Pin It button on image hover

Dia do lançamento do meu livro: Alentejo aqui vou eu!

 

E aqui vou eu a caminho do meu Alentejo para promover o meu livro.
Desejem-me sorte que eu não estou acostumada a estas coisas mas espero hoje, estar à altura e ter um dia em grande junto da família e amigos.
Obrigada pelo apoio e carinho que tenho recebido de vós e por todas/os que já compraram ou vão comprar o meu livro.
Beijinho bom fim de semana e na segunda cá estarei para vos contar as novidades!

Bolo Brigadeirão para um aniversário

Hoje, dia de Santo António, comemora-se também aqui em casa o aniversário do filho mais velho o André. O tempo passa tão rápido e já lá vão 22 anos.
Pediu um brigadeirão e aqui a mãe fez-lhe a vontade e aqui está ele, feito com muito amor e carinho e tenho a certeza que em cada fatia vai receber um pouco de felicidade, aquela que eu lhe desejo, junto com tudo o que de bom a vida lhe possa dar...
Parabéns meu filhote, amo-te muito!





5 ovos
180 g de açúcar amarelo
200 g de farinha
100 g de maizena
250 g de leite
80 g de cacau em pó
200 g de manteiga
1 c. chá de fermento

Recheio e Cobertura:
Rolinhos de Cacau
2 latas de leite condensado cozido
100 g de chocolate em pó
30 g de manteiga
Granulado ou rolinhos de cacau para a decoração do bolo (usei o da Vahiné)






Na Bimby :
Coloca-se a borboleta e batem-se as claras em castelo com uma pitada de sal, programando 6 min/ vel. 3 1/2. Retire e reserve.
Retire do copo a borboleta e coloque o açúcar, as gemas e a manteiga. Ligar 3 min/ vel 3.
Adicionar o cacau em pó peneirado com as farinhas e o fermento, o chocolate, uma pitada de sal e o leite. Programar 20seg/ vel 3.
Retire o preparado para uma tigela e envolva delicadamente as claras em castelo.
Deitar na forma (usei de silicone) e levar ao forno pré-aquecido a 180º, por 30 a 35 minutos.


Entretanto façam o recheio e cobertura colocando todos os ingredientes no copo e programar 20 min./ 100º/ vel. 4.
Retira-se  e deixa-se arrefecer. Corte o bolo, depois de arrefecido, na diagonal e rechear com metade do creme, cubra com a outra metade e barrar o bolo com o restante.
Decore com granulado de chocolate da Vahiné.

Receita adaptada daqui

Semi-Frio de Maracujá


Bom dia!
Por aqui vou indo amigas, não tão feliz como queria estar e nem tão entusiasmada como devia andar, pois estou a poucos dias da apresentação do meu livro.
Mas, na verdade vivemos neste momento uns dias em baixo, de angustia e sem ânimo, outros cheia de força e garra para enfrentar mais um desafio na minha (nossa) vida.
Desde que descobrimos que o nosso Joãozinho era autista, que os dias deixaram de ser iguais e não é fácil enfrentar esse diagnóstico mas a verdade é que quanto mais cedo aceitarmos e enfrentarmos essa realidade mais fácil é levar as coisas com calma e a serenidade que é agora tão precisa para bem dele e nosso.
Espera-nos uma longa caminhada e mais uma vez preciso de ter força,  e levar avante o meu esprito positivo, não ir abaixo e agarrar-me ao que tenho de mais precioso a minha família e por ela fazer o melhor, dar tudo e amar ainda mais (se é que é possível) este filho e fazer por ele tudo o que estiver ao nosso alcance. Mas confesso que é difícil por vezes não quebrarmos, não desanimarmos pois as ajudas são poucas, a indiferença, falta de compreensão e o estigma social está nestas alturas muito presente...

 Mas deixemos as coisas menos boas e passemos para algo doce para adoçar a vida, sim que se vocês me conhecem bem, tento levar tudo com fé e garra e se já passei por outras coisas menos boas e as enfrentei e superei, esta não será diferente e o meu filhote, o meu tesouro, o meu anjo caído do céu mais que merece...
Sendo assim passo a mais uma receita que vos deixo com carinho:






























1 pacote de natas
2 embalagens de gelatina de maracujá (usei da Royal)
90 g de Açúcar em Pó
1 lata de polpa de Maracujá
1 iogurte grego
1 lata pequena de leite condensado
100 g de corn flakes
5 a 6 bolachas de aveia
100 g de manteiga


Comece por fazer as gelatinas conforme a instrução das embalagens, deixe que arrefeça.
Coloque no copo da bimby o açúcar, os corn flakes e as bolachas de aveia e triture 20 seg. na Vel.4.
Junte a manteiga e programar mais 15 seg. na Vel.4. Retire, e forre o fundo da tarteira com essa massa, de modo a ficar uniforme. Reserve no frigorífico.
Coloque no copo, o iogurte, a polpa de maracujá sem as sementes (reserve alguma para a decoração mas aí deixei com as sementes), as natas e o leite condensado e bater 2 min. na Vel 3. Por fim junte a gelatina reservada e envolver uns segundos.
Deite este preparado sobre a base e leve ao frigorífico por pelo menos 4 horas antes de servir.
Decore com um pouco da polpa de maracujá reservada.




Mais uma vez relembro que o meu livrinho já está à venda em todas as livrarias, Fnac, Bertrand, wook  e grandes superfícies.
É para mim também importante dizer-vos que tudo o que com ele ganhar, reverte para as terapias, consultas e medicação do João pois são caras e neste país as ajudas são tão poucas e com a crise que vivemos e os tempos tão difíceis, toda a ajuda é necessária. 
Obrigada por isso a todas que desde já o adquiram ou queiram adquirir.
Beijinhos!

O convite para o showcooking e lançamento do meu livro!

Tem sido uma alegria ver o meu livro nas montras das livrarias e ver já pessoas a folheá-lo enquanto sorriem e se deliciam com ele mas vem agora outro acontecimento muito importante, o lançamento oficial.
Podia ter escolhido o Porto (cidade onde vivo), ou Lisboa onde vivi alguns anos mas, para o lançamento do meu livro, tinha de ir até ás minhas raízes, estar junto e rodeada da família e amigos e por isso Portalegre foi a cidade escolhida por mim. 
Fica o convite para quem possa e queira ir até lá.
Conto com todas vós e a vossa presença, essa sim seria o melhor de tudo neste dia tão especial e nada me daria mais felicidade do que vos conhecer e poder dar um beijinho!