Pin It button on image hover

Empadas de Frango e Alheira

Gosto muito de empadas aliás, todos aqui em casa gostam e sempre que há sobras de frango, não hesito em fazê-las logo. Um dia destes, a juntar a essas sobras, resolvi juntar também uma alheira e daí saíram mais estas empadinhas,  que a todos deliciou....






Recheio:
Frango cozido e desfiado
1 alheira
1 cháv. de folhas frescas de espinafres
1 cebola, picada
1 dente de alho, picado
Azeite Casa Soares de Albergaria q.b.
100 ml de creme vegetal Shoyce
Sal e pimenta moída Margão q.b.

Massa:
15 g de azeite Casa Soares de Albergaria
40 g de banha
30 g de água morna
20 g de vinho branco
1 ovo e 1 gema
450 gramas de farinha
1 pitada de sal
1 ovo para pincelar







Massa:
Numa tigela larga, coloque a farinha, a pitada de sal e os restantes ingredientes.
Amasse bem, até conseguir moldar uma bola.
Deixe a repousar, por cerca de 30 minutos.
Recheio:
Colocar ao lume um tacho com o azeite, o alho e a cebola picadinha. Quando a cebola começar a ficar translúcida e dourada, junte o frango desfiado e a alheira, sem pele e esmagada.
Envolver bem e juntar as folhas de espinafre e o creme vegetal.
Mexa, enquanto rectifica os temperos.


Aqueça o forno nos 180ºC.
Estique bem a massa e corte-a em rodelas, umas do tamanho das formas e outras um pouco maiores.
Com as rodelas maiores, forre as forminhas, previamente untadas com azeite.
Encha-as com o recheio e tape com a rodela de massa mais pequena.
Una bem ambas as rodelas e pincele-as com o ovo batido.
Leve ao forno a cozer, por cerca de 20/25 minutos, ou até que fiquem uniformemente douradas.



Risotto de Bacalhau com Abóbora e Crumble de Broa

Boa tarde!
Aqui fica mais uma deliciosa sugestão, quem sabe para a vossa ceia de Natal e para contrariar o famoso bacalhau cozido com couves e batatas, que sempre está presente na nossa mesa.






1 Lombo de Bacalhau
1 folha de Louro
1 dente de Alho
Para o Risotto
1 c. de sopa. de manteiga
1 cebola
2 dentes de alho
1 cháv. de arroz para risotto Pato Real
1 copo de vinho branco
3 cháv. de água (de cozer o bacalhau)
Sal q.b.
Pimenta preta moída Margão
2 c. de sopa de manteiga
100 g de puré de abóbora
50 g de queijo parmesão
Folhas frescas de coentros
Crumble
1 fio de azeite
100 g de Broa
1 dente de alho
Coentros picadinhos




Comece por fazer logo o crumble salteando num fio de azeite, a broa de milho esfarelada com o alho e coentros picadinhos, até a broa ficar bem dourada. Retire do lume e reserve.

Coza o lombo de bacalhau num tachinho com água, a folha de louro e 1 dente de alho.
Passados 5 minutos, retire do lume, retire o bacalhau e coe a água, reservando-a.

Num tacho, junte a manteiga e um fio de azeite. Junte a cebola bem picadinha e deixe fritar até dourar e só depois junte os dentes de alho esmagados. Deixe apurar em lume brando e enquanto isso, vá lascando o bacalhau.
Ao refogado junte o arroz arbóreo e frite-o ligeiramente. Refresque com o vinho branco e mexa até o álcool se evaporar.
Acrescente agora uma chávena de caldo de cozer o bacalhau.



Tempere de sal e pimenta e, à medida que o arroz vai ficando sem caldo, junte mais e sempre a pouco e pouco, até o arroz estar cozido.

Finalize juntando a manteiga, o puré de abóbora e o queijo parmesão ralado a gosto, assim como as lascas de bacalhau. Envolva delicadamente e sirva de imediato, polvilhado com o crumble de broa e mais queijo parmesão.


Mil Folhas de Azevia com Doce de Ovo e Amêndoa

Começo a entrar em "modoNatal" o que quer dizer que o blog vai andar mais parado pois é tempo de nos dedicarmos ainda mais à família e agora também aos preparativos.
Não posso no entanto, de ir deixando aqui, mais algumas sugestões para a vossa mesa.
À receita de hoje, podia chamar-lhe uma espécie de azevias desconstruídas.
Espero que gostem da ideia, que achei diferente, para colocar na mesa da ceia deste Natal.






280 g de farinha com fermento
50 g de banha de porco (de boa qualidade)
10 cl de água
5 cl de Aguardente
Raspa de 1 limão
1 pitada de sal

300 g de doce de Ovo c/amêndoa Dulcis
Óleo q.b. para fritar
Mistura de açúcar e canela em pó (Margão) q.b., para envolver




Coloque na taça da Cici (cuisine companion), a lâmina de amassar/triturar, a banha e programar 2 min./100º/Vel.4.
Junte os líquidos, assim como a farinha, a raspa de limão e a pitada de sal e ligar 30 seg/Vel. 8.
Deixe a massa repousar, por cerca de 1 hora.

Numa bancada polvilhada com farinha, estenda agora a massa o mais finamente possível. Corte pequenos rectângulos de massa (o tamanho vai depender do vosso gosto), e no meio de alguns deles, faça um golpe (será para os que vão ficar no topo). Ver foto abaixo.


Fritadeira Celar

Frite a massa em óleo bem quente, até ficarem douradinhas de ambos os lados.
Coloque sobre papel absorvente e assim que arrefecerem um pouco, envolva na mistura de açúcar e canela.






Com muito cuidado, coloque sobre um rectângulo de massa o doce de ovo com amêndoa. Por cima novo rectângulo, novamente o doce de ovo Dulcis e assim sucessivamente sendo a ultima camada, o rectângulo de massa com o golpe.
Finalmente, polvilhar com mais um pouco de açúcar e canela





Caso optem pela maneira tradicional de apresentar as azevias, devem cortar a massa em círculos, rechear com o recheio escolhido (de ovos e amêndoa, de batata doce ou de grão).
Fechar unido bem a massa e fritar em óleo quente e abundante.
Passar depois pela mistura de açúcar e canela.



Beijinho com votos de Boas Festas para todos os que me seguem aqui, no facebook e no instagram.

Blogger Oficial Moulinex

BOM DIA!

Agora que já é oficial, posso dar-vos a novidade: A Moulinex (SEB Portugal) fez-me um convite irrecusável e a partir de agora sou Blogger Oficial da marca no que toca à Cuisine Companion, um robot realemnte fantástico e imprescindível! Não se admirem por isso, se a partir de agora virem por aqui no blog e com mais assiduidade, receitas feitas na Cici (como carinhosamente lhe chamamos).

Espero que fiquem felizes com as novidades e que vos continue sempre a ter por cá.


Entretanto e se tiverem curiosidade, visitem o site da Moulinex, e vejam todas as receitas que partilhei e já fiz na Cuisine Companion:



http://www.cuisinecompanion.moulinex.pt/novidades&page=2&id=88#.Vm_pUvmLTIV

e no novo site de receitas:

http://receitas.moulinex.pt/receita/index?chefId=83





Rolinhos de Canela com Caramelo Salgado

Estou sempre à procura da receita perfeita, aquela que no fim dizemos: -"É esta, ficou mesmo como eu queria".
Foi isso que aconteceu com estes rolinhos e com toda a certeza, terão honras de mesa, na altura do Natal e fim de ano...





Para a massa:
550 g. de farinha
100 g. de açúcar
1 pacote de fermento seco (fermipan)
1 pitada de sal
1 pitada de noz-moscada Margão
1 ovo grande
15 cl de leite
5 cl de água
5 c. de sopa de manteiga amolecida
Caramelo salgado caseiro q.b. (receita aqui)

Para o recheio:
Meia cháv. de açúcar mascavado 
Canela em pó Margão q.b.
5 c. de sopa de manteiga sem sal, amolecida






Travessa de cerâmica Staub



Na Cuisine Companion:
Colocar na taça a lâmina amassar/triturar, o leite, a água, o sal, o açúcar, a manteiga e o fermento e programar 2 min/35º/Vel. 3. Juntar o ovo e misturar por 15 seg./ Vel 4. De seguida adicione a farinha e a noz-moscada e seleccionar o programa massas P2. A massa deve estar despegada das paredes da taça. Caso isso não aconteça, junte um pouco mais de farinha. 
Retire e deixe a levedar, até que a massa dobre de tamanho.

Modo tradicional:
Na tigela da batedeira com o acessório gancho para massas, misture a farinha, açúcar, fermento, sal e noz-moscada; bata em velocidade baixa por uns minutos. Mantendo a velocidade baixa, junte agora o ovo, o leite, a água e a manteiga. Bater durante 3/4 minutos, ou até que a massa comece a formar uma bola em torno do gancho e descolada dos lados da taça. Aumente agora para a velocidade média e continue a bater por mais 5 minutos, até a massa ficar lisa e brilhante. Transfira a massa para a tigela grande preparado, transformando-o uma vez para revestir levemente em óleo. Cubra a tigela com película transparente e reserve em lugar quente por cerca de duas horas, ou até que dobre de tamanho.


Para o recheio:
Numa tigela, misture o açúcar mascavado com a canela e envolver bem. Reserve.

Numa travessa de ir ao forno, deite o caramelo de modo a tapar todo o fundo. Reserve.
Deite a massa  para uma superfície de trabalho, generosamente enfarinhada.
Com a ajuda de um rolo, estenda a massa dando a forma de um rectângulo.
Pincele toda a superfície e de forma uniforme, com a manteiga amolecida e de seguida, polvilhe-a com o açúcar e canela que havia reservado.
Enrolar enquanto vai apertando bem. Com uma faca, corte agora o rolo em pedaços iguais.
Disponha os rolinhos na travessa, sobre o molho de caramelo e cubra-os com um pano e guarde em lugar quente por mais uma hora, para que dobrem de novo de volume.
A meio do tempo, ligue o forno nos 170º C.
Retire depois o pano e asse por 25-30 minutos, ou até que ganhem um tom dourado e o caramelo esteja a borbulhar.
Retire o tabuleiro do forno e deixe os rolinhos arrefecerem por 10 minutos. Após esse tempo, desenformar, deixar que arrefeçam mais um pouco e cobrir com o caramelo salgado.
Servir enquanto ainda mornos.


Beijinho e boa semana!

Passatempo "Natal é Partilha com Parmalat"

Está a decorrer um passatempo no site da Parmalat "Natal com Natas e/ou Béchamel"
Entrem neste link: ongy.me/natalepartilha e enviem as vossas fotos de uma receita com natas e/ou Bechamel e habilitem-se a ganhar um dos 5 tablets, que a marca tem para oferecer ás 5 melhores fotos.
Consultem também o site http://www.receitascomnatas.pt/





Todo o regulamento deste passatempo pode ser consultado aqui :
http://passatempo.receitascomnatas.pt/docs/regulamento-parmalat.pdf

PARTICIPEM!

Beijinhos e Bom domingo!

Guisado de Abóbora, com Feijão e Couve Lombarda

 Apesar dos dias andarem por aqui muito agradáveis e com sol, as noites e as manhãs têm sido bastante frias e quando pensamos no que fazer para o almoço ou para o jantar é as comidinhas reconfortantes que nos apetecem mais.
Esta receita de hoje. a fazer lembrar um prato alentejano que a minha mãe fazia muitas vezes, serviu para um almoço de domingo. Simples, delicioso e que nos aqueceu o coração!





600 g de abóbora, em pedaços
1 cebola grande
3 dentes de alho
1 lata grande, de feijão encarnado ou manteiga
1/2 couve lombarda, ripada grosseiramente
Azeite q.b.
1 folha de louro
Sal e pimenta moída Margão q.b.
1 malagueta
1 ramo de salsa






Numa caçarola (usei a da Celar que é fantástica), fazer um refogado com um fio de azeite, a cebola ás rodelas finas ou picadas grosseiramente, a folha de louro e os alhos picados. Assim que a cebola estiver dourada e transparente, junta-se a abóbora cortada em cubos.
Tapa-se o tacho e deixa-se cozer em lume brando, até a abóbora ficar bem macia, Finalmente junta-se o feijão, a malagueta em tiras e as folhas ripadas de couve lombarda e tempera-se de sal e pimenta.


Quando tudo estiver macio e cozido e o molho cremoso, retire e sirva de imediato, polvilhando com a salsa picada.

Caçarola com asas New Line Celar