Pin It button on image hover

PASSATEMPO TEKABlog – O melhor blog do país!

Tens um blog de culinária? És apaixonada/o por cozinha e partilhas os teus pratos, com dezenas de seguidores? Então concorre! Quem sabe o teu não será o melhor blog de culinária em Portugal!


A TEKA
Portugal esta a lançar a todos os Blogs portugueses, este belo desafio.
O concurso terá três fases de apuramento e um desafio final, onde estarão os três melhores bloggers. 
O vencedor ganhará um vale de 500€ em produtos TEKA!

Do que estão a espera?
Para concorrer, só terás de enviar uma mensagem com os 
teus dados, o link do teu blog, uma receita com fotografia e partilhar o passatempo no blog.
Sigam este link para participarem Teka Portugal
E consultem o regulamento aqui:  TekaBlog

Tacinhas deTiramisu Rápidas


Querem uma sobremesa super rápida e que vai resultar muito bem? Pois aqui fica este Tiramisu, porque não podia ir embora de fim de semana, sem vos deixar algo bem docinho. Espero que gostem da sugestão...















<













6 gemas
180 g de açúcar
1 colher de chá de essência de baunilha
300 g queijo mascarpone
1 pacote de natas 
1 embalagem de palitos de champanhe
120 ml de café expresso, frio
40 ml de licor de café
1 colher de sopa de cacau em pó amargo


Ferva uma chávena de café e deixe que arrefeça. Adicione depois o licor e reserve.
Bata as gemas com o açúcar, em banho maria por cerca de 10 minutos e mexendo constantemente. Assim que o açúcar estiver bem dissolvido, e a mistura espessa misture a baunilha e o mascarpone e mexa de novo.
Por fim misture as natas previamente batidas.
Mergulhe os palitos no café já frio e forrar ou o fundo de uma travessa ou de pequenas taças, onde vai servir o doce. Coloque o creme por cima de seguida, novamente palitos, creme e assim sucessivamene. Termine com o creme. Levar ao figorifico por pelo menos 2 horas.
Antes de servir, polvilhe com o cacau em pó. Depois e só deliciarem-se...





Beijinhos!


Bochechas de Tamboril em molho de Caril e Açafrão






























As bochechas de tamboril são de facto deliciosas e neste prato, souberam maravilhosamente bem. Aconselho-vos  a experimentar. 

Azeite q.b.
1 cebola
3 dentes de alho
1 colher de chá de açafrão da Índia
1 colher de chá de caril
1 colher de chá de paprika
Sal a gosto
3 colheres de sopa de vinho branco
1 embalagem de Bochechas de tamboril da Lusomar
1 lata pequena de leite de coco
1 ramo de tomilho

Num tacho largo, faça um refogado com a cebola e os dentes de alho, picados.

Assim que alourarem junte o vinho branco para refrescar. Quando ferver junte todos os temperos.
Deixe apurar, rectifique o sal e junte depois as bochechas de tamboril.
Assim que o peixe estiver tenro, junte o leite de coco até engrossar um pouco o caldo.
Sirva com arroz branco e enfeite com tomilho.


Beijinho a todas/os e BOM FIM DE SEMANA!

Corações de Canela

Adoro estes pães, conhecidos na Suécia como "kanelbullar" e com direito vejam só, a celebração, mais propriamente a 4 de Outubro.
Sempre que vou ao Ikea, não resisto a provar um, mas aqui fica a receita que utilizo em casa e que é muito parecida com a deles, digo eu, mas sou suspeita hehehe.


Massa:
300 ml de leite morno
1/2 colher de chá, de sementes de cardamomo moídas (usei as da Margão)
50g de fermento fresco
1 1/2 chávena de açúcar granulado
1/2 colher de chá de sal
80 g de manteiga amolecida
600 g de farinha
1 Ovo

Recheio:
200g de manteiga amolecida
1/2 colher de chá de sementes de cardamomo, moídas
1 chávena de açúcar de coco (usei o da Loja vegetariana)
1-2 colheres de sopa, de canela

Esmague as sementes de cardamomo finamente, num almofariz e reserve.
Numa tigela, misture a manteiga com o leite morno e adicione o fermento esfarelado , misturando ao de leve. Adicione aos poucos os restantes ingredientes, até obter uma massa homogénea e consistente e deixe a repousar até crescer, cerca de 30 minutos.
Após esse tempo, amasse levemente sobre uma superfície plana e enfarinhada. Estenda a massa com a ajuda de um rolo dando a forma rectangular. Espalhe a manteiga sobre a massa e polvilhe com o açúcar de coco misturado com as sementes de cardamomo trituradas e polvilhe com a canela.
Enrola-se depois cada extremidade da massa para dentro, até se unirem ao centro.
Corte em pequenas fatias e dê a forma de coração, achatando um pouco a massa na ponta (como se vê na foto).

 





















Deixe descansar mais 30 minutos coberto com um pano limpo.
Pré aqueça o forno a 220 °.
Pincele os pães com ovo batido e coza-os na prateleira a meio do forno, por cerca de 10 minutos.



Uma Receita para a Felicidade na Cosmopolitan de Abril

Quando a revista Cosmopolitan me contactou a pedir uma receita para uma das suas edições, fiquei completamente de boca aberta. 
Porquê eu?- questionei. 
Ao que me responderam: -E porque não?
Nem imaginam a minha alegria, pois sempre é uma experiência diferente e foi mesmo um prazer fazer parte desta edição de Abril.
Espero que comprem pois já está nas bancas!

Aqui estou eu ao lado de duas grandes senhoras
 a Lucia e a Isabel Zibaia


Pediram-me então, uma receita que fosse simples, rápida de preparar e ao mesmo tempo saudável.
Esta é uma receita que faço imensas vezes e faz sempre um brilharete pois, embora nada tenha de complicada (talvez seja esse o segredo),  é deliciosa e agrada sempre a todos.


Salada de Feijão Verde e Courgete com Ovos Mexidos

600 g de feijão verde
1 courgete pequena
1 colher de sopa de sal
1 colher de sopa de bicarbonato de sódio
3 ovos
Sal e pimenta q.b.
Cebolinho para enfeitar


Lave o feijão verde, remova as pontas e corte em tiras finas. Faça o mesmo à courgete e reserve.
Leve uma panela ao lume com água suficiente para cozer o feijão e a courgete. Assim que ferver deite o sal e o bicarbonato e só depois o feijão verde. Deixe cozer por 7 a 8 minutos.
A meio da cozedura junte a courgete.
Entretanto faça os ovos mexidos como costuma fazer normalmente.
Escorra bem os legumes e coloque-os em monte, no prato onde vai servir. À volta e por cima coloque os ovos.
Sirva enfeitado com cebolinho a gosto.




Souflé de Bacalhau

Confesso que nem sempre me saio bem, mas ultimamente, os souflés têm-me saído perfeitos.
Adoro este prato e alem disso podem variar nos ingredientes...



Lusomar
Visitem a pagina oficial da
Lusomar aqui
200 g de bacalhau cozido, usei as badanas de bacalhau da Lusomar
60 g de margarina
60 g de farinha
4 dl de leite quente
4 ovos
4 c. de sopa, de queijo Emmental ralado
Sal, pimenta e noz moscada, a gosto






Retire as espinhas e as peles e ponha o bacalhau num pano grosso. De seguida, esfregue bem o bacalhau, sempre dentro do pano, de modo a ficar em fios.
Leve um tacho ao lume com a manteiga, junte depois a farinha e deixe cozer uns instantes. Junte o leite mexendo sempre com a ajuda de um fouet, para que não ganhe grumos. Assim que o molho engrossar, retire do lume.
Junte o bacalhau, tempere de sal, pimenta e noz moscada e junte as gemas e o queijo Emmental ralado, envolvendo bem.
À parte, bata as claras em castelo firme e, delicadamente, junte-as ao preparado de peixe.
Deite num pirex alto, untado com margarina.
Leve ao forno, previamente aquecido a cerca de 200º, por cerca de 20 a 25 minutos.
Sirva de imediato, acompanhando com uma rica salada a seu gosto.