Pin It button on image hover

Risotto de Espargos com Camarão Grelhado

































300 g de camarão congelado
150 g. de Arroz para risotto (usei carnaroli)
1 molho de espargos
100 ml de vinho branco
1l de caldo vegetal Santiveri
2 cebolas
1 dente de alho
Azeite e manteiga q.b.
Queijo parmesão, em lascas
Sal e pimenta moída
Poejos frescos, picados grosseiramente



Lave bem os espargos e corte-os, retirando a parte mais dura e reservando o mais tenro.
A parte mais tenra, divida ao meio e reserve as pontas, o restante corte em pedacinhos.
Coloque um litro de água a ferver e junte o caldo vegetal.
Numa frigideira anti-aderente, deite um pouco de manteiga e grelhe o camarão descascado, deixando a casca apenas nas pontas.
Assim que dourarem e ganharam um tom rosa, retire. Grelhe agora as pontas dos espargos reservados.


Descasque e corte a cebola muito fina, leve ao lume com um pouco de azeite e manteiga até ficar bem douradinha e só depois junte os alhos picados a dourar ligeiramente assim como os espargos, em pedaços pequenos. Frite um pouco e junte o arroz, agitando o tacho e deite o vinho sobre ele.
Assim que este, tiver sido absorvido na totalidade, junte o caldo de legumes, pouco de cada vez e agitando o tacho de vez em quando e assim sucessivamente até o arroz estar cozido e cremoso.

Quando estiver quase no ponto, junte um pouco de manteiga e queijo parmesão e rectifique de sal.
Decore com as pontas de espargos e o camarão grelhado e os poejos picados.


Beijinho e bom fim de semana!

Salada Simples de Favas com Bifinhos de Frango

Tinha uns bifinhos de frango que sobraram da refeição anterior e, a olhar para mim, um punhado de favas, à espera de lhes dar uso e assim resultou esta salada, que me soube pela vida...


300 g de favas, frescas ou congeladas
2 bifes de frango desfiados (sobras)
1 c. de chá de mostarda de dijon
2 c. chá de vinagre balsamico
3 c. de sopa mal cheias de óleo de linhaça (usei da sovex)
Sal q.b.
Folhas de Hortelã




Coza as favas até que fiquem tenras e a seu gosto e depois escorra-as.
Desfie os bifes de frango (eu usei sobras do dia anterior) para uma tigela, junte as favas já frias e alguma hortelã picada.
Bata a mostarda com o vinagre, o óleo de linhaça e o sal e agite bem.
Regue a salada com este molho e sirva com mais folhas de hortelã por cima.

Uma delicia!

Ovos Cocotte


Podem ser sempre uma surpresa estes ovos cocotte. 
Alterem os temperos, adicionem mais uns quantos ingredientes mas uma coisa é garantida, ficam sempre deliciosos...






6 ovos
100g de Crème Fraîche
Sal e pimenta rosa moída do Aromas Especiarias
1 pitada de noz-moscada
1 pitada de endro seco
Raminhos de Tomilho-limão


Pré-aqueça o forno a 190°.
Encha uma chávena pela metade, com o crème fraîche.
Tempere de sal, pimenta rosa e uma pitada de noz-moscada.
Polvilhe com endro seco ou fresco.
Quebre um ovo para dentro e de seguida, mais um pouco de crème fraîche.
Polvilhe com mais uma pitada de sal, pimenta, noz-moscada e endro seco.
Leve ao forno, por cerca de 15/18 minutos, num tabuleiro com água, de modo a atingir metade das chávenas.




Se gostarem, experimentem servir com filetes de biqueirão ou anchovas, e com mais uns raminhos de tomilho-limão, em cada chávena. Acompanhar com tostas.

Rabanadas de Forno com Recheio de Banana e Requeijão

Adoro rabanadas, mas fujo delas por ser um frito, o que evito a todo o custo, a não ser numa ocasião ou outra.
Estas são feitas no forno e, embora diferentes, são deliciosas.
Acompanhem com um batido de frutas ao vosso pequeno-almoço e vão ver se o dia não tem tudo para correr da melhor maneira...



6 fatias de pão de forma brioche
2 bananas maduras, amassadas
4 c. de sopa de requeijão (usei Tété )
2 c. de sopa de crème fraíche
2 ovos
80 ml de leite
1 colher de chá de aroma de baunilha
2 colheres de açúcar
Canela a gosto
Maple Syrup ou mel



Pré aqueça o forno a 220º.
Unte e forre uma assadeira com papel vegetal e reserve.



Numa tigela, misture as bananas esmagadas (reservando algumas rodelas para a decoração) com as natas e o requeijão, até misturar bem.
Entre cada fatia de pão espalhe este creme.
Bata os ovos com o leite, a baunilha, açúcar e a canela.
Mergulhe as fatias de pão na mistura de ovos, e de seguida, coloque-as na assadeira.
Leve ao forno a dourar por 5-6 minutos.
Vire as fatias, e asse por mais 5-6 minutos ou até dourar.

Retire do forno, e sirva enquanto quente, com o maple syrup ou mel e mais rodelas de banana.

Limonada de Maracujá-Banana e Gengibre

Ontem fez um calor enorme aqui pelo Porto e, sendo dia da mãe, houve direito a lanche especial e com bolinho (post anterior).
Para o acompanhar, exigia-se algo fresquinho e nada melhor que uma limonada com o mesmo fruto do bolo e que me surgiu muito por culpa, de um carregamento de Maracujás- Banana que me ofereceram.

Já conhecem, ou tinham ouvido falar neste fruto?


Nomes comuns: Maracujá-banana (Banana Passionflower), Curuba (Colômbia e Bolívia), Parcha (Venezuela)
Origem da planta: Venezuela, Colombia, Peru
Família: Passifloraceae
Dificuldade de germinação: Fácil
Tempo de germinação: 7 a 20 dias
Taxa de germinação: 90%
Altura da planta: até 50 cm




Esta variedade de maracujá, é originária dos vales e montanhas dos Andes, desde o Peru até a Colômbia.
São muito aromáticos e com um sabor muito agradável.
Podem conservar-se por vários dias após a colheita e consumidos ao natural ou transformados em doces, sumos, sobremesas, etc.
Eu tenho-os comido sobretudo ao natural, são viciantes...


...mas esta limonada, onde as utilizei também, ficou deliciosa, experimentem!





120g de açúcar
400ml de água
1 Pedaço de gengibre, em fatias
Polpa e sementes de 3 bananas-maracujá
Sumo e raspas de 2 limões
Gasosa de Limão ou água com gás
Folhas de hortelã fresca
Rodelas de limão



Para fazer a calda, leve o açúcar e a água ao lume para que ferva e o açúcar se dissolva.
Adicione a polpa das bananas-maracujá, as fatias finas de gengibre e o sumo e raspa dos limões.
Retire do lume e deixe arrefecer.
Para servir, coloque a calda num jarro, gelo a gosto e a gasosa ou água com gás. 
Adicionar as folhas de hortelã e rodelas de limão e sirva de imediato


Como alternativa, misturem todos os ingredientes e ainda um pouco de rum e poderão desta forma, obter um delicioso cocktail.

Bolo de Maracujá com Ganache de Chocolate Branco e Maracujá /Especial Dia da Mãe

Este foi o bolo por mim escolhido, para festejar o dia da mãe junto dos meus 4 filhos e marido.
Mas o Martim, como sempre, fez questão de querer ser ele a decora-lo!
Fez as delicias de todos, e o dia tem sido perfeito e o mais doce possível!
Obrigada filhotes pelo lindo dia que me estão a proporcionar e proporcionam, não só  hoje, mas todos os dias!



Bolo
200 g de manteiga sem sal, amolecida
200 g de açúcar
4 ovos grandes, em temperatura ambiente
Raspa de um limão
300 g de farinha com fermento
1 c. de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de sal
1 chávena de polpa de maracujá, sem sementes


Pré-aqueça o forno a 180 º C. Unte e enfarinhe uma forma. Reserve.
Numa tigela, bata a manteiga e o açúcar. De seguida, adicione a raspa de limão e os ovos, um de cada vez, batendo bem após cada adição.
Peneire a farinha, o fermento e o sal juntos e adicione à mistura de ovos, alternando com a polpa de maracujá.
Despeje o creme na forma e leve ao forno por 40/45 minutos ou até que um palito, inserido no centro, saia limpo.
Cubra com o *ganache, após o bolo arrefecer completamente. 


*Ganache
200 g de chocolate branco
1 lata pequena de polpa de maracujá, sem sementes
30 g de manteiga

Derreta o chocolate branco em banho-maria e de seguida, junte a polpa de maracujá e a manteiga.
Mexa bem, de modo a conseguir uma mistura bem cremosa e homogénea.
Reserve no frigorífico por algumas horas.


Beijinho e bom resto de domingo para todas vós, 
mães ou não!