Pin It button on image hover

terça-feira, 21 de abril de 2015

Peitos de Frango com limão e salteado de Espargos

Ficaram mesmo deliciosos estes peitos de frango e os espargos que eu adoro, foram o acompanhamento perfeito!



5 peitos de frango limpos e sem peles
1/2 cháv. de farinha integral
1 c. de chá de flor de sal
2 c. de sopa de manteiga
200 g de espargos
2 limões, cortados em rodelas




Envolva os peitos de frango em película aderente. Corte os talos mais rijos dos espargo e coloque ambos, em cima da tampa-flor. Leve ao lume, um tacho com água e assim que esta ferver baixe o lume e cubra com a tampa-flor da Kochblume e coza a vapor por 4 minutos.








Coloque a farinha e a flor de sal num prato raso. Retire os peitos de frango da película e passe-os pela mistura de farinha.
Derreta a manteiga, sem deixar queimar, numa frigideira grande e em lume médio. Adicione os pedaços de carne e deixe que alourem por cerca de 4 minutos enquanto os polvilha com um pouco de pimenta e piripiri moído. Retire e transfira para uma travessa.
Adicione agora na frigideira, as rodelas de limão e os espargos cortados em pedaços, e deixe saltear até que caramelizem um pouco. Adicione de novo os peitos de frango e deixe por mais um minuto.
Retire e sirva de imediato!



Espero que gostem, tanto como nós gostámos. 
Beijinho e feliz semana!

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Bolo de Chocolate e Avelã (sem Farinha)


Lembram-se do ultimo post? Nele, falei-vos do chufamix e de um leite ou bebida deliciosa de avelãs. 
Mas não falei, do que fiz com as avelãs raladas que ficaram no filtro, sim porque tudo o que fica no filtro do chufamix se converte e utiliza numa outra receita e esta delicia foi o que fiz para usar este maravilhoso ingrediente:




Bolo de Chocolate e Avelã (sem Farinha):




400 g de avelãs raladas (eu usei como disse as do ultimo post),
foto ao lado
1 c. de sopa de cacau em pó, usei da Condi
250 g de chocolate negro ( 70% cacau), em pedaços
200 g de manteiga
180 g de açúcar
5 gemas de ovos
1 pitada de sal
Avelãs inteiras,torradas para a decoração
Açúcar em pó



Cobertura:
100 g de açúcar refinado
100 ml de água
50 g de chocolate negro
20 g de manteiga








Unte com manteiga, o fundo e os lados de uma forma de 23 cm, de seguida polvilhá-la com o cacau em pó da Condi.
Forre o fundo com papel vegetal. Reserve.



Coloque o chocolate a derreter em banho-maria e deixe arrefecer.



Bata a manteiga e o açúcar até formar um creme. Adicione as gemas, uma de cada vez, batendo bem entre cada adição e adicionando uma pitada de sal com a última gema. Com uma espátula ou fouet envolva na massa, as avelãs e o chocolate.



Deite a  mistura na forma e alisar.

Levar ao forno por cerca de 45 minutos, ou até que um palito inserido no meio, saia ligeiramente seco.

Inverter o bolo sobre uma grade para que arrefeça, removendo a base de papel vegetal.







Para fazer a cobertura:
Num tachinho, coloque o açúcar e a água e leve ao lume, mexendo para dissolver o açúcar.
Deixe ferver por cerca de 3 minutos. Retire do lume, e assim que arrefecer um pouco, junte o chocolate e a manteiga, mexendo até que tudo esteja derretido, misturado e brilhante.
Despeje sobre o bolo e decorar a gosto com as avelãs inteiras e o açúcar em pó.






Beijinho e BOM FIM DE SEMANA!

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Leite de Avelã Caseiro com o Chufamix



Desde que descobri o Chufamix, que fiquei logo muito curiosa e sobretudo desejosa de o experimentar. Trata-se de um espremedor não eléctrico, de sementes, frutos secos, cereais e vegetais.

De uso simples e muito pratico, é um utensílio de cozinha multi-funcional  que vai permitir-vos elaborar deliciosas bebidas vegetais naturais de uma forma simples, económica, e saudável. Podem assim ter sempre à mão, bebidas de frutos secos, bebidas vegetais de cereais e sementes, batidos de frutos, cocktails, sumos vegetais... da natureza directamente para o nosso corpo.
Só posso dizer que adorei, e estou muito feliz com esta minha nova aquisição pois, de forma muito simples, consigo mesmo tirar o máximo partido de frutos secos como a amêndoa, a avelã (receita de hoje) mas também da soja, arroz, cânhamo, etc. e conseguir assim uma deliciosa bebida vegetal.








Em Portugal, podem adquiri-lo através do site "Loja da água by Ribablue" e ali encontram também um pdf ,de receitas chufamix que podem carregar gratuitamente.
Deixo-vos no entanto com este video muito interessante, só para terem uma ideia de como é pratico e útil, o uso do chufamix:




Leite de Avelã caseiro







2 cháv. de avelãs, torradas e sem pele
4 cháv. de água
1 pitada de flor de sal
½ fava de baunilha raspada (opcional)
2 c. de chá.de maple syrup ou mel




Comece por assar as avelãs:
Ligue o forno a 170º graus C. , espalhe as avelãs no tabuleiro do forno, numa única camada.Coloque no centro do forno e deixe assar por 10-12 minutos. Deixe-as arrefecer e de seguida retire o máximo de pele possível.
Transfira para um jarro e adicione água de modo a que as avelãs fiquem completamente submersas.

Cubra ou tape e deixe descansar durante a noite à temperatura ambiente.







No dia seguinte, escorra e lave as avelãs. Transferir para o chufamix assim como a raspa de baunilha, juntamente com a água...








Triture até ficar homogéneo e cremoso.



Adicionar o adoçante escolhido (opcional) e está pronto a beber.


O restante colocar em frascos ou recipiente hermético e guarde no frigorífico, no máximo por 4-5 dias. 
A parte sólida que fica no filtro (foto abaixo) podem guardar e usar depois em biscoitos, bolos, saladas, quiches etc.


















Se tiverem qualquer dúvida, deixem aqui nos comentários do post  e/ou vejam mais Videos no youtube. Se quiserem encomendar o chufamix, entrem no site ou página da Ribablue no facebook


Espero que tenham gostado.
Beijinho e bom resto de semana!

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Carapaus de Escabeche à minha Moda



7 carapaus pequeninos, limpos e arranjados
2 cebolas grandes cortadas em rodelas
1/2 copo de vinagre
1/2 copo de vinho branco
5 dentes de alho
1 folha de louro
1 colher de sopa de colorau (pimentão doce Margão)
Flor de sal fumado a frio com pimentão picante, Gourmet Aqui



Tempere o peixe com sal a gosto. Reserve por uma hora.
Limpam-se depois os carapaus com papel de cozinha (de modo a tirar o excesso de humidade) e passam-se por farinha.
Numa frigideira, coloque o azeite e leve ao lume até ficar bem quente. Fritar o peixe, virando de vez em quando para que frite dourado de forma uniforme.
Retira-se e coloca-se sobre papel absorvente. Reserve.
Numa outra frigideira coloque um fio de azeite e frite as cebolas até ficarem translúcidas. Junte as rodelas de alho e a folha de louro e deixe alourar. Refresque com o vinho branco e o vinagre. 
Assim que ferver, polvilhe com o colorau e a flor de sal e mexa de modo a apurar um pouco.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Batatas no Forno com Orégãos e Alho

Esta é uma recriação de uma das minhas refeições preferidas em criança: Batata frita com ovo estrelado, quem não gostava, verdade?
Eu adorava depois de uma sopinha, ter à minha frente um prato cheio de batatinhas e o ovo onde molhava o pão, hummm que boas memorias me traz...
Espero que gostem desta versão onde a batata em vez de ser frita vai ao forno.
Por aqui, fez as delicias de todos!



Batatas no Forno com Orégãos e Alho



6 batatas médias, para fritar
5 c. de sopa de óleo de coco (ou manteiga)
2 dentes de alho com casca e esmagados
2 c. de chá, de oregãos
Flor de sal natura com piri-piri da Gourmet Aqui, a gosto

Ovos
Queijo Limiano ralado







Pré-aqueça o forno a 220 ° C com a grelha no meio.
Com a ajuda de uma mandolina (eu uso a da borner que é fantástica e muito pratica),corte as batatas em rodelas bem finas.




























Numa frigideira de ferro fundido, derreta o óleo de coco/ou manteiga e junte os alhos pisados e cozinhe por cerca de 2 minutos, (estar atenta para não deixar que queime). Retire o óleo e os alhos e reserve.
Na mesma frigideira, coloque agora as rodelas de batata, começando a colocar no centro e sobrepondo-as de forma circular e de modo a cobrir toda a superfície.
Pincele com o óleo de coco e alho reservados, polvilhe com um pouco de oregãos e tempere com um pouco de flor de sal natura com piri-piri. Repita mais duas camadas.
Coloque a frigideira em lume alto, por cerca de 3 a 4 minutos.

Leve agora para o forno a assarem por mais 40/ 50 a minutos até ficarem bem douradinhas e crocantes. Retire do forno. Acompanhe com ovos estrelados ou escalfados, e queijo Limiano ralado, servindo de imediato.



segunda-feira, 13 de abril de 2015

Gelado de Banana e Maqui Berry




Bom dia!
Por aqui os dias já andam quentes e já faz apetecer coisas fresquinhas.
É o caso deste delicioso, e saudável geladinho, que vos trago hoje.
Faz-se num instante e num instante se devora, ainda por cima carregadinho de benefícios, querem coisa melhor?



3 bananas, congeladas
1/2 cháv. de frutos vermelhos, congelados
1/4 cháv. de nozes, picadas grosseiramente
1 colher de sopa bem cheia de Maqui Berry OXnature





Triture as bananas com os frutos vermelhos e o maqui berry até conseguir uma mistura suave e cremosa. Podem ter de precisar de parar e empurrar a banana para baixo e bater de novo.
Junte as nozes e envolva na mistura.
Sirva simples ou enfeitando com mirtilos, bagas goji e Coconut Chips da Oxnature








Beijinho e boa semana para todos!

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Asas de Frango no Forno (suculentas)




1/2 chávena de manteiga, sem sal
1/2 cháv. de vinho tinto
4 c. sopa de açúcar mascavado
5 c. sopa de molho de soja
Sumo de 1 limão
2 c. de chá de mostarda Dijon
4 c. de sopa de marinada para carnes Condi
1 kg de asas de frango
Sal e pimenta preta q.b.
2 c. de chá, de alho picado
2 c. de chá, de gengibre fresco ralado





Pré-aqueça o forno a 180 ° C.

Leve ao lume um tacho com a manteiga, em lume médio.
Adicione o açúcar, o vinho, o molho de soja, o sumo de limão, a mostarda Dijon e a marinada Condi.
Mexa, até o açúcar se dissolver .
Limpe e lave as asas de frango e regue-as com o molho,de modo  a ficarem bem envolvidas na mistura.
Polvilhar uniformemente com sal, pimenta, alho e gengibre picado.






Leve ao forno a assar, por 35-40 minutos. Reduza a temperatura para 120 ° C, e continue a assar por mais 2 horas (não esquecer de ir virando as asas).
Agora é só deliciarem-se com estas asinhas de frango que ficam mesmo suculentas...


Hoje estou também no Pipoca Arrumadinha com uma outra receita, passem por lá!

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Mini Calzones com Recheio Derretido de Queijo, Tomate e Cogumelos

A Limiano está sempre a surpreender e não faz muito tempo, lançou uma nova variedade: Limiano Ralado para Momentos Derretidos. Sendo eu e todos cá em casa, muito apreciadores de queijo, quando recebi o convite para participar no passatempo, aceitei de imediato e sem pensar duas vezes.
O desafio consistia em criar uma receita com esta nova e brilhante variedade, que vem em embalagens muito praticas, garantindo todo o sabor e frescura, alem disso é delicioso como já é habitual nesta marca e de sabor suave e textura amanteigada.

A receita que preparei foi apreciada por todos, o que criou nesta refeição, um ambiente verdadeiramente derretido, divertido e delicioso. Espero que gostem também!


Mini Calzones com Recheio Derretido de Queijo, Tomate e Cogumelos





400 g de massa de pizza, caseira (usei esta receita minha)
2 d. de alho esmagados
Tomates cereja, cortados ao meio
250 gr de espinafres (somente as folhas)
1 cháv. de cogumelos
1/2 colher de sopa de azeite
1 embalagem de Limiano Ralado
Sal e flocos de pimenta vermelha, q.b.

Pré- aqueça o forno a 200º C. Forre um tabuleiro de ir ao forno, com papel vegetal. Reserve.
Aqueça um fio de azeite numa frigideira em lume médio. Adicionar os alhos esmagados e assim que dourarem junte os cogumelos. Vá mexendo até que fiquem dourados também e só depois junte os espinafres e os tomates cereja. Cozinhe até que ambos murchem, cerca de 1 minuto. Retire e reserve.

Divida a massa de pizza, em quatro partes iguais. Numa superfície levemente enfarinhada, e com a ajuda do rolo da massa estique, formando pequenos círculos. No centro coloque o recheio de cogumelos e espinafres, tempere com sal e pimenta vermelha em flocos. Polvilhe com o Limiano Ralado e dobre, de forma a fechar e apertando ligeiramente as bordas. 
Coloque no tabuleiro, polvilhe com mais queijo ralado e leve ao forno a assar por 18-20 minutos até ficarem dourados e o queijinho derretido. Sirva quente!




quarta-feira, 8 de abril de 2015

Panna Cotta de Matcha e Hortelã

Mais uma oportunidade de experimentar o matcha, sem ser nos batidos e iogurtes.
Desta vez, fiz esta deliciosa sobremesa e o melhor de tudo...SAUDÁVEL!
Quem arrisca a experimentar também? Prometo que vão adorar.




























2 cháv. de iogurte de soja
1 ¼ cháv. de bebida de soja Joya OrigensBio
1 pacote de gelatina vegetal sem sabor (2 colheres de chá) ou ágar-ágar
1 c. de chá de essência de baunilha
¼ cháv. de açúcar de coco OXnature
2 c. de sopa de mel
1 pitada de sal
2 c. de sobremesa de matcha green tea OXnature
3 folhas de hortelã fresca
Pistachios picados e Matcha peneirada, para guarnecer




Comece por polvilhar a gelatina sobre uma chávena de bebida de soja e deixe descansar por 5 minutos. Em seguida, leve ao lume, juntamente com as folhas de hortelã, o mel e o açúcar e mexa até que tudo se dissolva. Retire do lume e junte a essência de baunilha, a pitada de sal e o matcha. Mexa, de modo a ficar tudo bem incorporado.
Numa tigela, misture o iogurte com a restante bebida de soja e junte ao preparado de gelatina mexendo muito bem. Retire as folhas de hortelã e deite em tacinhas ou ramequins.
leve ao frigorífico por pelo menos 3 horas, antes de servir.

Decore com matcha peneirada, pistachios e folhas de hortelã.




Fiquem agora com algumas curiosidades sobre o MATCHA CHÁ VERDE BIOLÓGICO EM PÓ

Contém:
FIBRA SOLÚVEL e INSOLÚVEL
VITAMINA A (Retinol)
VITAMINA E e C
TANINOS e CATEQUINAS
EPIGALOCATEQUINA
L-TEANINA e L-ARGININA
TEÍNA
Elevado Conteúdo Antioxidante


NÃO CONTÉM: Glúten, Farinhas, OGM's, Agrotóxicos e Micotóxinas.
É 100% Puro Matcha Chá Verde (Camelia sinensis) Biológico em pó e adequado a dietas vegan e raw.

OX nature Matcha Green Tea, é uma variedade de puro chá verde (Camélia Sinesis) de elevadíssima qualidade, é utilizado tradicionalmente em cerimónias dos monges budistas Zen há mais de 800 anos. Matcha cresce à sombra em plantações centenárias situadas no alto das montanhas e rodeadas por árvores e floresta, em Uji-Tawara na província de Kyoto (Japão) onde se produz uns dos melhores chás do mundo. O seu preparado é feito através de métodos tradicionais de moagem, em moinhos de pedra ao ritmo de apenas 30 gramas por hora, a fim de se obter a máxima quantidade de clorofila. O Matcha é especialmente rico em L-Teanina, um aminoácido exclusivo desta planta que ajuda no relaxamento da mente sem induzir o sono, e em catequinas como o galato de epigalocatequina (EGCG) o seu polifenol de maior poder antioxidante.

Uma superbebida de sabor puro e delicado, rara, sem misturas e riquíssima em nutrientes benéficos à saúde... Num ritual diário de toma, adiciona mais energia, tranquilidade, concentração e harmonia ao seu organismo.
Para mais informações visitem a página da OXnature


quarta-feira, 1 de abril de 2015

Bolo Finto na Cocotte




Bolo Finto em tamanho grande e em versão folar, foi o que decidi fazer para mais esta edição do Dia Um...Na Cozinha! Bem conhecido em terras alentejanas, e que na minha terra se encontra durante todo o ano, embora num formato mais pequeno, mas é nesta altura da Páscoa, que ele é mais procurado e consumido.

Espero que gostem e aproveito para com ele vos desejar uma feliz e Santa Páscoa junto da família, com muita paz, saúde e harmonia.








500 g de farinha, sem glutén
2 c. de chá de Fermento Royal
120 g de açúcar
2 ovos e 1 gema
90 g de manteiga de amêndoa Myprotein




Sumo e raspa, de uma laranja
120 ml de bebida de arroz OrigensBio
1 c. de café, de canela em pó Margão
1 c. de café, de erva-doce Margão
1 pitada de sal fino
1 ovo batido, para pincelar

Na bimby:
Coloque no copo a manteiga de amêndoa e o leite e ligar 2 min./37º/Vel.2.
Adicione os ovos, o sumo e raspa de laranja e o açúcar e misture 25 seg./Vel. 6.
Junte a farinha, o fermento Royal, a pitada de sal, a canela e a erva-doce e ligar 20 seg./Vel 6 e depois programar 3 min./Vel.espiga/Rotação inversa.

Tradicional:
Num alguidar, bata a manteiga de amêndoa com o leite, que deve estar morno. Junte a farinha, os ovos,a pitada de sal fino, o fermentos royal, o açúcar, o sumo e raspa de laranja, a erva doce e a canela moída. Amasse depois muito bem durante 10 minutos, recorrendo à batedeira, com as varinhas em espiral.


Retire e coloque a massa num alguidar, cubra com um pano e deixe levedar em local quente, durante 1 hora.
Polvilhe a bancada com bastante farinha e deite nela a massa. Amasse um pouco, até que esta deixe de colar ás mãos (se necessário, acrescente mais farinha).Com a massa forme agora uma bola lisa. Reserve.
Coloque a cocotte no forno por uns 5 minutos para que aqueça. Retire e coloque lá dentro, uma folha de papel vegetal e o folar. Pincele-o com o ovo batido.
Leve agora ao forno, pré-aquecido a 180º C, por 40/45 minutos.





terça-feira, 31 de março de 2015

Pesto de Couve

Para mim o pesto, é um desses molhos que revitalizam uma infinidade de pratos, em especial as massas mas também o coloco nas Bruschettas, em canapés, pizzas enfim, fica também muito ao vosso critério e gosto.
Hoje trago um feito com couve mas podem ver este que é igualmente delicioso.



150 g de couve ripada (para caldo verde) 
1 dente de alho
1/2 cháv. de nozes e pistachios  
Sumo de ½ limão 
1 c. de chá de pimenta rosa
2 c. de sopa de parmesão ralado 
2 c. de sopa de queijo ralado Limiano
3 c. de sopa de azeite extra-virgem 


Leve uma panela ao lume com água e sal, até ferver  Adicione depois o alho e a couve e escalde, por cerca de 3 minutos. 
Usando uma espumadeira, retire a couve e o alho para fora da água e escorra-a bem. Deixe arrefecer e agora com as mãos, escorra-as melhor, apertando bem até sair toda a água (reserve alguma da água para o final).
Triture e junte as nozes e depois o sumo de limão. Usando uma espátula, raspar as laterais e adicionar o queijo parmesão, o queijo Limiano ralado e a pimenta rosa. 
Triturar de novo e se estiver muito grosso junte um pouco da água onde escaldou a couve, até que o pesto ganhe uma consistência cremosa. 
Transferir para uma taça e envolver com o azeite até que este seja completamente absorvido. 

Conservar no frigorífico por alguns dias, cobrindo com azeite e dentro de frascos hermeticamente fechados.