Pin It button on image hover

Arroz de Tomate e Bacalhau

Adoro arroz de tomate e se lhe juntar de vez em quando umas lascas de bacalhau, fica uma refeição ainda mais completa, aconchegante e bem apetitosa. Também há por aqui fãs?




Para duas pessoas:

1 posta alta e grossa de bacalhau, previamente demolhado e em lascas
1 cebola
3 dentes de alho
1 folha de louro
2 tomates maduros
1/2 pimento, vermelho
1 cháv. bem cheia, de arroz
2 chávenas mais meia, de água
1 molho de coentros
Sal e pimenta q.b
Azeite q.b.
1 c. sopa de Grana Padano Galbani



Num tacho com azeite, deite a cebola e os alhos picados. Leve ao lume até dourarem e a cebola ficar translucida. Limpe o tomate de peles e sementes e junte-o ao refogado, cortado em pedaços, assim como o pimento e a folha de louro. Tempere de sal e pimenta e deixe cozinhar lentamente por alguns minutos.
Junte a água a ferver (usei o fervedor eléctrico) e logo depois deite o arroz.
Tape o tacho e deixe cozinhar, não esquecendo de rectificar os temperos. A meio da cozedura, junte entretanto as lascas de bacalhau.
Assim que o arroz estiver cozido, retire do lume e sirva, polvilhado com os coentros picados ou em folhas e o queijo ralado.

Simples, rápido e delicioso!
Beijinho e votos de um bom fim de semana...

Poppy Seed Cake de Frutos Silvestres

Chega mais um "Dia Um...Na Cozinha"  cujo tema é a despedida das férias e o dar as boas vindas a um novo recomeço: aulas, trabalho, rotina... Era pedido um Bolo de Frutas e este foi o que escolhi e onde usei os deliciosos frutos silvestres...




5 ovos
150 g de açúcar
300 g de manteiga, amolecida
200 ml de leite
100 g de sementes de papoila
200 g de farinha de trigo
100 g de farinha de avelã
1 pitada de sal
3 c. de chá rasas, de fermento em pó
1 lata de frutos silvestres, em calda Koala






Coloque os frutos silvestres numa peneira e deixe-as escorrer muito bem da sua calda.
Unte com manteiga, uma forma rectangular e reserve.Pré-aqueça o forno a 160 ° C. .
Leve ao lume o leite, juntamente com as sementes de papoila. Deixe ferver em lume médio/baixo, por cerca de 2-3 minutos. Retire, tape e deixe a repousar por pelo menos 10 minutos.
Entretanto peneire as farinhas com o sal e o fermento. Numa outra tigela, bata a manteiga e o açúcar, até obter uma mistura cremosa. Adicione os ovos, um a um, batendo entre cada adição, por pelo menos 30 segundos. Misture depois o leite com as sementes de papoila e, e em velocidade baixa, bata juntando a mistura de farinhas aos poucos, até ficar bem envolvida.
Despeje na forma, alise a superfície e espalhe os frutos silvestres sobre a massa.

























Leve ao forno por cerca de 40 minutos ou até que ao inserir um palito, este saia seco.
Sirva polvilhado com açúcar em pó.



Fofo e delicioso este bolinho, experimentem!

Pãezinhos a Vapor

Esta é uma receita básica e caseira, dos famosos pãezinhos chineses (Chinese Steamed Buns) que, em vez de serem cozidos no forno são feitos a vapor (os meus foram ao forno no fim, apenas para lhes dar um tom mais douradinho).
Usei a panela de vapor da Cuisine Companion e ficaram fantásticos!





250 g de farinha
100 g de água
30 g de leite
2 c. sopa de açúcar
1 c. chá, de fermento seco Fermipan
25 g de manteiga
1 c. sopa de sementes de sésamo dourado Margão

Acessórios:
Cuisine Companion/ Panela de Vapor





Coloque na taça da Cuisine Companion, a lâmina amassar/triturar e deite a água, o açúcar e o fermento e seleccione 40° C, 2 minutos,Velocidade 1. Junte a farinha, o sal e a manteiga. Seleccione o programa de massa P1 (com a tampa doseadora). Retire, faça uma bola e unte a superfície da massa com azeite.
Deixe a levedar por cerca de duas horas.
Forre a cuba de vapor, com papel vegetal e faça o mesmo no tabuleiro de vapor superior.
Estenda e estique a massa e corte-a em vários círculos iguais. Estique de novo cada círculo, dando a forma oval ou redonda e dobre. Pincele com azeite e polvilhe com as sementes de sésamo e disponha-os depois na cuba e tabuleiro de vapor e deixe que levedem por mais meia hora.


Adicione 0.7 L de água na taça do robot sem acessório, feche e, sem colocar a tampa reguladora de vapor, encaixe a panela de vapor. Inicie a cozedura no programa de vapor P2., 35 min.
Entretanto, aqueça o forno a 180 ºC.
Após finalizar a cozedura, transfira os pães para um tabuleiro de ir ao forno e deixe-os secar e dourar ligeiramente, por cerca de 2 a 3 minutos.


Sirva-os com carne picada, queijo fresco, tomate e alface ou compotas e marmeladas, isso agora fica à vossa imaginação e gosto...


Beijinho e uma feliz Quarta-feira!

Sumo de Funcho com Manga e Cenoura

Bolbo de Funcho ou Erva-doce é crocante e ligeiramente adocicado, dando um sabor muito fresco e agradável a este sumo que vos trago hoje.
Mais frequentemente associado à cozinha italiana e francesa, é uma excelente fonte de vitamina C e um antioxidante solúvel em água, capaz de neutralizar os radicais livres em todos os ambientes aquosos do organismo.
Sendo uma boa fonte de fibra, o funcho pode também ajudar a reduzir o colesterol e remove as toxinas essencialmente cancerígenas no cólon podendo também ser útil na prevenção de cancro do cólon.
É também  uma boa fonte de potássio, mineral que ajuda a baixar a pressão arterial alta, outro factor de risco, de acidente vascular cerebral e ataques cardíacos.
Bolbo, caule, folhas e sementes, tudo é comestível, reminiscente de alcaçuz e anis e similar ao aipo, o funcho tem uma textura crocante e estriada.
Bem mas depois de conhecermos um pouco mais sobre este ingrediente, passemos à receita deste sumo que como como vos disse é super delicioso, saudável e muito agradável...





1 bolbo de funcho
1 manga madura
3 cenouras
1 c. chá de gengibre fresco

Acessórios:
Espremedor de Sumos OPTIMUM700 da Froothie





Descasque a manga e corte em pedaços. Lave bem o bolbo de funcho assim como as cenouras e o pedaço de gengibre. Coloque tudo no OPTIMUM700 da Froothie e beba e desfrute de imediato ou reserve no frigorífico e beba-o bem fresquinho.


Beijinho e uma Feliz Terça-feira!

Salada Russa com Queijo Quark

Fazia tempo que não comia salada russa (ou Olivier Salad como é conhecida na Russia). Rica em legumes, a sugestão de hoje só tem duas diferenças, em vez de ter usado legumes frescos e cozê-los, usei a deliciosa mistura de legumes da Ponti e, ao invés de a ligar com maionese, optei pelo queijo quark e posso dizer que estava divinal....

Prato da colecção Arborescence da Revol





1 Frasco de "Mistura de Vegetais para Salada" da Ponti
150 g de queijo Quark
2 ovos cozidos
1 c. sopa de salsa fresca, picada








Escorra bem os legumes do frasco. Adicione o queijo quark e envolva delicadamente. 
Tempere a gosto e decore com os ovos cozidos.
Leve ao frigorífico (adoro bem fresquinha), ou sirva de imediato, polvilhada com salsa fresca picada.

Beijinho e votos de boa semana!