Pin It button on image hover

Gelado de Meloa

Foi no blog da Marcia "Prata da Casa", que vi este gelado simples de meloa. Fiz umas ligeiras adaptações e posso confirmar, que foi dos melhores gelados caseiros que comi ultimamente...
Anotem a receita:








Polpa de uma meloa madura
Raspas e sumo de meio limão
1/2 cháv. de açúcar de coco OXnature
3 ovos
250 ml de creme de soja Shoyce
(ou 1 pacote de natas)












Triture bem a polpa do melão. Reservar.
Na Bimby, colocar a borboleta , e juntar os ovos e o açúcar de coco. Programar 5 min./Vel.4/Temp.50º,
Bata um pouco o creme de soja e aos poucos vá-lhe juntando o de ovos, assim como as raspas e o sumo de limão. Por fim, junte a polpa de melão e envolva bem.
Leve ao congelador, por pelo menos 4 horas.



Beijinho e um doce fim de semana!

Frango de Caril da Rosa

Embora com ligeiras adaptações, esta receita que vos apresento hoje veio do blog da querida Rosa, o "Saberes com Sabores" que espero visitem e fiquem a conhecer.





2 frangos
1 cebola grande
1 dl de azeite
6 dentes de alho, grandes
5 cravinhos
1 pau de canela
1 c. de chá, cheia, de cominhos
4 c. de sopa de caril em pó picante Spicebox
1 c. sopa de garam masala Spicebox
1 malagueta
2 tomates grandes bem maduros 
1 pimento vermelho, pequeno e em tiras (sem o veio branco e sementes)
1 lata de leite de coco
1 lima
1 pedaço de gengibre ralado (1 colher de sopa bem cheia)
1 maçã reineta
4 a 5 pés de coentros Aromáticas Vivas (mais para a guarnição)







De véspera, corte o frango em pedaços pequenos e tempere-o com sumo e raspa de um limão, sal, alhos esmagados, 2 cravinhos , 1/2 pau de canela, uma pitada de cominhos e unte-o bem de azeite, envolvendo com todos os temperos. Reserve no frigorífico, tapado com folha de alumínio.

No dia seguinte, faça um refogado deitando num tacho largo, azeite q.b. a cebola e os alhos picados e o gengibre ralado. Assim que a cebola ficar translúcida, junte os cravinhos e o pau de canela, cozinhe mais um pouco e junte então os pedaços de frango. Mexa enquanto refoga e assim que perder o tom encruado, deite o tomate maduro, esmagado e sem pele e o pimentos vermelho em tiras.
Envolva tudo muito bem, junte o ramo de salsa e deixe refogar por alguns minutos. 
Deite metade do leite de coco, mexa e junte depois o caril, após ferver mais 5 minutos deite o restante leite de coco. Deixe fervilhar em lume muito brando, rectifique os temperos e um pouco antes de terminar a cozedura, adicione a maçã ralada ou em cubinhos e o sumo da lima. 
Retire quando o frango estiver no ponto e o molho cremoso. 
Antes de servir, polvilhe com mais coentros picados e sirva com arroz basmati.




Aproveito para deixar aqui um grande beijinho à Maria Rosa e agradecer-lhe a partilha e a inspiração, e dizer-lhe que gosto muito do seu blog, onde já muito aprendi. Um grande bem haja minha querida amiga, beijinho!

Mousse de Cereja

Uma mousse deliciosa, cuja receita veio e foi adaptada, daqui e daqui, qual delas a melhor, verdade?
E eu hoje, deixo aqui ainda outra versão, pois nesta usei cerejas (tenho-as descaroçadas e congeladas desde Julho) e porque fiz também no meu mais recente robot de cozinha, o Cuisine Companion.
Espero que gostem e a façam pois, para além de deliciosa, é uma sobremesa bem saudável.
Entretanto, convido-vos a visitar ambos os blogs de onde me inspirei para esta receita, pois existem ali também, outras mil e uma boas sugestões.







4 folhas de gelatina
300 g de cerejas congeladas
Sumo de meio limão
150 g iogurte grego, magro
2 gotas, de aroma de amêndoa
80 g de açúcar de coco OXnature






Demolhar as folhas de gelatina num pouco de água. Reservar.
Colocar na taça, a lâmina picadora, as cerejas, o açúcar de coco, o aroma de amêndoa e o sumo de limão. Programar 40 seg/Vel. 12 e de seguida 5 min,/50ºC/Vel.5. Quando faltar 1 minuto para terminar o tempo, retire a lâmina e junte o acessório batedor e junte a gelatina, escorrida. 
Finalmente, junte o iogurte grego e envolva, programando mais 20 seg./Vel 6. 
Deite em tacinhas e deixe arrefecer.
Sirva esta mousse bem fresquinha, decorada com algumas cerejas congeladas e compota de cereja (opcional).



Fonte da receita:
A Culinária e Eu
Os Temperos da Argas

Beijinho e uma doce Quinta-feira!

Pataniscas de Cação

As pataniscas são sempre uma deliciosa entrada, ou até mesmo para servir como refeição principal, acompanhadas de um arroz de feijão ou com uma saladinha.

Aqui fica então a sugestão de hoje e em que conto também com uma nova parceria. Falo das "Aromáticas Vivas" empresa criada em 2009 e que possui 2 hectares dedicados à produção de ervas aromáticas em vaso, em modo biológico. E por falar em Aromáticas Vivas, não se esqueçam que está a decorrer na minha página de facebook,, um passatempo onde podem habilitar-se a ganhar um cabaz com 10 Ervas Aromáticas em vaso + 2 ervas aromáticas cortadas e 3 Pratos Azuis para colocar as plantas assim como os folhetos informativos, acerca das ervas aromáticas em questão.
Participem e consultem o passatempo e regras AQUI Conto com todos vós!


Voltando ás pataniscas, podem também escolher e fazer, com qualquer outro tipo de peixe mas eu adoro e escolhi o cação, tanto pelo seu sabor, como por ser um peixe de poucas espinhas....









3/4 postas de cação/tintureira
125 g de farinha, previamente peneirada
1 c. de sobremesa, de fermento Royal
2 ovos
200 ml de cerveja
1/2 cebola picadinha
2 dentes de alho picadinhos
Raminhos de tomilho fresco  Aromáticas Vivas







Escalde o peixe, mergulhando-o  em água a ferver por 2/3 minutos e desfie-o depois, em pequenos pedaços.
Numa tigela bata os dois ovos com o fermento e aos poucos vá juntando a farinha, alternando com a cerveja.
Finalmente, junte a cebola e os dentes de alho picadinhos, assim como os pedaços de peixe.
Tempere de sal e pimenta e envolva os raminhos de tomilho ou salsa picada, a gosto.
Envolver bem, e deixar repousar a massa por cerca de 30 minutos.
Aqueça óleo suficiente numa frigideira larga. Assim que estiver quente, deite pequenas colheradas de massa e frite as pataniscas, até que fiquem douradinhas de ambos os lados.





Bolo/Tarte Húmido de Abacaxi

Vi este bolo no Blog da Nô, uma querida amiga e que vos convido a visitarem pois para além desta, ali encontrarão muitas outras deliciosas receitas.
Fiquei tão entusiasmada e fiz um dia destes só que com alguns ajustamentos à receita original e saiu esta deliciosa tarte. A cobertura foi de outra receita, que tirei também do seu blog.
Espero que a Nô não se importe e quanto a mim, resta-me dizer-lhe obrigada, pela receita que mostrou e provou, ser super deliciosa...








2 cháv. de farinha
1 c. de chá de fermento em pó
100 g de açúcar
1 pitadinha de sal( ¼ c. de chá)
150 g de manteiga à temperatura ambiente
1 abacaxi triturado(reservei apenas 3 fatias para a decoração)
3 ovos
1 c. de chá de extracto de baunilha
Raspas de 1 limão




Pré-aqueça o forno em 180º C. Unte uma forma redonda de 20 cm e forre com papel vegetal.

Modo tradicional:
Para uma tigela, peneire a farinha com o fermento, o sal e as raspas de limão. Reserve.
Bata a manteiga juntamente com o extracto de baunilha e o açúcar até formar um creme esbranquiçado. Junte os ovos, um de cada vez, batendo bem entre cada adição.
Adicione o abacaxi triturado e depois, em velocidade baixa, adicione aos poucos a mistura de farinha apenas para incorporar.
Desligue a batedeira e coloque a massa na forma.

No Cuisine Companion
Coloque o abacaxi na taça e programar 10 segundos/Vel.10. Retire e reserve.
Coloque o acessório batedor na taça e deite a manteiga, o extracto de baunilha e o açúcar e programar 40 seg./ Vel.8.De seguida adicione a polpa triturada do abacaxi e os ovos e programar mais 40 seg./ Vel.8.
Finalmente junte a farinha peneirada com o fermento, o sal e as raspas de limão e seleccionar 30 seg./Vel.7.

Deite na forma e leve ao forno por 35/40 minutos a 180 ° C ou até que ao espetar um palito no centro do bolo, este saia limpo.. Deixar arrefecer um pouco e retirar da forma.

Cobertura:
1/2 lata de leite condensado
Sumo de 1 limão

Mexa bem os dois ingredientes até ficar engrossada e cubra o bolo com este creme.
Decore a gosto e sirva.

Sugestão de apresentação: Em cima da cobertura, coloque rodelas de ananás, previamente assadas no forno e alguns flocos de coco e chocolate.




Cestinhos de Espinafres com Cogumelos e Parmesão







250 ml de água morna
2 c. chá de açúcar
1 pitada de sal
7 g de fermento seco Fermipan
1/2 cháv. de azeite
3 cháv. de farinha

Recheio:
2 cebolas
100 g de cogumelos em cubos
2 fatias de presunto
200 g de folhas de espinafres
5 ovos
1 fio de azeite
Sal e pimenta q.b.
Parmigiano Reggiano ralado Galbani






Para o recheio:
Pique as cebolas com a ajuda do cortador borner (vejam AQUI como fazer):




Frite-a depois no azeite até dourar e junte os cogumelos em pedaços e o presunto em tiras e deixe que dourem também um pouco. Só depois junte os espinafres e assim que amolecerem retire.
À parte, coza os ovos e corte-os depois em cubos pequenos. Misture com o refogado de espinafres e cebola e tempere de sal e pimenta. Reserve.

Para a massa:
Deitar na taça do Cuisine Companion com a lâmina amassar/triturar, todos os ingredientes pela sequencialmente acima descrita.
Programar Massas P1. Deixar depois em repouso, por cerca de 40 minutos (a massa vai aumentar 2 vezes).

Pode fazer à mão, amassando todos os ingredientes e deixe depois a massa a repousar, até dobrar de volume.

Retire pequenas bolas de massa, estenda-a com a ajuda de um rolo e encha com o recheio. Dê a forma desejada e coloque sobre um tabuleiro com tapete de silicone ou forrado com papel vegetal. Deixe-a descansar por mais 20-25 minutos e pincele-os depois com um ovo, previamente batido com uma colher de sopa de água.
Leve ao forno, pré-aquecido a 200º C, por cerca de 15-20 minutos.
Retire, desenforme e polvilhe com o Parmigiano Reggiano ralado Galbani


Beijinhos e votos de uma Feliz Semana!

Snacks de Iogurte e Fruta

Que me dizem a uns snacks bem fresquinhos, de iogurte e fruta?
Divertidos de comer, saudáveis ​​e deliciosos e garanto que vão agradar a miúdos e a graúdos.
Só tem um contra: as vezes que abrimos o congelador para os ir petiscar...
Serviram estes snacks, para responder a um desafio no instagram da querida Sofia do  "asnovenomeublogue" para fazer uma receita com os Activia, uns iogurtes que muito aprecio...
Espero que gostem!






2 iogurtes Activia Danone
1 manga, em cubinhos
1 colher de sopa de mel







Misture tudo numa tigela. Deitar depois na covete que usam para o gelo ou outra da vossa preferência (eu usei umas do IKEA) e levar depois ao congelador, para que solidifiquem.



Beijinho e bom domingo!