Pin It button on image hover

Muffins de Mirtilos

Tão fofos e leves, que nem se dá por eles ou melhor, dá-se porque se tornarão inesquecíveis, de tão deliciosos que são...



170 gr farinha com fermento
1 c. sopa de farinha maizena
120 gr açúcar
1 pitada de sal
1c. de chá fermento em pó
3 ovos
1 dcl. óleo Vaqueiro
1 dcl. leite
1 c. chá, de extracto de baunilha
1 cháv. de mirtilos frescos
Açúcar mascavado q.b. para polvilhar



Aqueça o forno a 190ºC
Peneire as farinhas com o fermento, a pitada de sal e junte o açúcar mascavado. Reserve.
Bata os ovos e junte o óleo vegetal, o leite, o extracto de baunilha, batendo mais um pouco.
Aos poucos, vá juntando os ingredientes secos. Finalmente, envolva na massa os mirtilos.
Disponha a mistura pelas formas de muffins e polvilhe com açúcar mascavado.
Leve ao forno por 15 a 20 minutos.





Sopa de Beldroegas

Boa tarde!

Cá estou de regresso, após uns dias de ferias. Agora há que voltar à rotina e também confesso que já tinha saudades da minha casa e dos meus cozinhados. No final da semana, conto ir ainda ao meu Alentejo passar ainda mais uns dias e matar saudades da família mas até lá fiquem com mais umas receitas minhas.



E por falar na minha terra, a receita de hoje, é típica do meu Alentejo mas também no Algarve, e traz-me muito boas boas memórias.

As beldroegas no entanto, trouxe de Mirandela, da horta dos meus queridos sogros.
A Portulaca oleracea como também é chamada a beldroega é uma planta selvagem comestível. Rica em ácidos gordos ómega ( mais que o espinafre e os agriões) e possui também cálcio, magnésio, potássio, ferro e zinco em concentrações que aumentam com a maturação das folhas. Toca por isso a consumirem mais este maravilhoso ingrediente que muitas vezes é esquecido ou rejeitado.

As beldroegas são muito usadas em sopas, como esta proposta que vos trago hoje, mas é também óptima em saladas (foto em baixo) e faz também um esparregado delicioso.





 .























Sopa de Beldroegas




1 molho grande, de beldroegas
1 cebola, cortada em meia lua
1.5 l de água
1 folha de louro
1 tomate grande, sem pele
2 batatas grandes
1 fio de azeite
1 cabeça de alho inteira
Fatias finas de pão torrado
1 ovo por pessoa
Sal
Pimenta moída Margão q.b.
1 c. de chá de paprica fumada AromasEspeciarias
Lascas de presunto a gosto (opcional)


Num tacho, aqueça um pouco de azeite e refogue a cebola.juntamente com o louro e a cabeça de alho inteira. 
Quando a cebola ficar translúcida, acrescente o tomate e refogue por mais uns minutos, até este se desfazer.
Adicione as beldroegas, tape e deixe-as cozinhar um ou dois minutos e só depois junte as batatas em rodelas e a água. Assim que levantar fervura, baixe o lume e deixe cozinhar lentamente, até que as beldroegas e as batatas estejam tenras. 
Tempere de sal e pimenta e junte a paprica fumada.
Uns minutos antes de apagar, introduza os ovos e deixe-os escalfar.
Sirva a sopa, acompanhada do pão torrado e as lascas de presunto.


Espero que gostem. Beijinho e boa semana!