Pin It button on image hover

Sopa Dourada

Um doce regional, era o que pediam para a 11ª edição do Dia Um...Na Cozinha! 
Eu escolhi um doce conventual, típico do Convento de Santa Clara e que se come um pouco por todo o pais.
A sopa dourada é, por exemplo, um dos doces mais populares na mesa de Natal em Portugal, sendo mesmo indispensável, na região norte. Já a receita, varia consoante a localidade onde é confeccionada – há regiões onde é feita com fatias de pão duro e outras, onde utilizam o também ele famoso, pão de ló e que servem de base, à confecção deste doce.

" Convento de Santa Clara, Que vulto fazes no ar. Que aos marinheiros no Mar, Deitas "pelo sinal"!
E o Sol desmaia na cal, da capela a branquejar, da Senhora do socorro, onde um dia sonhei me ir casar"

José Régio 

Apesar da quantidade de gemas e de amêndoas que leva é também ao mesmo tempo, uma excelente forma de fazer aproveitamento de sobras de pão que possam ter em casa.

Aqui fica a minha receita da Sopa Dourada do Convento de Santa Clara 





1 fatia de pão duro (usei Alentejano) cortados aos cubinhos
1 c. sopa de manteiga
150 g de amêndoa ralada
1 colher de sopa de doce de Gila
250 g de açúcar
250 g de agua
8 gemas de ovos





Coloque no copo da Bimby, a manteiga e os cubos de pão e salteie programando 15 min./Varoma/ Rotação inversa/Vel. Colher. Reire e reserve.
Coloque depois no copo limpo o açúcar e  a agua  e programar 18 min/Varoma/Vel.3.
Junte o pão frio, o doce de gila e a amêndoa ralada e programe 10 seg./ Velocidade Colher Inversa. 
Deixe arrefecer ate aos 60 º e depois, sem o copo medida, junte as gemas em fio pelo bucal, programando 5min/100º/Velocidade Colher Inversa. 
Retire e deite numa travessa de barro ou outra e sirva, ou polvilhado de canela ou com lascas de amêndoa, para dar mais crocância ao doce.



 Beijinhos e boa semana!

24 comentários:

  1. Eu estive para fazer esta receita mas, fica para outra ocasião, adorei Mariana.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Que sopa mais gulosa. Ficou linda!

    Bjs.
    Paula

    ResponderEliminar
  3. Conheço mas nunca comi.
    Ficou com um aspecto delicioso
    bj

    ResponderEliminar
  4. Esta é daquelas coisas que todos nós desejávamos que tivesse exatamente as mesmas calorias que um pratinho de sopa para podermos comer, e comer, e comer :) Que maravilha Mariana!! Excelente escolha e que booommmm aspeto :)
    Beijinhos
    Vânia

    ResponderEliminar
  5. Ai como eu adoro sopa dourada!!
    Fiquei com água na boca!
    Está linda!

    Bjs

    Lua

    ResponderEliminar
  6. agora já vi esta sopinha dourada e está deliciosamente perfeita ando para a experimentar há imenso tempo, será desta?!
    è realmente uma forma mais que saborosa de aproveitar pãozinho
    Parabéns pela participação.
    Bjns
    Isabel

    ResponderEliminar
  7. Olá Mariana
    Nunca comi sopa dourada mas pelo aspeto isso é uma verdadeira perdição :-D
    Beijokas

    ResponderEliminar
  8. Xiiii esse é daqueles doces perigosos a partir da primeira colherada....
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  9. Já fiz, mas com pão de ló, ou seja, a versão que conheço é ainda mais calórica! ;)
    Ficou com um aspecto delicioso, comia já umas colheradas dessa sopinha! :)

    ResponderEliminar
  10. Que tentação, Mariana! Que bela maneira de aproveitar pão e comer uma sopinha ;) Nunca provei mas tem o que eu gosto, adoro a combinação da canela com os ovos.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Que bommmm.. a primeira vez que comi sopa dourada achei que os senhores do restaurante eram forretas porque a dose era minima... depois de comer a primeira colher percebi porque era uma dose assim.... é muitooooo potente..hehehehe mas deliciosaaaaaaaaaaaa.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Esta sopa não me importo de comer! Que delícia!

    ResponderEliminar
  13. É das minhas sobremesas preferidas!
    Adoro Mariana :)
    Ficou um encanto!
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  14. Está deslumbrante! Da cor do ouro, com sabor delicioso! Ovo, amêndoa e gila, que mais podíamos desejar?
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Um doce que sabe a Natal... adoro, é daqueles doces irresistíveis! Ficou maravilhosa, uma cor vibrante!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Um Doce Conventual que sobreviveu aos tempos!
    Por essa altura, séc. XI, os Reis de Portugal concediam anualmente aos Conventos onde habitavam as suas irmãs ou primas, grandes quantidades de açúcar. Assim, com os ovos que produziam, era fácil às Freiras criarem receitas inigualáveis, só acessíveis à bolsa de nobres ou de pessoas ricas.
    Felizmente, nos dias de hoje, já se "democratizaram" e podem ser provados por quase toda a gente. Uma boa participação no DIA 1 NA COZINHA. Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  17. Ola Mariana


    É um doce que nunca comi mas que tem um aspeto delicioso sem duvida nenhuma.... ainda tens um pratinho a mais?

    Beijocas

    Margarida

    ResponderEliminar
  18. Olá Mariana!
    Esta sopa ninguém rejeitaria! Boa receita e o aspecto ficou lindo.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  19. Nunca tinha ouvido falar! Parece bom :)

    ResponderEliminar
  20. Olá Mariana!
    Finalmente consegui chegar à tua cozinha e deliciar-me com o teu doce. E que linda que ficou esta sopa dourada que eu já tantas vezes ouvi falar mas nunca provei. Devo andar a perder uma iguaria daquelas, pois o aspecto e alista de ingredientes não enganam nem um bocadinho. Mais uma maravilha que sai desta cozinha. ;)
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  21. Nunca provei, mas tenho a certeza que iria adorar.
    Mais uma iguaria fantástica neste desfile cheio de tentações.
    Beijinhos

    Sílvia
    http://bocadinhosdeacucar.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  22. Já me tenho encontrado com este doce em livros e revistas.. Deve ser delicioso. Este ficou mesmo com bom aspecto.

    Beijinhos,
    Raquel
    http://amor-as-camadas.blogspot.pt

    ResponderEliminar