Pin It button on image hover

Bolo ao Vapor de Laranja e Iogurte

O primeito bolinho de 2017! Fiz na Cuisine Companion e posso dizer que fica super fofinho e muito aromático e nada atrás dos que se fazem no forno e de forma tradicional. Ora experimentem!






200 g de açúcar
250 g de farinha com fermento
2 c. sopa de farinha Maizena
1 c. chá de fermento Royal
4 ovos
Casca de uma laranja
Sumo de três laranjas
1 iogurte natural (150g)
A medida do copo de iogurte, de óleo


Acessórios:
Cuisine Companion da Moulinex






Coloque na taça com a lâmina amassar/triturar, o açúcar com a casca de uma laranja e seleccionar Pulse por 1 minuto e de seguida Vel.12 /1 minuto. Junte o sumo das 3 laranjas assim como os restantes ingredientes e programar 40 seg. Vel.7.
Deite o bolo numa forma, previamente untada e enfarinhada.
Encha a taça (limpa) com 0,7 L de água, tape e na Panela de Vapor da Cuisine Companion coloque a forma, envolvida em folha de alumínio mas fazendo-lhe alguns furinhos para que o vapor possa sair.


Seleccionar o programa de vapor P1, por 60 min.
Retire, e deixe arrefecer por completo, antes de o desenformar.
Sirva simples, ou decorado com açúcar em pó!

Bolo Rei em Dia de Reis

A receita já não é nova e está AQUI mas desta vez  com algumas alterações
E, porque em Dia de Reis, este magnifico bolo, tinha de ser feito e partilhado outra vez, verdade?






100 ml de leite morno
20 g de fermento de padeiro fresco
430 g de farinha sem fermento (tipo 55)
80 g de Vaqueiro líquida
80 g de açúcar
1 ovo e 2 gemas
1 pitada de sal
Raspa de limão
Raspa de laranja
Sumo de meia laranja
1 c. de sopa, de extracto de baunilha
Avelãs, cajus, nozes, amêndoas, passas Frutorra
Frutas cristalizadas q.b
Vinho da Madeira
1 gema para pincelar
Açúcar em Pó







Desfazer o fermento no leite, reservar.
Picam-se ligeiramente os frutos secos e as passas e põem-se a macerar num pouco de vinho da Madeira ou Porto. Reserve.
Numa tigela, coloque a Vaqueiro líquida, o extracto de baunilha, as raspa dos citrinos, o sumo de laranja e o ovo e as 2 gemas, previamente batidos.
Junte a mistura de leite e fermento, a farinha, o açúcar e o sal.
Amasse bem todos os ingredientes, tape e deixe a levedar por cerca de 2 a 3 horas.
Findo esse tempo, retirar a massa para uma superfície enfarinhada. Junte os frutos secos e as frutas cristalizadas e envolva tudo na massa, amassando-a mais um pouco.
Num tabuleiro de ir ao forno, coloque um tapete de silicone ou papel vegetal. 
Dê à massa a forma de coroa e leve ao forno a 50º C, a levedar por cerca de meia hora.
Pincelar depois o bolo com a gema de ovo e decorar com frutos secos a gosto e frutas cristalizadas.
Aumentar agora a temperatura do forno para os 180º C, e deixar cozer o bolo-rei por cerca de 20/25 minutos (vai depender de cada forno).
A 5 minutos do fim do tempo de forno, colocar o açúcar em pó.


FELIZ DIA DE REIS!

Compota de Batata Doce com Nozes

Nunca tinha feito, mas eis que esta compota me surpreendeu de forma muito positiva...





1 kg de batata doce
Sumo de um limão
1 pitada de sal
700g de açúcar
30 cl de água
15 cl de sumo de laranja
1 pau de canela
Nozes q.b.






Lave bem as batatas com a casca e leve-as a cozer, em água a ferver temperada de sal, por cerca de 30 minutos. Retire, escorra-as e deixe que arrefeçam. Retire a pele e esmague-as  com a ajuda de um garfo Junte o sumo de limão e misture.
Leve ao lume, a água com o sumo de laranja, o pau de canela e o açúcar. Deixe ferver enquanto vai mexendo.
Acrescente o puré de batata doce, mexa e deixe a cozinhar em lume brando por cerca de 25 minutos ou até o doce fazer ponto de estrada (faça um risco com a colher de pau se o fundo fizer uma estrada e ficar à vista, a compota está no ponto). Junte as nozes, picadas grosseiramente e envolva na compota. Retire do lume, deixe arrefecer e coloque depois em frascos esterilizados.


Espero que gostem e experimentem!

Rolo de Bacalhau e Gambão

Vi esta receita da Cátia Goarmon e não resisti a fazer também. Dei-lhe o meu toque pessoal e quero acreditar, que ficou igualmente maravilhoso!







3 postas de bacalhau
500g de Gambão
4 batatas médias
Molho bechamel q.b. Parmalat
2 cebolas grandes, picadas
3 dentes de alho
1 folha de louro
1 c. sopa de Vinho do Porto
2 c. sopa, de salsa picada
2 ovos cozidos


 




Coza o bacalhau com a batata, por cerca de 30 minutos (nos últimos 4 minutos junte os ovos e depois o gambão). Retire e escorra.
Desfaça a batata em puré, desfie o bacalhau grosseiramente, retirando-lhe peles e espinha, descasque o gambão e pique-o em pedaços (reserve alguns para  a decoração).
Num tacho com o fundo bem coberto de azeite, coloque a folha de louro, a cebola e os alhos picados para refogarem. Assim que ganharem um tom dourado e translúcido retire a folha de louro e junte a batata, o gambão picado e o bacalhau desfiado. Envolva bem, junte a salsa picada, o vinho do Porto e envolva de novo, deixando secar até querer começar a descolar do fundo e paredes do tacho.
Retire e coloque numa forma ou pirex de ir ao forno. Dê o formato de rolo e pincele-o com o molho bechamel. Leve ao forno a 180ºC, por 15 a 20 minutos.
Sirva decorado com os ovos cozidos em rodelas, o gambão inteiro reservado, e acompanhe com uma salada.


Beijinho e uma Feliz Terça-feira!

Empadão de Atum

Depois da azáfama que foram estes dias, cá estou de regresso! 

Hoje, trago-vos um empadão delicioso e reconfortante, e que faço muitas vezes.





1 cháv. de arroz agulha
4 latas de atum, ao natural
1/2 frasco Molho Tomate e Basilico Ponti
3 c. de sopa de polpa de tomate
2 cebolas, picadas
2 dentes de alho, picados
1/2 copo de vinho branco
1 folha de louro
Sal e pimenta q.b.
2 gemas de ovo, batidas com 1 c. chá de sumo de limão







Coza normalmente o arroz, em água temperada de sal. Depois de cozido (convém ficar soltinho), escorrer e reservar.
Numa frigideira larga, coloque a cebola e o alho a refogar, num pouco de azeite. Quando alourarem junte o tomate , deixe refogar mais um pouco e refresque com o vinho branco. Quando estiver bem apurado, juntar o atum bem escorrido. Tempere de sal e pimenta envolva bem todos os ingredientes e deixe apurar mais uns 3 a 4 minutos.
Colocar metade do arroz, no fundo de um pirex. Por cima, coloque a mistura de atum e tomate e finalmente cubra com o restante arroz. Pincele com a gema de ovo e leve ao forno até dourar.



Vejam no "O Que é Que se Come Aqui? , outra versão deliciosa deste empadão de atum!

Beijinho e feliz Terça-feira. Ahh e aproveito para vos desejar um BOM ANO!