Pin It button on image hover

Ovos no Forno em Molho de Natas e Espinafres


Nem imaginam, o quanto eu gosto deste prato. Bem sei que as natas o tornam um pouco calórico, mas é tão delicioso, que nunca resisto a fazer...




Ovos q.b (depende do numero de pessoas a servir)
1 colher de sopa de manteiga, sem sal
1 cebola grande, ás rodelas
1 Alho francês (só a parte branca)
1 pacote de natas (usei as da Parmalat)
1 colher de sopa de mostarda dijon
Raspa de noz-moscada
1 copo de queijo ralado emmental
Espinafres q.b, frescos ou congelados (coloque a descongelar meia hora antes)
Sal e pimenta preta


Se forem frescos, lave e seque bem os espinafres. Caso sejam congelados, enxugar bem mas com cuidado, após descongelarem.
Entretanto ligue o forno para ir aquecendo, a 180º.
Numa frigideira, coloque a manteiga e leve ao lume para que derreta e só depois junte a cebola e as rodelas de alho francês. Tempere de sal e pimenta e cozinhe as cebolas até que comecem a caramelizar e a ficarem bem macias. Adicione as natas, a mostarda dijon e a noz-moscada. Mexa bem de modo a mostarda ficar bem desfeita e deixe que o creme reduza e engrosse um pouco.
Junte o queijo e os espinafres e mexa cuidadosamente, até misturar bem.
Tempere a gosto, reduza o lume e deite os ovos sobre a mistura.
Assim que a clara começar a ficar branca, leve a frigideira ao forno até dourar e os ovos estarem cozidos (mas com as gema ainda liquida de modo a escorrer).



Queijadas de Leite e Canela

Quem não gosta de ter um miminho guardado, para quando vem aquela hora de apetecer algo.....humm...
Pois estas queijadas, embora simples, são um verdadeiro miminho, assim como foi um verdadeiro miminho, receber este lindo prato da Depositário uma marca que prima pela beleza, simplicidade e tradição portuguesa e tudo pela mão, de talentosos artesãos portugueses.
Vejam só o prato de servir, lindíssimo, com que tive a sorte de ser presenteada por esta grande marca portuguesa!Todo ele decorado com motivos tradicionais portugueses e pintado à mão, em azul cobalto claro.

 Passem pelo site! Ou pela sua página de Facebook!




Prato de servir em Faiança by Depositáriodecorado com motivos tradicionais portugueses, pintados à mão em azul cobalto claro.

8 dl de leite
Raspa de 1/2 lima
300 g de açúcar
100g de farinha
50 g de maisena
50 g de manteiga amolecida
5 ovos + 1 gema
1 pitada de canela
Margarina para untar


Untar com manteiga ou spray de cozinha,as forminhas.
Ligar o forno a 180º C.


Num tachinho, deite o leite e a raspa da lima e leve ao lume até que levante fervura.
Peneire as farinhas com o açúcar e a canela. Adicionar depois os ovos e, com a ajuda de um fouet, mexer muito bem. Aos poucos, vá juntando o leite, enquanto mexe.


Adicionar depois a manteiga e mexa de novo, até ficar conseguir uma mistura bem cremosa.
Distribuir o creme pelas formas.
No fundo de um tabuleiro de ir ao forno, coloque um pano de cozinha e por cima disponha as formas. Deitar água bem quente por cima e com muito cuidado, até que esta cubra metade da altura das forminhas. 
Levar ao forno, por cerca de 30 minutos ou até dourarem e estarem cozidas. 
Com a ajuda de uma faca, desenformar e colocar as queijadas em forminhas de papel.



Rubrica "Por Detrás do Blog""





Bom dia!
E eis que chegou mais uma nova rubrica do "Por Detrás do Blog" onde tento, dar-vos a conhecer as pessoas que tanto admiramos pelo seu trabalho como pelo seu percurso de vida.
A convidada de hoje, é mais do que conhecida por todas nós bloggers de cozinha, mas tinha de estar aqui, obrigatoriamente. O que eu já aprendi e em quantas receitas dela, eu já me inspirei.
Quanto ao blog, é mais um onde se entra e pelo qual se sente logo amor à primeira visita....








Falo de Manuela Cruz (Moira):



...a pessoa "por detrás do blog":



Conhecida carinhosamente por todos nós como Moira, no entanto o seu verdadeiro nome é Manuela.
Nascida na Figueira da Foz, distrito de Coimbra em 1962, mas onde nunca viveu.
Secretária de profissão, trabalhando na área do cinema, herdou o gosto pela cozinha, através da sua mãe.

1-Como surgiu o blog na tua vida Manuela? Fala um pouco sobre ele e do que significa para ti.
O blog surgiu, de uma forma natural, para guardar as receitas que fazia cá em casa. Funcionava da mesma forma que um livro de receitas com a diferença que o blog estava online e acessível quer para os amigos, quer para a família.


2- De que forma ele mudou a tua vida?

O blog não mudou muito a minha vida, continuo a ser a mesma pessoa curiosa quanto a tudo o que diz respeito à gastronomia. No entanto e durante muito tempo a leitura de outros blogs levou-me a fazer muitas receitas diferentes das habituais.

3- Quais os aspectos positivos e negativos, de ter um blog?
Um dos aspectos positivos é interagir com pessoas de todo o mundo, que de outra forma provavelmente não aconteceria. Através do blog, tenho conhecido pessoas incríveis com quem troco ideias e que passaram a fazer parte do meu dia a dia e do meu grupo de amigos.
O aspecto mais negativo é que com o tempo passamos a ser diariamente assediados com pedidos de parcerias ou para experimentarmos produtos que muitas das vezes ou não usamos ou não gostamos, a mim particularmente causa-me algum embaraço já que habitualmente não sou capaz de dizer não, e por outro lado não consigo recomendar um produto do qual não gostei.

4- Que prato cozinhas mais vezes, seja pela simplicidade ou porque simplesmente adoras e te faz a ti e aos outros, feliz?

Não sou de repetir o mesmo prato até à exaustão, quando recebo amigos para jantar gosto de experimentar coisas novas, mas faço muitas vezes pratos de forno por serem práticos. Nos últimos tempos, tenho feito imensas vezes o bolo de maçã para os aniversários dos meus colegas de escritório, por ser um bolo que todos gostam e porque sai sempre bem.

5- Que receita ou ingredientes, nunca experimentaste e recusas comer?

Sou exigente na qualidade, mas não sou esquisita nos sabores, gosto praticamente de tudo mas não consigo comer rins e algumas outras entranhas, mas tenho que confessar que nunca provei ostras porque acho que não gosto, e causa-me alguma repugnância a ideia de comer insectos. 
Se calhar estou a perder um petisco e tanto…

6- Se tivesses que escolher a ementa perfeita, para um dia feliz, com amigos e família, o que escolherias? Elabora um pequeno menu.

Não sei se há ementas perfeitas, tudo depende do tempo que temos para as preparar, dos ingredientes a que temos acesso que variam consoante a época do ano e do gosto pessoal de quem faz e de quem come. 

Se fizesse um jantar por estes dias seria assim:

Entradas:

Prato Principal




Sobremesa

Pavlova


Bebida


7- Que receita ou receitas, mais prazer e orgulho te deram fazer até hoje, ou têm para ti um significado especial. Porquê?

Tenho que receitas que me dão prazer fazer pelo impacto visual que causam como é o caso dos peixinhos de massa folhada. 
Outras pelo sucesso que fazem entre os amigos e família como é o caso do Bolo de Maçã, cuja receita nem é minha, mas à qual já fiz algumas alterações, ou das Azeitonas em Crosta, que têm lugar cativo em todos os piqueniques.
Mas o que me dá mais prazer fazer, é pão, por tudo o que ele significa na alimentação a nível mundial, pela magia que é vê-lo levedar e crescer no forno enquanto coze, e apesar de não ser entendida no assunto, vou fazendo as minhas experiências e aprendendo com quem sabe.




8- Ao longo da tua vida e enquanto blogger, de onde tens recebido influências ou em quem te inspiras?

Comecei por receber influências de alguns blogs, como: o Elvira Bistrô , o Chucrute com Salsicha e o Smitten Kitchen .
Mas a inspiração chega diariamente de observar e sentir o mundo que me rodeia, um aroma ao passar pelo mercado, a montra de uma loja, uma fotografia ou um livro que não tem que ser obrigatoriamente de culinária. 
Hoje em dia já não leio blogues com a atenção com que o fazia no início, quer por falta de tempo, quer para não me sentir tentada a seguir tendências. Mas continuo a dar uma vista de olhos rápida por alguns blogs por quem nutro uma enorme paixão como sejam o Palachinka -  o AZCookbook , o La Rustica, o Sabores de Canela da Helena e mais uns quantos de amigas queridas que passaram do universo virtual para a vida real e que não menciono apenas porque a lista já vai longa.
 .

9- Que projectos ou desejos tens, e que gostarias ainda de concretizar?

Nunca fiz grandes projectos, mas tenho sonhos antigos, um deles seria mudar-me da cidade para o campo e ter mais tempo para poder dedicar-me à pintura, um dos meus hobbys para além do blog.



Curiosidades:
Que ingredientes não te podem faltar:
...na despensa - farinhas várias e conservas
...no frigorífico - lacticínios
...no congelador - frutos vermelhos e tomate
...na fruteira - laranjas e limões
   na varanda – ervas aromáticas
...na vida – amor



"Palavra puxa palavra"
Detesto... má-língua
Adoro... Ter tempo
Vicio... Tabaco
Defeito... Teimosia
Qualidade... Bondade
Paixão... Socas
Viagem... Alpes
Livro...Poesia
Restaurante...Prefiro Tascas
Ingrediente... Espargos
País... Portugal
Cidade... Florença
Chef...Alain Ducasse
Personalidade... a minha 

Obrigada Manuela, pela entrevista e pela honra que me deste, em ter aceite o meu convite. Um grande beijinho e continuação de muito sucesso para o teu blog que sempre será uma referencia e está no nosso coração.
Quanto a vós que me visitam, espero que tenham gostado de mais esta entrevista e de conhecer a pessoa da qual muitas vezes só vemos as receitas mas que sempre temos curiosidade de conhecer um pouco mais...

Beijinho e bom resto de semana!


Pudim de Chia e Ovomaltine

A querida Gina do blog "A casa da Gigis" está de parabéns e, sendo um blog que já sigo e conheço à muito, não podia deixar de participar com muito carinho.
Com o pedido de uma sobremesa, aqui fica para o seu passatempo dos 5 anos de bloguea minha participação, com esta deliciosa e saudável sobremesa.
Espero que gostes Gina, beijinho e uma vez mais parabéns!




3 cháv. de leite de amêndoa (de soja ou arroz)
½ cháv, de sementes de chia da Iswari
3 c. de sopa, de cacau em pó (eu usei ovomaltine)
2 c. de sopa, de Maple Syrup ou mel
Chocolate e bagos de romã, para decorar


Numa tigela, misture todos os ingredientes
Cubra e leve ao frigorífico, por pelo menos 4 horas ou deixe durante a noite
Sirva e decore com raspas de chocolate e bagos de romã.