Pin It button on image hover

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Pudim de Tapioca com Chocolate

A Enquantoempresa Portuguesa especializada na distribuição de produtos saudáveis e provenientes de agricultura biológica, foi fundada em 1995 especializou-se na distribuição por grosso, de alimentos Biológicos, representando marcas Europeias de renome. Foi também pioneira no lançamento de diversos produtos Biológicos em Portugal."Origens Bio" é disso exemplo,sendo uma gama de produtos criteriosamente seleccionados.
Desde o diagnostico de autismo feito ao meu filho João, que lhe temos dado uma alimentação mais saudável, livre de açucares, glutén e sem lactose por isso esta marca e empresa, tem sido uma mais valia e as suas bebidas de arroz são disso exemplo pois é o único, que dou agora ao meu filho.
Hoje apresento-vos aqui o leite de arroz e avelã que ele adora e que é fantástico. Sugiro-vos que experimentem e percebam assim do que falo....


Esta é uma sobremesa que além de saudável é deliciosa:

Pudim de Tapioca com Chocolate


1/2 cháv. de pérolas de Tapioca
2-1/2 chávenas de bebida dearroz e avelã  Origens Bio
1 pitada de sal
3 c. sopa de Geleia de Arroz
1 c. de sopa de maizena
1 c. de sopa de água
1 c. de chá de extracto de baunilha
Casca de 1/2 laranja
100 g de chocolate negro ou Belga












Deixar a tapioca de molho em bastante água, por pelo menos 3 horas, ou preferencialmente durante a noite.
Num tacho, colocar a tapioca hidratada e bem escorrida, juntamente com a bebida de arroz e avelã e a casca de laranja.
Levar ao lume a cozer durante 15 minutos, após este levantar fervura.
Desfaça a maizena na água e junte o extracto de baunilha. Junte ao preparado e continue a mexer até engrossar.
Retirar do lume e juntar o chocolate, envolvendo delicadamente para que este derreta completamente na mistura.

Nada mais simples e saudável, e é uma verdadeira delicia esta sobremesa!




sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Bolo de Coco Molhadinho

Uns quadradinhos deliciosos, fofos e com uma humidade perfeita e que vão deliciar não só a miúdos mas a graúdos.
A receita é da Cris Hanna do blog "O Clube do Bolinho" que aproveito para vos convidar a visitarem, pois está cheia de receitas deliciosas para a nossa bimby.







5 ovos
300 g de açúcar
250 g de leite (eu usei metade leite metade iogurte de coco)
300 g de farinha com fermento
1 c. de chá de fermento em pó
Q.b. de coco ralado, para polvilhar
.



Na bimby:
Colocar no copo a borboleta e deitar os ovos e o açúcar. Programar 9 min./37º/Vel.3 1/2. Acrescentar nos últimos segundos, o leite pelo bocal da tampa. Programar mais 15 seg, e deitar a farinha e o fermento, previamente peneirados.
Deitar a mistura numa forma rectangular untada e levar ao forno pré aquecido a 180º C,  por cerca de 25 minutos ou até palito sair seco.

Cobertura:
Junte 200 g de leite de coco com 200 g de leite e mais uma lata de leite condensado, mexa bem até tudo ficar bem dissolvido.



Cortar o bolo ainda quente aos quadrados e verter a calda por cima. Deixe a repousar por uma hora , polvilhe com o coco ralado e embrulhe em pequenos quadrados de papel de alumínio. 
Reservar no frigorífico até à hora de comer.

Dica: O ideal é fazerem de véspera.





Beijinho e bom fim de semana!

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Risotto de Abóbora para um Aniversário!

Simples mais simples não há e este prato é uma verdadeira delicia...



Quando vi este pedido de uma receita pela Maria João, para levarmos para o aniversário do seu blog o Ponto de Rebuçado Receitas não resisti e muito menos, podia faltar à sua festa
Minha querida Maria João, deixo então na tua mesa festiva, e de modo a celebrarmos o aniversário do teu blog, não um doce (pois sempre me chamam de gulosa), mas este meu risotto que espero, seja do teu agrado e agrade também a todos os "convidados".

2 colheres de sopa de manteiga sem sal
1/2 cebola picada
3/4 de cháv. de arroz "arborio" 
1/2 cháv. de vinho branco seco
3 a 4 cháv. de caldo de legumes bem quente
1/2 cháv. de abóbora, cozida e feita em puré
Queijo parmesão ralado q.b.
1/4 c. de chá de pimenta caiena Aromas e Especiarias
Salsa picada para decorar


Numa panela, derreta a manteiga e adicione a cebola. Refogue até esta ficar macia e translúcida, cerca de 5 minutos. Adicione o arroz e mexa. Após uns 2 minutos,  adicione o vinho para refrescar. Cozinhe, abanando ocasionalmente, até que o vinho tenha sido totalmente absorvido.
Adicione agora uma chávena de caldo e continue a cozer, mexendo sempre, até que o caldo tenha sido absorvido.
Repita estes passos, acrescentando mais caldo até que este seja absorvido ou até o arroz ficar "al dente" e cremoso.
Retire do lume, junte de imediato o puré de abóbora, o parmesão, a pimenta caiena e sal a gosto.



terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Salada de Chuchu com Manga e Feijão Verde


Deram-me um saco tão grande  e tão cheio de chuchus, que tive de arranjar uma solução que não fosse a de congelar para usar na sopa.
Esta é uma salada simples mas acreditem, deliciosa e óptima como acompanhamento, em vez da típica salada de alface ou tomate.
Outras receitas virão depois, com este legume cheio de benefícios para nós...



2 Chuchus
150 g de feijão verde, cortado em juliana
Tomates cereja q.b.
1 ramo de salsa ou coentros, picados
1 manga madura
1 malagueta vermelha

Vinagrete 
3 c. sopa de vinagre de maçã
1/2 colher de chá de mostarda dijon
1 c. sopa de mel Finos Segredos
3 c. sopa de azeite





 
Descascar os chuchus, retirando-lhe o centro.


Com a mandolina da Borner, cortar os chuchus e a manga em palitos, conforme se vê na foto.




Leve ao lume,  uma panela de água até que ferva. Adicione o feijão verde e uma pitada de sal e deixar cozer tapada, por 3/4 minutos. Escorrer e reservar.
Enquanto isso, coloque o chuchu numa tigela  e polvilhe também com uma pitada de sal. 
Leve ao microondas, tapado com uma tampa própria para o efeito, e cozinhe por 2 a 3 minutos, na potencia máxima.

Numa tigela, colocar os legumes escorridos e arrefecidos. Adicione o tomate cereja, cortado ao meio (ou inteiro), a manga, as tiras de malagueta e a salsa ou coentros picados. 
Envolva e rectifique os temperos.
Bata todos os ingredientes do vinagrete, regue a salada e sirva de imediato!


segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Leite Creme de Abóbora e Cardamomo


Quando vi esta receita de papas de abóbora no blog da querida Margarida o "As Doces Iguarias da Magy",  achei  muito interessante e era algo que nunca tinha feito.
Adaptei e fiz algumas alterações à receita (espero que a Margarida não leve a mal), e resultou não numas papas, mas num leite creme igualmente delicioso. Espero que gostem também.
Beijinho Margarida não fosses tu, e não tinha provado esta maravilha!

500 g de abóbora, cozida e bem escorrida
700 ml de leite
Casca de 1 laranja
1 pau de canela
2 sementes de Cardamomo (parte interior)
250 g de açúcar
2 c. de sopa de maizena
3 gemas
Canela para polvilhar


Numa panela coloca-se a abóbora previamente cozida, com meio litro de leite, o pau de canela, as sementes de cardamomo esmagadas e a casca de laranja. Leva-se ao lume para que ferva.
Aos poucos, acrescentar o restante leite onde se desfez a maizena, as gemas e o açúcar mas mexendo sempre, até engrossar o suficiente.
Retirar o pau de canela e a casca de laranja e se for preciso triturem um pouco, para ficar mais cremosa.
Deitar em pratos ou taças e polvilhar com canela a gosto.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Pudim de Chocolate com Avelã e Nozes

Em dia de festas ou para quando temos convidados gulosos, esta torna-se a sobremesa perfeita
Desta vez fi-lo não em dia de festa ou ocasião especial mas num fim de semana depois do fim do ano, altura em que, quase sempre nos sobram alguns frutos secos. Tinha uma mão cheia de nozes e avelãs e, antes que começassem a perder a sua graça, resolvi metê-los num pudim. Este foi o resultado final...









150 g de nozes e avelãs
2 latas de leite condensado Nestlé
230 ml de leite
2 ovos + 1 gema
1 c. de sobremesa de café solúvel
2 c. de sopa de cacau (de boa qualidade)
Caramelo líquido, para forrar a forma


Pré-aqueça o forno a 200º C.
No copo da bimby, coloque as nozes e as avelãs. Triture-as por uns segundos na vel. 5 ou até ficarem quase em farinha.
Colocar depois a borboleta no copo, assim como os restantes ingredientes e programar 3 min./Vel 2.
Deitar a mistura na forma previamente caramelizada e cobrir com uma folha de alumínio.
Colocar na parte mais baixa do forno e levar a cozer em banho-maria, por cerca de 1 hora.


Espero que gostem!
Entretanto relembro o desafio que decorre entre o meu blog e a Dulcis e para o qual conto convosco. Visitem e consulte este link e saibam como concorrer e habilitarem-se assim a maravilhosos prémios.
Beijinho e bom fim de semana!

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Rancho

Gosto tanto deste prato que nem imaginam, e sabe ainda melhor em dias frios como os que se têm sentido e onde procuramos algo que nos conforte até à alma...


Usei mais uma vez a maravilhosa tampa-flor da Kochblume, desta vez para cozer os brócolos e o repolho ao vapor...


2 c. de sopa de azeite
2 d. de alho, descascados e picados
2 cebolas, descascadas e picadas finamente
3 cenouras, descascadas, e cortadas em cubos
1 folhas de louro
3 tomates maduros, pelados e picados grosseiramente
1 frango
500 g de vitela para estufar
1 chouriço de carne
1 batata grande, descascada e cortada em cubos
2 latas de grão-de-bico, cozido
1 repolho ou lombarda, picada grosseiramente
1 cháv. de brócolos
½ chávena de massa
1 pitada de sal
1 malagueta
1 c. de chá de paprika fumada Aromas&Especiarias
Uma pitada de pimenta caiena Aromas&Especiarias




Comece por cozer as carnes em água temperada com sal.
Retire mas reserve a água da sua cozedura. Desfie o frango e a vitela, reserve.
Aqueça numa panela média, o azeite e salteie a cebola, o alho, o louro e a cenoura. Deixe a cozinhar lentamente por alguns minutos, mexendo de vez em quando.
Adicione o tomate, salteie até este se desfazer e só depois junte as carnes desfiadas. Refresque com um gole de vinho branco e deixe refogar mais um pouco.
Junte a batata, a paprika fumada, o grão e água q.b reservada, do cozido das carnes. Tape com a tampa-flor e sobre ela coloque os brócolos e o repolho. Tape com uma outra tampa e deixe a cozer por mais 10/15 minutos. Rectifique os temperos e adicione mais água se necessário pois este prato quer-se com molho.
Sirva de imediato, juntamente com o repolho e os brócolos.



quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Tarte de Amêndoa

Bom Dia!


Andava para fazer esta tarte à imenso tempo mas havia sempre qualquer coisa que adiava esse acontecimento. Ao ver um dia destes, a tarte de uma amiga no facebook, não perdi tempo e fui fazê-la, antes que algo surgisse e de novo adiasse este momento. Ainda tive a generosidade dela, que me facultou a receita, eu só fiz umas ligeiras alterações e adaptei à bimby. Obrigada Titá, nem sei que te diga.....maravilhosamente boa!

200 g de farinha
1 c. de chá de fermento
150 g de açúcar
100 g de manteiga de amêndoa ( usei da Myprotein)
2 ovos

Cobertura:
150 g de amêndoa laminada
100 g de açúcar
100 g de manteiga
60 g de leite

Pré-aquecer o forno a 180º C.
Coloque todos os ingredientes da massa, no copo da bimby e programar 15 seg./Vel. 6.
Coloque a massa na tarteira e leve ao forno por 20 minutos.
Enquanto isso faça a cobertura, colocando todos os ingredientes no copo. Programar 90º/8min./Vel. Colher Inversa.
Cubra a massa com a amêndoa e leve de novo ao forno até ela alourar.
Deixar arrefecer por 10 minutos antes de desenformar.


Uma massa macia e húmida e a cobertura crocante, fazem desta tarte uma deliciosa maravilha...


terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Passatempo "Dulcis" e "Receitas para a Felicidade!"

BOM DIA!

Hoje não trago uma receita, mas sim um desafio muito doce e por tudo isso, considero já este passatempo o mais doce da blogosfera. Não vão querer deixar de participar, pois não?

Conto com todas/os vós para este desafio!

Vamos então ás regras?

valentine03
Como vos disse, este é então um desafio "Dulcis" em parceria com o "Receitas para a Felicidade":

A pensar no dia dos namorados, lançamos o novo desafio Dulcis “Paixão, Amor e Dulcis”.
Este desafio está aberto a todas as pessoas que queiram participar e irá culminar na eleição do Bolo dos Namorados Dulcis 2015.
Para a participação ser válida, deverá seguir os seguintes critérios:
-Apenas serão válidas receitas de bolos. Podem no entanto, participar as vezes que quiserem.
-A data limite para o envio das receitas seriá dia 12/2 até às 23:59 e a vencedor/a será anuciado/a dia 14/2.
-A eleição do 1º, 2º e 3º lugar será decidido por um júri da Dulcis, onde os/as premiados/as receberão as seguintes ofertas:

1º Prémio
Cabaz composto por:
  • Dulcibrilho Caramelo 200g;
  • Dulcicreme Canela 600g;
  • Dulcis Frutos Silvestres S/Açúcar 600g;
  • Dulcisumo Laranja 700g;
  • Dulcitop Caramelo Líquido 700g;
  • Revista Momentos Dulcis;
  • Autor/a Bolo dos Namorados Dulcis 2015 – Associação do/a vencedor/a a este bolo durante o ano de 2015 e receita colocada no site Dulcis.

2º Prémio
Cabaz composto por:
  • Dulcis Maracujá 200g;
  • Dulcipasta Maracujá 200g;
  • Dulcipolpa Maracujá 180g;
  • Revista Momentos Dulcis.
3º Prémio
Desconto de 30% na próxima encomenda online (não acumulável com outros descontos em vigor).

Desde já quero em meu nome e da "Dulcis" desejar-vos muita sorte e ficamos a aguardar já muito ansiosos, pelas as vossas criações que tenho a certeza vão surpreender. Ponham então o vosso talento em acção assim como o vosso amor e  PAIXÃO e preparem o melhor bolo, alusivo ao "Dia dos Namorados".

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Smoothie de Frutos Vermelhos e Sidra de Maçã

Nada como um batido revigorante, para combater as adversidades deste inverno...
Não há corpo que aguente este tempo que se tem mostrado bem rigoroso e, para o combater e dar alguma energia, aqui vos deixo este batido delicioso.

1 copo de frutos vermelhos congelados
1 copo bem cheio de Sidra de Maçã (comprei no IKEA)
Mel (opcional)


Triture os frutos vermelhos congelados, juntamente com a sidra de maçã até conseguir uma mistura bem cremosa e homogénea. Se achar espessa, junte um pouco mais de sidra.
Eu não adocei, mas podem juntar também um pouco de mel.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Noodles de Curgete com Tomate Cereja e Cogumelos

Uma refeição simples e deliciosa onde utilizei o meu novo brinquedo: a mandolina da Borner
Neste caso mais preciso, usei o Ralador Roko com que fiz uma espécie de esparguete de curgete e cenoura.
Mas o ralador em si e mais completo é fantástico, com ele corto legumes ás rodelas ou em palitos, finos ou mais grossos enfim e ainda com outro pormenor importante, dura uma vida e isso, sente-se quando o utilizamos pois conseguimos perceber que temos ali uma mandolina para a vida.
Agradecer à Borner pelo miminho e oportunidade fantástica. 

Se quiserem também ter um, é só entrarem no site ou na página da Borner no facebook e deixar mensagem com a vossa encomenda.
Não se vão arrepender, garanto-vos!




Noodles de Curgete com Tomate Cereja e Cogumelos



2 dentes de alho
Azeite
200 g de cogumelos
2 curgetes
1 cenoura
150 g de tomates cereja

Com o Ralador Roko corte a curgete em forma de esparguete, assim como a cenoura e reserve.













Numa frigideira larga, coloque um fio de azeite e frite os dentes de alho esmagados.
Junte depois os cogumelos em rodelas para saltear até dourarem ligeiramente. Coloque os tomates cereja assim como os fios de curgete na frigideira e envolva com cuidado na mistura para que tomem o gosto.
Deixe a saltear um pouco, tempere de sal e sirva de imediato.
Querem coisa mais simples?

Beijinho e bom resto de semana!

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Bolo Rei Citrico com Marmelada e Frutos Secos

Um Bolo-rei delicioso, fofo e diferente mas é aquele de que todos gostamos cá em casa. Além disso, nada como algo caseiro para festejar o Dia de Reis, que ontem se comemorou, verdade?
Em vez das frutas cristalizadas, usei os frutos secos e a marmelada e, ao seu sabor para além dos cítricos, usei também o gengibre. Como toque final, adicionei à massa algumas sementes de papoila.
Espero que gostem desta receita que serviu também para participar no passatempo da Vaqueiro no Facebook e que (acabei agorinha mesmo de saber) tive a sorte de ganhar Yupiii! O prémio? É um fantástico Robot da Philips. Estou mesmo feliz!



100 ml de leite morno
20 g de fermento de padeiro fresco
430 g de farinha sem fermento (tipo 55)
80 g de Vaqueiro líquida
80 g de açúcar
1 ovo e 2 gemas
1 pitada de sal
Raspa de limão
Raspa de laranja
Sumo de meia laranja
Raspa de um pedaço de gengibre fresco
1 c. de sopa, de aroma de baunilha
1 c de café, de sementes de papoila
Avelãs, caju, amêndoas, alperces e cranberries secos e passas q.b
Vinho da Madeira (meio doce)
1 Gema para pincelar
Rectângulos de marmelada
Açúcar em Pó



Desfazer o fermento no leite, reservar.
Picam-se ligeiramente os frutos secos e as passas e põem-se a macerar num pouco de vinho da Madeira ou Porto. Reserve.(dica da Elsa)
Numa tigela, coloque a Vaqueiro líquida, o aroma de baunilha, as raspa dos citrinos e do gengibre, o sumo de laranja e o ovo e as 2 gemas, previamente batidos.
Junte a mistura de leite e fermento, a farinha, o açúcar e o sal.
Amasse bem todos os ingredientes, tape e deixe levedar por cerca de 2 a 3 horas.
Findo esse tempo, retirar a massa para uma superfície enfarinhada. Junte metade dos frutos secos assim como as sementes de papoila e envolva tudo na massa, amassando-a mais um pouco.
Num tabuleiro de ir ao forno, coloque um tapete de silicone ou papel vegetal. 
Aqui neste passo, usei mais uma vez uma dica de uma amiga muito talentosa a Elsa  e, depois de dar à massa a forma de coroa levei ao forno a 50º C, a levedar por cerca de meia hora.
Pincelar depois o bolo com a gema de ovo, decorar com as restantes passas e frutos secos e pedaços de marmelada.


























Aumentar agora a temperatura do forno para os 180º C, e deixar cozer o bolo-rei por cerca de 20/25 minutos (vai depender de cada forno).
A 5 minutos do fim do tempo de forno, colocar o açúcar em pó e mais alguns pedaços de marmelada.




sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Lombos de Pescada ao Vapor com Lima e Chili

Bom dia, e aproveito para vos desejar UM BOM ANO a todas/os, quantos me visitam aqui e na minha página do facebook.
Hoje, venho apresentar-vos um novo "Gadget" e já um vicio de utilização na minha cozinha. 
A nova Tampa-flor da Kochblume.




A Tampa-Flor, tal como o nome indica, serve de tampa e adere hermeticamente ao recipiente que usarmos, fazendo com que o excesso de espuma permaneça à volta das pétalas, impedindo o transbordamento. Serve também como tampa anti salpicos, tanto para usar na frigideira no fogão, como no microondas e ainda no forno.
Sem medo das temperaturas, ela está preparada para suportar temperaturas entre -60º e 230º, e até 300º em períodos curtos, o que permite utilizá-la em toda a nossa cozinha.
A Tampa-Flor é 100% constituída por silicone alimentar, certificado pelas normas alemã LFGB e a americana FDA, sendo por isso um utensílio maleável, de fácil utilização e adaptável a qualquer recipiente. A sua estrutura, formada pela base e pétalas, foi concebida para fazer da Tampa-Flor um utensílio único, que nos permite, substituir as tampas tradicionais que temos na nossa cozinha. 
Para lavar, nada mais fácil e.tanto pode ser lavada à mão como na máquina de lavar a loiça.


Vou agora dar-vos uma receita deliciosa, simples e saudável e exemplo de como podem utilizar a Tampa-flor:


Lombos de Pescada ao Vapor com Lima e Chili





 2 lombos de pescada (ou de outro peixe a gosto)
3 dentes de alho picados
3 colheres de sopa de sumo de limão
5 malaguetas (usei verdes e vermelhas)
1/2 Caldo de galinha
Água q.b.
1 colher de chá de açúcar
Coentro frescos picados
Rodelas finas de lima, para guarnecer

1 ramo de tomilho




Uma hora antes, tempere os lombos de pescada com sal e pimenta.
Numa tigela pequena, misture os alhos picados, o sumo de limão, as malaguetas em rodelas e uma pitada de açúcar.
Leve um tacho ao lume com água e a metade do caldo de galinha e tape com a tampa flor. Assim que ferver, coloque sobre ela o peixe, o ramo de tomilho e regue com o molho de alho e limão. Tape com uma tampa de vidro ou a do microondas , e deixe cozer a vapor por 12 a 15 minutos, ou até que o peixe esteja ao seu gosto.







Sirva o peixe de imediato, juntamente com um pouco do caldo e polvilhado com os coentros, mais algumas malaguetas e as rodelas de lima a guarnecer.
Acompanhei também com arroz basmati, servido à parte.





Espero que gostem da sugestão!

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Azevias com Recheio de Batata Doce, Amêndoa e Gila

Hoje venho deixar-vos a receita das azevias ou corro o risco das festas passarem e não vos dar a oportunidade de as fazerem também, quem sabe para o réveillon (embora sejam boas em qualquer altura do ano). A bimby veio facilitar tudo e a massa, faz-se agora num instante. Quanto ao recheio, desta vez usei a receita de uma querida amiga a Lilia do "Em Ponto de Rebuçado" e confesso que foi um sucesso.
Fiquem então com esta delicia, típica do meu Natal e que, feita à mão ou com a bimby, vai brilhar de certeza na vossa mesa...




Massa:
50 g manteiga
15 g azeite
120 g água
1 pitada de sal
280 g farinha

Coloque no copo a manteiga e o azeite e programe 2 min/100°C/Vel 2.
Junte depois a água, a farinha e o sal e misture 20 seg/Vel 6.
Retire e deixe descansar por cerca de 2 horas.



Recheio:
400 g de batata doce cozida
120 g de miolo de amêndoa
100 g de doce de gila da Finos Segredos
250 g de açúcar
65 g de água
1 c. sobremesa de canela em pó
Casca de 1 limão






Preparação:
No copo da bimby bem seco, coloque o açúcar, pulverize por 20 seg./Vel. 9, reserve.
Coloque a amêndoa no copo e pulverize também mas por 10 seg/ Vel 9, reserve.
Deite a água e o açúcar reservado no copo e programe 4 min/ Varoma/ vel 1.
Acrescente a batata doce cozida e programar 20 seg./Vel. 5-7-9 ou até ficar um puré bem cremoso e sem grumos.
Acrescente depois a canela, a casca do limão e o doce de gila e programe 4 min/100º/ Colher inversa/ Vel 1.
Junte a amêndoa reservada e programe mais 2 min/ 100º/ Colher inversa/ vel 1.

Deite o preparado num recipiente e deixe arrefecer completamente (podem se preferirem, fazer de um dia para o outro).

Numa superfície polvilhada com farinha, estenda a massa, o mais fina possível, com a ajuda de um rolo e recheie com o creme de batata doce e amêndoa.
Frite em óleo quente e coloque depois as azevias sobre papel absorvente.

Dica:Só quando arrefecerem um pouco as devem envolver em açúcar e canela.

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Tábua de Natal Boursin e... BOAS FESTAS!

Tinha dito que só voltava depois do Natal pois por aqui a azáfama é muita nesta altura e é altura de nos dedicarmos mais à familia e a recebê-la bem. Mas, quando a Bel me desafiou a fazer uma tábua de queijos e oferecendo-me alguns miminhos, eu não resisti e aqui estou eu, a apresentar aquela que é para mim uma deliciosa forma de os apresentar e degustar.



A Bel como devem saber, é a empresa líder do mercado de queijo em Portugal, liderando os segmentos de queijo flamengo como as marcas Limiano e Terra Nostra, bem como o segmento de queijo fundido com a marca A Vaca que ri.

Em Portugal a Bel tem 3 fábricas (1 em Portugal Continental e 2 nos Açores) em que são produzidas as marcas nacionais de queijo: Limiano e Pastor (Continente), Terra Nostra e Loreto (Açores).
Além de queijo, a Bel produz e embala manteiga (Loreto) e o leite UHT (Terra Nostra e Loreto).
A Bel comercializa também as marcas internacionais do grupo: A Vaca que Ri, Mini Babybel, Boursin e Leerdammer.
Em cada uma das suas marcas a Bel proporciona aos seus consumidores uma proposta de valor diferenciada e que procura ir ao encontro das suas necessidades e desejos.
E se a missão da Bel é oferecer sorrisos, quando recebi estes miminhos da Boursin foi isso que aconteceu a mim, e a toda a família aqui em casa.
Boursin é uma marca de queijo fresco francesa com mais de 50 anos e de origem artesanal.
Sofisticado, com uma textura bem cremosa e com um sabor intenso, combina queijo fresco com aromas especiais e delicados, resultando num sabor único.

Produtos LeerdammeriNa gama de Boursin Original, a marca apresenta 3 variedades:

BOURSIN ALHO E ERVAS
BOURSIN ALHO E ERVAS LIGHT
BOURSIN PIMENTA PRETA

e ainda as variedades BOURSIN SALADAS E APERITIVOS
ALHO E ERVAS
e NOZES A AVELÃS



Aqui vos deixo então a minha proposta para uma tábua de Natal para degustar estes dias com a família e amigos, em bom e animado convívio e de certeza a fazer nascer muitos sorrisos.


Para o efeito, coloquei uma serie de frutos secos, azeitonas verdes, uvas, bolachinhas salgadas e os ingrediente principais o Boursin saladas e aperitivos de Nozes e Avelãs (super delicioso) e os queijos Boursin Alho&Ervas (cremosos e intensos no sabor). Acompanhe com um bom vinho e claro, com os amigos e família à sua roda.
#tabuanatalboursin 


 Despeço-me então com esta sugestão e deixo-vos os votos de um Feliz Natal!


sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Muffins de Rabanadas Com Gelado de Café

Mês de Natal, mês de reforçar laços, e a poucos dias de juntar a família à mesa. No que toca a receitas, porque não dar à tradição um novo ar, sobretudo naquelas iguarias que tanto gostamos de ter na mesa nesta altura.
Uma delas são as rabanadas, e foi o que fiz. Em vez de fritar, levei-as ao forno mantendo a sua essência, mas tornando-as mais saudáveis.
E que bem que elas sabem com um café, verdade?
Mas porque não, inovar também nesta matéria e servi-las não com um café quentinho mas sim com um gelado de café?
Uma delicia, garanto-vos e aposto que não resistem a fazer esta sobremesa para colocar na vossa mesa de Natal...




3 ovos grandes
Meia cháv. de leite
2 c. de sopa de açúcar mascavado
2 c. de chá de canela
5 fatias de pão de véspera, cortado em cubos (eu usei um pãozinho de trigo integral)

Mel q.b. ou Maple Syrup para a decoração
Gelado de café (usei o da CarteD´OR, que é delicioso)

Pré-aqueça o forno a 180º C.
Numa tigela coloque todos os ingredientes, excepto o pão e bata bem.
Mergulhe agora sim na mistura, o pão em cubos e deixe a amolecer por uns minutos.
Distribua os pedaços de pão, ligeiramente escorridos,  pelas forminhas de mufins, calcando bem.
Leve agora ao forno a assarem, por cerca de 20/25 minutos.
Retire, e deixe que arrefeçam em cima de uma grelha e só depois, regar as rabanadas com o mel ou Maple Syrup.
Acompanhe com uma bela bola de gelado de café e deliciem-se...



Esta receita serviu para um passatempo da Carte D´OR na sua página de facebook mas com ela vou também, com esta receita natalícia, participar no "Passatempo Natal da Clarinha". do blog "Receitas e truques da Clarinha"
Espero que gostem e ela também!
Agora despeço-me pois vou entrar em modo "pausa" pois nesta altura, como devem calcular o tempo é todo dedicado à família.
Prometo voltar depois do Natal!

Até lá BOAS FESTAS a todos os visitantes e seguidores do "Receitas para a Felicidade" e em meu nome, e que tenham no sapatinho, tudo o que mais desejarem!

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Pão Naam com Caril de Cogumelos



Bom dia! Aqui estou eu a responder a mais um desafio e desta vez é o "Amigo Blogger Secreto", uma iniciativa feliz da Ana, do blog  "Da Nossa Cozinha" e  a cujo convite para fazer parte, eu aceitei de imediato.

Este desafio consistia no seguinte:
- Conhecer o/a blogger que nos calhou em sorteio, um pouco melhor, através do seu blog/ Facebook/ Instagram. 
- Pensar depois numa receita com a qual iríamos presentear "o nosso amigo secreto".
- Fazer um post no dia 17/12 (hoje), indicando o "Amigo Blogger Secreto", identificando o blog em questão, e incluir uma receita (ingredientes + preparação) e foto(s) do que se confeccionou. 


O blog que me calhou, era para mim desconhecido mas foi uma surpresa agradável descobri-lo. Falo do "Alecrim Aos Molhos" o blog da Cátia com receitas saudáveis e vegetarianas e muito, muito mais. Se ainda não o conhecem, descubram-no também, clicando no link acima.
Pensei na melhor forma de a presentear neste dia e achei que, fazer uma receitinha sua (com ligeiras alterações, podia ser uma boa ideia e se assim o pensei assim o fiz e escolhi não uma, mas duas receitas que se conjugam na perfeição.
Resta dizer que aqui em casa adorámos! 
Não sei se vou surpreender ou agradar a minha blogger secreta, mas espero que sim, pois fiz e preparei tudo com muito carinho.





Para o Pão Naan:

3 chávenas de farinha de trigo
¾ de chávena de leite de aveia morno
½ chávena de iogurte natural
1 colher de café de açúcar mascavado
2 colheres de chá de fermento do padeiro
½ colher de chá de fermento químico
Alho em pó q.b.
1 pitada de sal
Coentros frescos picados

Peneirar para uma tigela, a farinha, o sal, os fermentos, o alho em pó e o açúcar. Junte depois o leite e o iogurte, até conseguir uma massa macia e fácil de manusear. Levedar entre uma a duas horas.
Dividir a massa em bolinhas de tamanho igual e estender em forma de circulo, numa superfície enfarinhada
Aqueça bem uma frigideira anti-aderente e coloque nela um circulo de massa até que a parte de baixo fique douradinha e retire. Faça o mesmo com os restantes circulos de massa.
Aqueça o forno, ligando o grelhador e coloque os pães com a parte branca, virada para cima para dourarem também. Retire e reserve.


3 dentes de alho picados
300 gr de cogumelos, cortados grosseiramente
4 tomates cortados em cubos
1 pimento vermelho,cortado em cubos
2 colheres de sopa de caril
200ml de leite de coco
1 colher de sopa de farinha Maizena
2 colheres de sopa de água
Azeite q.b.

Saltear os cogumelos numa frigideira com azeite e reservar.
Refogar num pouco de azeite, a cebola, o alho e o pimento, adicionando, depois o caril e o tomate. Reduzir o lume e deixar apurar uns minutos, enquanto mexe. Adicionar, depois, o leite de coco e deixar ferver por mais uns 3 minutos e triturar tudo com uma varinha mágica (eu triturei apenas um pouquinho, deixando o molho mais grosseiro).
Juntar os cogumelos e a farinha maizena, previamente dissolvida na água, e mexer até engrossar um pouco.
Servir este delicioso caril guarnecido com os coentros picados e com o pão Naam.

Termino este post, com um beijinho para a Cátia e outro para a Ana e deixando-lhes os meus votos de um Feliz e Santo Natal e um Ano Novo com tudo de bom, e todo o sucesso do mundo para os seus blogs.