Pin It button on image hover

Noodles de Curgete com Tomate Cereja e Cogumelos

Uma refeição simples e deliciosa onde utilizei o meu novo brinquedo: a mandolina da Borner
Neste caso mais preciso, usei o Ralador Roko com que fiz uma espécie de esparguete de curgete e cenoura.
Mas o ralador em si e mais completo é fantástico, com ele corto legumes ás rodelas ou em palitos, finos ou mais grossos enfim e ainda com outro pormenor importante, dura uma vida e isso, sente-se quando o utilizamos pois conseguimos perceber que temos ali uma mandolina para a vida.
Agradecer à Borner pelo miminho e oportunidade fantástica. 

Se quiserem também ter um, é só entrarem no site ou na página da Borner no facebook e deixar mensagem com a vossa encomenda.
Não se vão arrepender, garanto-vos!




Noodles de Curgete com Tomate Cereja e Cogumelos



2 dentes de alho
Azeite
200 g de cogumelos
2 curgetes
1 cenoura
150 g de tomates cereja

Com o Ralador Roko corte a curgete em forma de esparguete, assim como a cenoura e reserve.



Numa frigideira larga, coloque um fio de azeite e frite os dentes de alho esmagados.
Junte depois os cogumelos em rodelas para saltear até dourarem ligeiramente. Coloque os tomates cereja assim como os fios de curgete na frigideira e envolva com cuidado na mistura para que tomem o gosto.
Deixe a saltear um pouco, tempere de sal e sirva de imediato.
Querem coisa mais simples?

Beijinho e bom resto de semana!

Bolo Rei Citrico com Marmelada e Frutos Secos

Um Bolo-rei delicioso, fofo e diferente mas é aquele de que todos gostamos cá em casa. Além disso, nada como algo caseiro para festejar o Dia de Reis, que ontem se comemorou, verdade?
Em vez das frutas cristalizadas, usei os frutos secos e a marmelada e, ao seu sabor para além dos cítricos, usei também o gengibre. Como toque final, adicionei à massa algumas sementes de papoila.
Espero que gostem desta receita que serviu também para participar no passatempo da Vaqueiro no Facebook e que (acabei agorinha mesmo de saber) tive a sorte de ganhar Yupiii! O prémio? É um fantástico Robot da Philips. Estou mesmo feliz!



100 ml de leite morno
20 g de fermento de padeiro fresco
430 g de farinha sem fermento (tipo 55)
80 g de Vaqueiro líquida
80 g de açúcar
1 ovo e 2 gemas
1 pitada de sal
Raspa de limão
Raspa de laranja
Sumo de meia laranja
Raspa de um pedaço de gengibre fresco
1 c. de sopa, de aroma de baunilha
1 c de café, de sementes de papoila
Avelãs, caju, amêndoas, alperces e cranberries secos e passas q.b
Vinho da Madeira (meio doce)
1 Gema para pincelar
Rectângulos de marmelada
Açúcar em Pó



Desfazer o fermento no leite, reservar.
Picam-se ligeiramente os frutos secos e as passas e põem-se a macerar num pouco de vinho da Madeira ou Porto. Reserve.(dica da Elsa)
Numa tigela, coloque a Vaqueiro líquida, o aroma de baunilha, as raspa dos citrinos e do gengibre, o sumo de laranja e o ovo e as 2 gemas, previamente batidos.
Junte a mistura de leite e fermento, a farinha, o açúcar e o sal.
Amasse bem todos os ingredientes, tape e deixe levedar por cerca de 2 a 3 horas.
Findo esse tempo, retirar a massa para uma superfície enfarinhada. Junte metade dos frutos secos assim como as sementes de papoila e envolva tudo na massa, amassando-a mais um pouco.
Num tabuleiro de ir ao forno, coloque um tapete de silicone ou papel vegetal. 
Aqui neste passo, usei mais uma vez uma dica de uma amiga muito talentosa a Elsa  e, depois de dar à massa a forma de coroa levei ao forno a 50º C, a levedar por cerca de meia hora.
Pincelar depois o bolo com a gema de ovo, decorar com as restantes passas e frutos secos e pedaços de marmelada.


























Aumentar agora a temperatura do forno para os 180º C, e deixar cozer o bolo-rei por cerca de 20/25 minutos (vai depender de cada forno).
A 5 minutos do fim do tempo de forno, colocar o açúcar em pó e mais alguns pedaços de marmelada.