Pin It button on image hover

Arroz do Mar

Podia até dizer aqui que fui eu que fiz mas não, não fui eu e tenho de dar os créditos todos ao marido que o faz como ninguém e no fim, ficamos literalmente a lamber os dedos. Não sei qual o segredo o F. não o partilha nem comigo hehehe, mas aqui fica a receita dentro daquilo que consegui espreitar...



Arroz carolino 
1 cebola grande picada
2 dentes de alho, picados
3 c. sopa de azeite
1 embalagem de Pérolas do Mar Pescanova
500 g de camarões inteiros 
1 tomate grande, maduro
200 g de polpa de tomate
1 dl de vinho branco
1 pitada de pimenta de caiena
1 malagueta vermelha, daquelas grandes
1 c. de sobremesa de açafrão (curcuma)
1 ramo de coentros e salsa, fresco e picado ou poejos
1 cubo de caldo de marisco ou de peixe
Sal e pimenta q.b.


Coza os camarões e reserve a água, coando o liquido.
Num tacho, leve ao lume o azeite, com a cebola até alourar. Junte depois os alhos e deixe refogar mais um pouco. Junte o tomate picado, sem peles e sementes e a polpa, assim como as pérolas do mar e deixe que apure um pouco. Assim que começar a ferver, refresque com o vinho branco e deixe mais uns minutos a cozinhar. Junte a malagueta assim como as especiarias e a água reservada onde cozeu o camarão (um pouco mais do dobro da quantidade do arroz a utilizar).
Tempere de sal e pimenta, tape e só depois de ferver, junte o arroz e o caldo de peixe.
Assim que o grão abrir tape e desligue o fogão e deixe a repousar por um minuto e só depois e imediatamente antes de servir, junte as delicias do mar em pedaços assim como a salsa e coentros picados grosseiramente.




Carpaccio de Ananás Com Romãs e Amêndoas


E porque o Outono, nos trouxe agora uns dias mais quentes, aqui vos trago hoje esta deliciosa sugestão.

Mas, antes de passar à receita (que nem chega a ser receita de tão simples que é) quero falar do prato onde servi este carpaccio.

Sabem aquelas páginas e sites onde entramos e é simplesmente amor à primeira vista? Pois ao entrar na "Oficina da Formiga" deu-se comigo esse fenómeno.

Oficina da Formiga

Peças generosamente oferecidas pela Oficina da Formiga
Ali vê-se paixão e amor no que fazem, sente-se sensibilidade em cada peça e em cada traço. Peças de cerâmica que fazem lembrar a nossa cultura popular e que são verdadeiros tesouros. 
Por detrás deste projecto, estão duas pessoas dedicadas, generosas e de muita simpatia, o Jorge e a Milú. E foi graças à sua generosidade, que fizeram chegar até mim (no dia do meu aniversário), o melhor presente que podia ter recebido e o qual não me canso de lhes agradecer pois fiquei muito feliz por ter agora na minha posse, peças tão lindas, feitas com tanto amor, o que se consegue sentir quando pegamos nelas.
Passem pelo site http://www.ofceramics.com/ ou http://oficinadaformiga.com/ e descubram todas as peças maravilhosas e onde podem até adquirir algumas (impossivel vai ser escolher de tão lindas que são todas elas...


Já agora aproveito e partilho aqui um video maravilhoso, onde mostra um pouco mais do que se passa por detrás da Oficina da Formiga , vejam: 

https://www.facebook.com/479895802049229/photos/pb.479895802049229.-2207520000.1413801909./765147653524041/?type=3&theater


Mas agora vamos à receita super simples mas deliciosa:

Carpaccio de Ananás Com Romãs e Amêndoas

1 ananás maduro , cortado em rodelas finas
1 iogurte natural
2 colheres de sopa de maple syrup (também podem usar mel)
1 c. de sopa de sumo de gengibre (usei o espremedor de alho)
Sementes de romã
1 c. de sopa de amêndoas fatiadas , levemente tostadas
Hortelã fresca picada
1 pitada de flor de sal


Misture o iogurte com o maple syrup ou mel, o sumo de gengibre em uma tigela e misture bem.
Espalhe as fatias de abacaxi no prato de servir.
Regue as fatias de ananás com o iogurte, salpique com um pouco de flor de sal e decore com as sementes de romã, as amêndoas e a hortelã. Sirva de imediato.

Galette Rustica de Maçã e Frangipane





Massa:
¾ cháv. de farinha de trigo
¼ chávena de farinha integral
1 pitada de sal
5 c. de sopa, de manteiga sem sal gelada
Raspa de limão

Frangipane:
1 cháv. de amêndoas levemente tostadas
2/3 cháv. de açúcar
2 ovos, ligeiramente batidos
1 colher de chá. extracto de baunilha
1 colher de chá. extracto de amêndoa
2 c. de sopa. de manteiga sem sal, amolecida

4 a 6 maçãs, ás rodelas finas e com a casca
Sumo de 1 limão 

Massa na bimby:
Coloque no copo as farinhas, o sal, a manteiga em cubos bem fria e a raspa do limão. Programar 6 seg/vel 6. Juntar a água gelada e programar mais 4 seg.

Forma tradicional:
Numa tigela larga, misture as farinhas, a pitada de sal e a raspa do limão. Junte os cubos de manteiga gelada e misture com a ponta dos dedos até obter uma farofa grossa. Finalmente junte a água gelada e amasse mais um pouco até conseguir uma massa mais homogénea. Forme uma bola, envolva em película aderente e deixe-a a descansar no frigorífico por cerca de uma hora.
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Regue a maçã com o sumo de limão e envolva adicionando depois a maisena, reserve.


Frangipane:
Para fazer o recheio, triture no robot de cozinha a amêndoa e o açúcar até as amêndoas estarem finamente moídas programando Vel.10/20 seg.
Adicione os ovos, o extracto de baunilha, o extracto de amêndoas e a manteiga derretida e programar 20 seg. vel.6.

Estenda a massa, sobre uma superfície levemente enfarinhada até ficar bem fina. Use um cortador de pizza para fazer um círculo com cerca de 12 centímetros de diâmetro.Transferir cuidadosamente a massa para uma assadeira forrada com papel vegetal.
Distribua o frangipane sobre a massa e a maçã em camadas, mas de forma a deixar livre, cerca de dois centímetros no redor.  Dobre o excesso de massa em cima dos ingredientes ou deixe esticada mas para cima, dando a forma de circulo.
Asse a galette, levando-a ao forno até a massa ficar firme e dourada, cerca de 25 a 30 minutos.
Antes de servir, e para lhe dar um aspecto mais brilhante pincelei com um pouco de geleia de marmelo.
Ficou uma delicia!