Pin It button on image hover

Fatias de Tomar

Confesso que só me atrevi a fazer este doce conventual quando ganhei a bimby.
Feito na forma tradicional obrigava a ter uma panela própria e depois achava sempre que seria muito complicado e difícil de fazer.
A bimby veio facilitar, e de que maneira, na sua preparação e só vos digo: FICAM DELICIOSAS!


20 gemas
Manteiga q.b para untar a forma
1200 g de água
350 g de açúcar
1 pau de canela
Casca de 1 limão

Coloque a "borboleta" no copo da Bimby assim como as gemas e bata 15m/37ºC/Vel.4.
De seguida bata 10m./vel.4. Deite numa forma de bolo inglês previamente untada com a manteiga. Cubra com papel de alumínio, coloque na varoma.
No copo limpo coloque 1000 g de água, a varoma e programe 50m/Varoma/Vel.2. Retire e reserve.

Para a calda:
No copo limpo coloque agora 200g de água, o açúcar, o pau de canela e a casca de limão.
Programe 10m/Varoma/Vel.2.
Desenforme as gemas, corte em fatias e regue com esta calda quente.

Beijinhos e bom fim de semana!

Bolachinhas de Gengibre e Canela

Bom dia!
Hoje trago-vos estas deliciosas bolachinhas:





230 g de farinha 
100 g de açúcar
1 ovo
125 g de manteiga fria
1 colher de sopa de gengibre em pó 
1 colher de café de canela


Misture a farinha com o açúcar, o gengibre e a canela. Faça um buraco no meio e deite nele a manteiga e o ovo. Trabalhar a massa com as mãos até obter uma mistura maleável e conseguir formar uma bola. Embrulhe em película transparente e leve ao frigorífico por pelo menos 30 minutos.
Pré-aquecer o forno a 180 °. Deite a massa numa superfície enfarinhada e estender com a ajuda do rolo da massa. Cortar os cookies da forma desejada. 
Pincele-os com clara de ovo e passe por açúcar e leve ao forno  por aproximadamente 20 minutos.



Beijinhos e uma Feliz Quinta-feira!

Sopa de Miúdos de Cabrito à moda de Portalegre

BOM DIA!
E quem das minhas queridas amigas não sabe já de onde sou? Pois claro, da bela cidade de Portalegre. Embora viva à oito anos aqui no grande Porto e antes tenha vivido em Lisboa, em Oeiras mais concretamente. Mas as minhas raízes vivem sempre comigo e não se espantem e nem fiquem chocadas se vos disser que esta sopinha me enche de felicidade...
Quem visitar aquela cidade do Alto Alentejo e entrar num restaurante típico, vai de certeza encontrar na sua ementa esta sopinha reconfortante. 
Aqui fica a minha receita, numa versão um pouco mais simples.






Miúdos de cabrito (eu só usei o fígado e o coração)
2 cebolas e 2 alhos picados
1 colher de sopa bem cheia, de tomate em polpa
Sangue cozido de cabrito
1 colher de sopa de banha
1 colher de sopa de azeite
Cominhos, sal e pimenta q.b.
Fatias de pão alentejano
Água q.b.
Rodelas de 2 laranjas 
2 colheres sopa de vinagre

Refoga-se a cebola e o alho picados nas gorduras (banha e azeite). Logo que começar a tomar cor, junte a polpa de tomate e mexa mais um pouco. Adicione os miúdos cortadinhos e pré temperados de véspera com louro e vinagre. Continua a refogar-se, deitando água aos poucos. 
Depois de bem refogado, adicionam-se o sangue bem esfarelado e a água necessária para a sopa. Tempera-se com sal, pimenta e cominhos a gosto (nos cominhos sou bem generosa).
Quando tudo estiver bem apurado e imediatamente antes de apagar deita-se o vinagre.
Serve-se a sopa bem quente, com finas fatias de pão alentejano e rodelas de laranja.

Beijinhos e uma feliz terça-feira!

Bôla de Carnes

Bom dia!
Um dia destes foi a minha querida amiga Mónica que no seu blog nos presenteou com uma Bôla de Carnes.
Eu, influenciada por ela, também fui fazer uma mas numa noutra versão e com uma receita que vou guardar como se guarda um tesouro...Sim porque quem me a deu, o fez com tal generosidade que a recebi como se de algo valioso se tratasse e é de facto pois fica uma bôla deliciosa com uma massa e sabor, perfeitas.
Daí achar, que valia a pena mostrar e partilhar com todas vós. A receita original não revelo mas aqui fica a minha versão depois de a adaptar à bimby. Vou guardar esta receita com muito carinho e amizade no meu coração e agradecer a quem me a deu (ela sabe de quem falo).



3 ovos 1 gema
180 g de margarina
1 chávena de leite (morno)
25g de fermento padeiro
500g de farinha
Sal q.b.
1 ovo para pincelar a Bôla

Amornar o leite e desfazer nele o fermento de padeiro.
Colocar o leite, a margarina e o sal no copo e programar 1 m/50º/vel. 2.
Deitar os ovos previamente batidos e programar 30 s/vel.3.
Quando terminar, junte a farinha e programe 20 segundos, vel. 6.
De seguida, programar 2 m/vel espiga.
Deixe que a massa repouse e cresça um pouco. Dividir a massa em duas partes iguais.
Deitar numa forma rectangular metade da massa e por cima colocar as carnes escolhidas (eu usei bacon, fiambre e chouriço de porco preto Alentejano), cobrir com a restante massa.
Pincelar com ovo batido e levar ao forno a 180º C. por 35/40 minutos.




Beijinhos com amizade e desejos de que tenham uma excelente semana!