absorvido. Adicione um pouco do caldo de legumes quente.
Repita o processo, de forma contínua até que o caldo seja todo absorvido e o arroz cozido (levará cerca de 20-25 minutos no máximo).
Uma vez pronto, reduza o lume e misture nele o puré de ervilhas feito com antecedência (eu nesta receita em especifico, usei o esparregado de ervilhas da Iglo que preparei conforme diz na embalagem, mas pode fazer um puré de ervilhas caseiro), mexa bem até que fique totalmente absorvido. 

Polvilhar com um pouco de queijo parmesão e uma noz de manteiga, mexa delicadamente e retire do lume.
Sirva de imediato, cobrindo com mais um pouco de queijo.
Acompanhei com pescada frita e estava DELICIOSO!



Beijinhos e uma vez mais, espero que gostem da minha sugestão!

segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2013

Pescada em Papelote com Camarão e Legumes,Guarnecido com Aros de Cebola


Boa Tarde!

O frio não nos larga, verdade? Que saudades do verão!
Hoje trago-vos um peixinho delicioso em papelote e que faço imensas vezes. Experimentem também!
Aproveitei para usar as novas especiarias da Espiga...


4/6 filetes ou lombos de pescada
Camarões q.b.
Sal q.b
Sumo de limão
Azeite q.b.
Aneto, Limão&Salsa e Alho&Jindungo (novas especiarias da Espiga)
Pimenta"Frita Fácil" da Espiga
Aros de Cebola
Legumes a gosto (eu usei pimento, aipo, cenoura e courgette)



Na Bimby:
Lave o peixe e seque-o bem com papel absorvente. Tempere com sal e as especiarias e deixe a marinar por 30 minutos.
Colocar os legumes no copo e programar 5 segundos na velocidade 4. (eu passei este passo nesta receita em especial). Retirar e reservar.
Sem lavar o copo, coloque 60 g de  azeite, o sumo de 1 limão, sal e a pimenta.Ligar 10 seg./Vel. 4. e reservar.


Tradicional:
Temperar o peixe com sal, sumo de limão, e com as novas especiarias da Espiga (Aneto, Alho&Jindungo e mistura de Salsa&Limão) e deixar a marinar por 30 minutos.

Disponha cada filete de peixe num rectângulo de papel vegetal, cubra com o camarão e à volta os legumes. Regue com um pouco de azeite, coloque um camarão por cima e à volta os legumes. Feche bem o papelote.
Leve ao forno por 20/25 minutos. 

Entretanto frite rodelas de cebola com o o polme "Frita Fácil" da Espiga.
Retire o peixe do forno, abra o papelote com cuidado e sirva-o regado com o molho de azeite e sumo de limão, que havia reservado (senão tem bimby faça um molho de azeite com limão e pimenta e para isso é só envolver bem os ingredientes). 
Guarneça  com aros de cebola.
Boa semana para todas!

quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2013

Mousse de Laranja com Cardamomo Verde

Uma mousse tão boa quanto fácil de fazer.
Realmente não temos desculpas na hora de preparar uma sobremesa e esta é a minha sugestão de hoje. 
Espero que seja também do vosso agrado!




6 laranjas grandes
200 g de açúcar 
6 a 8 sementes verdes de cardamomo da "Espiga"
4 folhas de gelatina 
2 pacotes de natas

Corte ao meio quatro das 6 laranjas  e, com a ajuda de uma colher retire-lhes o seu interior(reserve se quiser servir nelas a mousse). Com a polpa bem espremida retiramos-lhe todo o sumo assim como ás outras duas a que deve também retirar a casca (só a parte laranja).
Ferver o sumo com as sementes de cardamomo e o açúcar  + ou- 10 minutos e conseguir assim uma calda espessa como um xarope.
Já fora do lume, retire as sementes de cardamomo e adicione a raspa da laranja assim como as folhas de gelatina (previamente hidratadas em água fria). Reserve.
Bata as natas e quando estiverem bem firmes envolva-as no preparado anterior delicadamente. Deite a mousse nas cascas das laranjas ou taças e leve ao frigorífico por pelo menos 2 horas antes de servir. 
Decore a gosto e sirva bem fresquinha!




Bom fim de semana! 
Beijinhos...

quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2013

Risotto Campestre

Bom dia!
Hoje trago-vos uma receita fácil e deliciosa feita com um punhado de legumes e onde usei novamente o Arroz  do Mundo Oriente Risotto, marca de qualidade da Novarroz

Fiz por isso uma refeição deliciosa, saudável e com o cheiro, a cor e o sabor do campo...






300g de arroz para Risotto Oriente Rice
1dl de azeite
1dl de vinho branco
1 chalota picada
1 courgette pequena ralada

1 pimento vermelho em pedaços
9dl de caldo de legumes 
1 colher de sopa de manteiga sem sal
1 pimento
Folhinhas de espinafres 
1 tomate
Cogumelos
Um punhado de ervilhas
2 cenouras
Queijo Parmesão para polvilhar



Num tacho colocar a chalota e o azeite. Levar ao lume e deixar refogar um pouco até dourar. Adicionar o arroz e deixar fritar um pouco, mexendo. Refrescar o refogado de arroz com o vinho branco.
Juntar de seguida os cogumelos em quartos e a courgette ralada assim como os restantes legumes cortados em pedaços pequenos. Adicionar o caldo de legumes aos poucos e à medida que o arroz vai secando. Deixar cozinhar em lume brando.
Assim que o arroz estiver cozido (passados 15/20m), retire do lume e adicione a manteiga e o queijo parmesão. 
Mexer e servir o arroz de imediato.


Beijinho e uma Feliz Quarta-feira!

terça-feira, 19 de Fevereiro de 2013

Peixinhos da Horta com Arroz Semi- Integral

Bom dia!
Hoje, trago-vos uma vez mais,uns peixinhos da horta, aqui em casa adoramos!



500 gr de feijão verde
125 gr de farinha com fermento
1 colher de sopa de azeite
1 dl de cerveja ou leite
2 ovos inteiros + 1 gema
Sal e pimenta q.b.

Na Bimby:

Coloque o feijão verde, previamente arranjado e laminado, no cesto da Bimby. Deite 800 g de água no copo. Programar 15 m/100º/Vel.3. 
Escorra e passe-o por água fria.
No copo, deite os ovos, o vinho, a farinha e o leite. Tempere de sal e pimenta e programe 15 s./Vel. 6.
Envolva o feijão verde na mistura de farinha.
Aqueça óleo suficiente numa frigideira e leve a fritar de ambos os lados. 
À medida que ficarem fritos retire-os e coloque-os sobre papel de cozinha, para absorverem o óleo. Acompanhe com arroz.


Tradicional:
Aparam-se as pontas do feijão e cortam-se em pedaços de 10 cm. 
Lavam-se e cozem-se em água a ferver cerca de 5 minutos. 
Devem ficar semi-cozidos. 
Escorrem-se e deixam-se arrefecer.

Faz-se então o polme
Deita-se a farinha numa tigela e ao centro abre-se uma cavidade na qual se deita o azeite, uma pitada de sal, pimenta, a cerveja ou leite e começa-se a mexer aos poucos, do meio para as pontas.
Vai-se juntando os ovos um a um e bate-se bem a massa para ligar melhor. 
Deixa-se repousar meia hora.
Depois envolve-se os pedaços de feijão verde na massa um a um (pode ser com a ajuda de um garfo) e fritam-se em óleo quente.
Escorrem-se bem e estão prontos a servir.




Beijinhos e espero que gostem da sugestão!

segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2013

Sopa Seca


BOM DIA!
Que tal o vosso fim de semana? O meu como sempre foi bem docinho e agitado pois com quatro filhos já imaginam como é...adoro os fins de semana e ter tudo à mesa.

A receita que vos trago hoje é bem típica da zona de Penafiel mas por achar que anda um pouco esquecida e que deve ser partilhada, resolvi fazer, embora à minha maneira. 
Devo dizer também e só por curiosidade, que é chamada de "sobremesa dos pobres", mas é deliciosa e perfumada e serve bem como desculpa para gastar um pãozinho duro. 
Experimentem!


Aqui fica a receita:

0,5 L de água
2 Colheres de sopa de açúcar amarelo
2 Paus de canela
4 Pãezinhos secos (tipo carcaça)
Canela em pó
Folhas de hortelã


Num recipiente coloque a água a ferver com o açúcar e os paus de canela. Deixe ferver durante cerca de 5 minutos até formar uma calda.
Fatie os pãezinhos e disponha-o numa assadeira, em camadas,regue com a infusão e junte folhas de hortelã.
Polvilhe a gosto com canela em pó e leve ao forno durante alguns minutos. Assim que começarem a tostar retire (sirva ainda morno).






Aproveito para com esta receita, bem tradicional mas esquecida, 
participar no desafio proposto pela querida Dulce e o seu blog 
Cozinhadaduxa e que é feito em parceria com Memória Lusa.
Participem também!






Beijinho e BOA SEMANA!

sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2013

Arroz doce com leite de coco com Calda de Morangos



A receita de hoje é bem docinha e deliciosa. Espero que gostem desta versão do tão típico arroz doce e que aceitem esta renovada sugestão:




  • Meio litro de leite
  • 250 ml de leite de coco
  • 100 g de açúcar 
  • 1/2  colher de chá de essência de baunilha
  • 1 pitada de  sal fino
  • 180 g de arroz 
  • 1 gema
  • 1/2  chávena de morangos
  • Açúcar em pó
  •  
  • Numa panela média, misture o leite com o leite de coco, o açúcar, a baunilha e o sal. Deixar que ferva e adicionar de seguida o arroz . Cozinhe lentamente e abanando de vez em quando, até conseguir um creme macio e cremoso, cerca de 35/40 minutos, quase no fim e imediatamente antes de apagar junte a gema, retire e reserve. 
  • Triture os morangos com 3 colheres de sopa de leite de coco até conseguir um molho  homogéneo.
  • Ligue a grelha do forno a 180º C.
  • Divida o arroz doce por ramequins e polvilhe-o com açúcar em pó e regue com um pouco de molho de morango Grelhe até caramelizar o açúcar, cerca de 2 minutos. 
  • Sirva quente com o restante do molho à parte.  

Beijinhos e BOM FIM DE SEMANA!

quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2013

Crepes Red Velvet (especial dia de S. Valentim)

Uns crepes fantásticos para servir hoje dia de S. Valentim, ao vosso mais que tudo. Será que ainda vão a tempo do pequeno almoço? Não ? Então que tal para o lanche? 
Ele ou ela vão adorar e é bem simples de fazer...
Fica a sugestão:




100 gramas de farinha
2 ovos
50 gramas de manteiga
2,5 dl de leite com umas gotas de limão
Uma pitada de sal

1 colher de sopa de corante encarnado
1 colher de sopa de cacau em pó
Bananas q.b.
Chantilly
Açúcar em pó

Na Bimby:

Deite todos os ingredientes no copo da Bimby e programe 15 s./Vel 6 indo gradualmente até à velocidade 9.

Tradicional:
Bata os ingredientes líquidos numa tigela e misture depois com os ingredientes secos com a ajuda de uma colher de pau até que tudo fique bem misturado e sem grumos.
Se acharem que a massa está muito grossa basta adicionarem um pouco mais de leite.
Untar uma frigideira com um pouco de margarina e, quando estiver quente o suficiente deitar um pouco de massa.



Servir os crepes enrolados em bananas e recheados com chantilly. 
Polvilhar no fim com açúcar em pó.




Beijinhos com amizade e namorem muito..!

quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2013

Risotto de Batata Doce com Cogumelos

Bom dia!
Hoje trago-vos um daqueles pratos que a cada colherada nos afaga e conforta a alma... 



O risotto, como vocês sabem, é um prato típico italiano e quando recebi alguns exemplares deste belo arroz da gama Oriente Rice da Novarroz fiquei como devem calcular muito feliz e aproveito para lhes agradecer esta oferta.


Quis logo experimentar uma receita nova e não me arrependi pois ao juntar-lhe a batata doce tornei este risotto ficou ainda mais cremoso e um dos meus favoritos. 

Vai ser para repetir, sem dúvida...


1 batata doce de tamanho médio
1/4 colher de chá de noz-moscada
3 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de manteiga sem sal
1 cebola cortada em cubos
2 dentes de alho picados 

200 g de cogumelos Marron
1 chávena de arroz Risotto "Oriente Rice"
1 copos de vinho branco seco
1 l de caldo de galinha ou de legumes
Queijo parmesão ralado
2 colheres de sopa de manteiga 

Cebolinho

Pré-aqueça o forno a 200º C. 
Numa travessa de ir ao forno coloque a batata-doce em quartos regada com 2 colheres de sopa de azeite, e temperada de sal, pimenta e noz-moscada. Asse por 30 minutos. Retire e desfaça até ficar em puré e sem grumos, reserve.
Ferva o caldo de legumes num litro de água e reserve.
Num tacho largo adicionar o azeite e a manteiga e de seguida, adicione a cebola bem picada. Mexa e cozinhe por 2-3 minutos até ficar macio, adicione o alho e cozinhe por mais 30 segundos. 

Aumente o lume e adicione os cogumelos e deixe que roguem um pouco e só depois junte o arroz. Cozinhe por cerca de 5 minutos, agite 2-3 vezes até que o arroz fique translúcido e quase dourado. Reduza então o lume e refresque o refogado com o vinho. Agitar até que todo ele seja absorvido. Adicione um pouco do caldo de legumes quente.
Repita o processo, de forma contínua até que o caldo seja todo absorvido e o arroz cozido (levará cerca de 20-25 minutos no máximo).
Uma vez pronto, reduza o lume e misture nele o puré de batata doce reservado e mexa bem até que este fique totalmente absorvido. 

Polvilhar com um pouco de queijo parmesão e uma noz de manteiga, mexa delicadamente e retire do lume.
Sirva de imediato, cobrindo com mais um pouco de queijo, e cebolinho picado.



Beijinhos e Feliz Quarta-feira!

terça-feira, 12 de Fevereiro de 2013

Trufas de Champanhe e Chocolate Branco


Bom dia!
O dia de S. Valentim está quase aí, por isso trago uma receita doce e romântica bem ao jeito do dia dos namorados.



100 g de chocolate branco
40 g de manteiga
40 g de açúcar em pó
50-60 g de biscoitos tipo champanhe
50 ml champanhe branco seco
1/2 colher sumo de lima

Para enrolar as trufas:
Açúcar em pó
50 gramas de chocolate branco ralado

Começar por derreter o chocolate em banho-maria. Adicionar a manteiga, o sumo de limão, o açúcar e o champanhe.
Por fim, adicione os biscoitos triturados até que consiga uma mistura grossa e moldável.
Deixe a mistura arrefecer até à temperatura ambiente. Em seguida tape com película aderente e guarde no frigorífico ou congelador.
Molde 20 bolas de tamanhos iguais e passe-as pelo chocolate branco ralado e o açúcar em pó.
Coloque em forminhas de papel e guarde no frigorífico até à hora de servir.

Garanto-vos que são uma delicia!

Beijinhos e uma FELIZ e animada Terça-feira de Carnaval para todas!

segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2013

Rolinhos Morenos de Canela

Bom dia e FELIZ SEMANA!
A receita docinha que vos trago hoje são estes rolinhos, os miúdos (e graúdos) adoraram e são óptimos para levar numa viagem, um passeio ou até para uma festa.




E por falar em festa, está quase aí o aniversário do blog da Argas "Os Temperos das Argas" que dia 16 comemora 4 aninhos cheios de delicias e partilhas feitas com muito amor.
Ora eu não podia deixar de me juntar também à sua festa daí ter-me lembrado destes rolinhos.
Parabéns amiga Argas e continuação de muito sucesso para o teu blog.









Rolinhos Morenos de Canela


120 ml de leite
50 g de Açúcar Moreno Sores
Meio pacote de fermento biológico seco
1 ovo à temperatura ambiente
250g de farinha
1/2 colher de chá de sal
50g de manteiga sem sal
Arandos secos q.b.


Para o recheio:
50 g de manteiga à temperatura ambiente;
100 g de Açúcar Moreno Sores
Canela em pó q.b.
1 ovo batido para pincelar.

Amorne o leite com uma pitadinha de Açúcar Moreno. Polvilhe o leite com o fermento biológico seco e deixe descansar por 5 minutos, até começar a criar uma espuma.
Numa tigela misture bem o ovo com as 50 g de Açúcar Moreno e junte depois à mistura do leite com o fermento.
Com a ajuda da batedeira e em velocidade baixa, misture a farinha e o sal e depois a mistura do ovo e bata até combinar bem.
Adicione a manteiga e bata até ficar bem incorporado. Unte uma tigela grande com manteiga, passe a massa para essa tigela, cubra com uma toalha ou película aderente e deixe descansar por 1 hora ou até dobrar de tamanho e num local quente e seco.
Unte uma forma para muffins com manteiga. Reserve.
Depois da massa dobrar de tamanho coloque-a numa superfície enfarinhada e estenda-a de forma a ficar rectangular. Cubra-a pincelando toda a superfície da massa com a manteiga e depois com o açúcar moreno, os arandos e polvilhe com bastante canela.
Enrole cuidadosamente pelo lado mais curto como se de uma torta se tratasse e de forma a que fique bem apertadinha.
Corte com a ajuda de uma faca afiada em tiras de 2,5cm de espessura (mais ou menos).
Distribua pelas formas de muffins, cubra de novo e deixe a descansar por meia hora.
Pré-aquecer o forno a 180º.
Pincele os rolinhos com o ovo batido e leve ao forno por 20 minutos,(até crescerem e ficarem douradinhos).Desenforme depois de frios.





BOA SEMANA PARA TODAS, beijinhos doces com amizade!

sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2013

Fatias de Tomar

Confesso que só me atrevi a fazer este doce conventual quando ganhei a bimby.
Feito na forma tradicional obrigava a ter uma panela própria e depois achava sempre que seria muito complicado e difícil de fazer.
A bimby veio facilitar, e de que maneira, na sua preparação e só vos digo: FICAM DELICIOSAS!


20 gemas
Manteiga q.b para untar a forma
1200 g de água
350 g de açúcar
1 pau de canela
Casca de 1 limão

Coloque a "borboleta" no copo da Bimby assim como as gemas e bata 15m/37ºC/Vel.4.
De seguida bata 10m./vel.4. Deite numa forma de bolo inglês previamente untada com a manteiga. Cubra com papel de alumínio, coloque na varoma.
No copo limpo coloque 1000 g de água, a varoma e programe 50m/Varoma/Vel.2. Retire e reserve.

Para a calda:
No copo limpo coloque agora 200g de água, o açúcar, o pau de canela e a casca de limão.
Programe 10m/Varoma/Vel.2.
Desenforme as gemas, corte em fatias e regue com esta calda quente.

Beijinhos e bom fim de semana!

quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2013

Bolachinhas de Gengibre e Canela

Bom dia!
Hoje trago-vos estas deliciosas bolachinhas:





230 g de farinha 
100 g de açúcar
1 ovo
125 g de manteiga fria
1 colher de sopa de gengibre em pó 
1 colher de café de canela


Misture a farinha com o açúcar, o gengibre e a canela. Faça um buraco no meio e deite nele a manteiga e o ovo. Trabalhar a massa com as mãos até obter uma mistura maleável e conseguir formar uma bola. Embrulhe em película transparente e leve ao frigorífico por pelo menos 30 minutos.
Pré-aquecer o forno a 180 °. Deite a massa numa superfície enfarinhada e estender com a ajuda do rolo da massa. Cortar os cookies da forma desejada. 
Pincele-os com clara de ovo e passe por açúcar e leve ao forno  por aproximadamente 20 minutos.



Beijinhos e uma Feliz Quinta-feira!

terça-feira, 5 de Fevereiro de 2013

Sopa de Miúdos de Cabrito à moda de Portalegre

BOM DIA!
E quem das minhas queridas amigas não sabe já de onde sou? Pois claro, da bela cidade de Portalegre. Embora viva à oito anos aqui no grande Porto e antes tenha vivido em Lisboa, em Oeiras mais concretamente. Mas as minhas raízes vivem sempre comigo e não se espantem e nem fiquem chocadas se vos disser que esta sopinha me enche de felicidade...
Quem visitar aquela cidade do Alto Alentejo e entrar num restaurante típico, vai de certeza encontrar na sua ementa esta sopinha reconfortante. 
Aqui fica a minha receita, numa versão um pouco mais simples.






Miúdos de cabrito (eu só usei o fígado e o coração)
2 cebolas e 2 alhos picados
1 colher de sopa bem cheia, de tomate em polpa
Sangue cozido de cabrito
1 colher de sopa de banha
1 colher de sopa de azeite
Cominhos, sal e pimenta q.b.
Fatias de pão alentejano
Água q.b.
Rodelas de 2 laranjas 
2 colheres sopa de vinagre

Refoga-se a cebola e o alho picados nas gorduras (banha e azeite). Logo que começar a tomar cor, junte a polpa de tomate e mexa mais um pouco. Adicione os miúdos cortadinhos e pré temperados de véspera com louro e vinagre. Continua a refogar-se, deitando água aos poucos. 
Depois de bem refogado, adicionam-se o sangue bem esfarelado e a água necessária para a sopa. Tempera-se com sal, pimenta e cominhos a gosto (nos cominhos sou bem generosa).
Quando tudo estiver bem apurado e imediatamente antes de apagar deita-se o vinagre.
Serve-se a sopa bem quente, com finas fatias de pão alentejano e rodelas de laranja.

Beijinhos e uma feliz terça-feira!

segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2013

Bôla de Carnes

Bom dia!
Um dia destes foi a minha querida amiga Mónica que no seu blog nos presenteou com uma Bôla de Carnes.
Eu, influenciada por ela, também fui fazer uma mas numa noutra versão e com uma receita que vou guardar como se guarda um tesouro...Sim porque quem me a deu, o fez com tal generosidade que a recebi como se de algo valioso se tratasse e é de facto pois fica uma bôla deliciosa com uma massa e sabor, perfeitas.
Daí achar, que valia a pena mostrar e partilhar com todas vós. A receita original não revelo mas aqui fica a minha versão depois de a adaptar à bimby. Vou guardar esta receita com muito carinho e amizade no meu coração e agradecer a quem me a deu (ela sabe de quem falo).



3 ovos 1 gema
180 g de margarina
1 chávena de leite (morno)
25g de fermento padeiro
500g de farinha
Sal q.b.
1 ovo para pincelar a Bôla

Amornar o leite e desfazer nele o fermento de padeiro.
Colocar o leite, a margarina e o sal no copo e programar 1 m/50º/vel. 2.
Deitar os ovos previamente batidos e programar 30 s/vel.3.
Quando terminar, junte a farinha e programe 20 segundos, vel. 6.
De seguida, programar 2 m/vel espiga.
Deixe que a massa repouse e cresça um pouco. Dividir a massa em duas partes iguais.
Deitar numa forma rectangular metade da massa e por cima colocar as carnes escolhidas (eu usei bacon, fiambre e chouriço de porco preto Alentejano), cobrir com a restante massa.
Pincelar com ovo batido e levar ao forno a 180º C. por 35/40 minutos.




Beijinhos com amizade e desejos de que tenham uma excelente semana!

sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2013

Rebuçados de Ovos de Portalegre

Parte da minha infância e adolescência, quando vivi em Portalegre e onde nasci também, fui vizinha de umas senhoras ainda hoje famosas em Portalegre (e não só), por terem umas mãos para os doces como ninguém. Eram as manas Cardoso dedicadas em especial aos doces conventuais e quem ali vive, sabe muito bem de quem falo e de como o que estou a dizer é verdade.
Das mãos delas saíam doces magníficos como as tartes de amêndoa, o manjar branco, a lampreia de ovos, os doces de amêndoa e os rebuçados de ovos como estes que venho partilhar hoje com vocês e imaginem o que é acordar todos os dias com o cheirinho delicioso vindo da cozinha delas...
 Quando ia lá buscar os bolos que a minha mãe lhes encomendava, não resistia a surripiar- lhes um rebuçado destes e ainda hoje os aprecio imenso.
Aqui fica a receita que adaptei à bimby:


200 g de açúcar
80 g de água
8 gemas de ovo
Açúcar em pó para envolver as bolas

Para o vidrado:
500 g de açúcar
160 g de água
1 c. sopa de sumo de limão

Na Bimby:
Coloque no copo o açúcar e a água e programe 15m./Varoma/Vel. 1.
Retire a capa protectora das gemas passando-as por um passador de rede fina e reserve.
Programe, sem o copo de medida, 6 min./Varoma/Vel.2. e adicione aos poucos as gemas através do bocal da tampa. Retire e reserve no frigorífico até que ganhe consistência (12 horas).
Molde depois pequenas bolas e passe-as por açúcar em pó, reserve.
Prepare o vidrado colocando todos os ingredientes numa frigideira anti-aderente e leve ao lume até atingir um ponto de caramelo muito claro. Retire de imediato e, com a ajuda de um garfo, passe as bolinhas pelo caramelo e deixe que arrefeçam sobre papel vegetal.

Tradicional:
Leva-se ao lume o açúcar com a água até atingir o ponto elevado (pouco depois de ferver e quando está a 106º).
Retira-se do lume e deixa-se arrefecer. Colocam-se então as gemas devagar e mexendo sempre para não cozerem. Leva-se ao lume e continua a mexer-se até engrossar o suficiente para obter uma pasta de ovos.
Unta-se uma superfície de mármore e as mãos com óleo e moldamos bolinhas com o preparado e envolver cada uma em açúcar em pó.
Para finalizar, faça o vidrado conforme indicado acima, assim como os passos seguintes.

Pode no fim, embrulhar em papel de seda ou papel vegetal e oferecer a quem mais gosta!

Beijinhos e fiquem bem!